Conheça 10 palavras que podem gerar dúvidas na hora de serem escritas

A Língua Portuguesa tem um número imenso de palavras compondo o seu vocabulário e várias novas regras gramaticais seguindo o Novo Acordo Ortográfico. Com tantas possibilidades na hora de escrever, é natural que dúvidas aconteçam na hora de acertar a grafia das palavras. Será que a escrevemos junto ou separado? Essa dúvida é mais comum do que se imagina. 

Neste post, vamos te mostrar 10 exemplos de palavras que geram confusão na hora de serem escritas, para que você possa esclarecer todas as suas dúvidas. 

A gente ou agente?

Agente junto só se for integrante do FBI. Quando você for se referir ao grupo, usando um sinônimo para nós, o correto é escrever a gente separado.

Concerteza ou com certeza?

Quando esse termo é usado, ele significa que alguém teve certeza de algo. Dessa forma, utilizamos a preposição com separada do termo certeza. Vale lembrar que concerteza não existe.

De repente ou derrepente?

Repentinamente, aconteceu algo. Logo, seguimos a mesma lógica da questão acima, só que dessa vez o termo é acompanhado pela preposição de. Derrepente não existe. Sendo assim, o correto é separar os temos e escrever de repente.

De novo ou denovo?

Essa dúvida é igualzinha a anterior, mas vale a pena ressaltar pois o erro é muito comum. De novo se escreve separado e indica novamente. O termo é apenas acompanhado pela preposição de e não forma uma palavra nova como denovo.

Afim ou a fim?

Atenção, pessoal: os dois termos estão corretos, mas devem ser utilizados em contextos específicos. A fim é utilizado para indicar um propósito, já afim indica afinidade, interesse. Pode ser sinônimo de próximo, semelhante, parecido e similar. Exemplos:

  • A aluna estudou muito a fim de passar de ano.
  • A aluna está afim de um colega de sala.

À noite ou ànoite?

A expressão correta é à noite. Ela se refere ao momento em que determinada ação aconteceu. Se anoite fosse certo, demanhã também seria, concordam? E não se esqueçam de utilizar o acento gráfico que indica crase – a de artigo + a de preposição – e o termo separado noite.

Em cima ou encima?

Muita atenção, pessoal: a palavra encima não existe. Se a dúvida bater, procurem um dicionário e certifiquem-se de que ela não está lá. O correto é escrever em cima (separado).
 

Em cima ou encima
 

Embaixo ou em baixo?

Já nesse caso, o correto é embaixo, tudo junto. Existe um truque super simples para você não se esquecer mais: separe o dedo indicador do médio formando um 2 em sua mão. Note que as pontas dos dedos estão separadas (em cima) e o final de cada dedo está junto (embaixo).

Parachoque ou para-choque?

O Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa mudou muita coisa. Antes, escrevia-se com o hífen. Porém, para seguir as novas regras, um prefixo só é separado de seu termo quando eles terminam e começam com a mesma letra ou quando o termo inicia-se com a letra h.

Em casos como os das palavras parachoque, paraquedas, parabrisa, pararraios, paravento e similares, não há hífen e essas são escritas juntas.

Micro-ondas ou microondas?

Seguindo o Novo Acordo Ortográfico, micro-ondas deve ser escrito separado por um hífen, pois o prefixo micro termina com a mesma letra que inicia o termo ondas. Assim como anti-inflamatório, arqui-inimigo e outras. 

Quer ver mais um monte de conteúdo informativo como esse? Cadastre-se gratuitamente no Stoodi e fique por dentro de tudo o que você precisa para mandar bem no Enem e principais vestibulares. 

Laura Loyo

Jornalista, ama uma roda de samba e ficar por dentro de todas as novidades. A Laura faz parte do time de Marketing e Conteúdo, e é conhecida como a Laura do Stoodi! Ela busca ter uma vida mais ativa, ama uma conversa de bar e adora comer comida de boteco. Saiba mais sobre a Laurinha!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!