5 dicas para deixar seus estudos mais organizado do que nunca

Não tem nada pior do que estudar numa mesa bagunçada, né? Você perde tempo procurando mil vezes o mesmo material, se desconcentra e acaba prejudicando os seus estudos.

– Sorte que eu estudo pelo computador e não corro esse risco.
Hummm… Será que não corre mesmo?

Assim como uma mesa bagunçada, as suas pastas também podem se tornar aquela tristeza: material baixado diversas vezes porque você não consegue encontrar o original, alguns resumos armazenados em “Documentos” e outros na pasta de “Download”. Pior ainda é quando tudo (absolutamente tudo) é direcionado na “Área de Trabalho” – aí é vontade de chorar na certa.

Se você se identificou e acha que seu computador pode ser parecido com isso, saiba que seus dias de desorganização chegaram ao fim. Está na hora de estudar tranquilo, de um jeito fluido e organizado.

Veja, em 5 passos, como organizar as pastas do seu computador e otimizar o seu estudo!

1º. Elimine todos os ícones que você usa pouco da Área de Trabalho

Sabe aquela tela que aparece logo que você liga o computador? Então, essa é a Área de Trabalho. Quando ela está lotada de coisas, dá até medo de olhar, né?

É por isso que a nossa primeira dica é: tire tudo o que você não usa mais (ou usa com pouca frequência) e organize os ícones essenciais para o seu dia a dia.

Monte da maneira que for mais visível para você. Algumas pessoas preferem deixar um embaixo do outro. Tem gente que gosta dos arquivos um pouco mais espaçados. Pode ser de qualquer forma, o que importa é que fique fácil para a sua leitura.

Quando já estiver tudo em ordem, confira se não está faltando alguma pasta importante para o seu dia a dia. Crie atalhos para tudo aquilo que você usa com bastante frequência – isso economiza muito tempo.

Mas, atenção: não exagere! Não lote de atalhos, porque além de deixar a máquina mais lenta, você pode se confundir e se cansar.
2º. Pense na ordem das suas atividades

Uma coisa que pode ajudar (e muito) é pensar no fluxo das suas atividades.

Sugestão da editora: em primeiro lugar, faça uma pasta com o nome do ano em que você está estudando. Dentro dela, separe por tipos de conteúdo e abra algumas pastas como Aulas, Resumos e Exercícios, por exemplo. Dentro de cada uma dessas novas pastas, você deve colocar o nome de todas as matérias: matemática, física, redação e etc…

– Nossa, mas não é melhor escrever os nomes das matérias apenas uma vez e colocar as pastas Aulas, Resumos e Exercícios dentro de cada disciplina?
Na verdade, não.

Observe como você fala sobre suas tarefas, “hoje eu tenho que resolver 5 exercícios de matemática”. Essa é a ordem que está na sua cabeça – primeiro você sabe que tem que fazer exercício, depois você fala de qual matéria eles fazem parte.

É muito mais difícil você ouvir alguém falar, “hoje eu tenho que pegar o material de matemática para responder 5 exercícios”. Viu só? Parece besteira, mas é algo que acontece naturalmente em nosso cérebro.
3º Não exagere nas pastas

Já ouviu a expressão “menos é mais? ”. Então, quanto menos pastas você tiver que administrar, mais tempo você vai ganhar.

Faça algo simples, que atenda às necessidades, mas que não cause problemas na hora de identificar determinado material.
4º Nomeie de forma clara e objetiva

Procure usar sempre a mesma lógica para nomear seus arquivos. Pode ser por meio de datas, número da aula ou nome da matéria específica.

O parâmetro que você vai usar não importa muito. O que é necessário é que você sempre use esse mesmo método para encontrar seus conteúdos.

Dica: datas são boas para lições e trabalhos, pois você sempre tem um prazo para entregar. O nome da matéria específica cabe bem para quem tem foco nas revisões. O número da aula é usado quando você tem um curso não muito extenso e sabe identificar em que momento está da sua duração.
5º Faça backups e confira se está tudo certo com regularidade

Se tem um conselho que você deve levar para a sua vida é: faça sempre backups. Tenha todo o conteúdo em algum HD externo, pendrive ou online na nuvem. Existem diversas ferramentas que fazem backups em tempo real. Como, por exemplo, o Dropbox e o Google Drive.

Seria muito triste você perder todos os seus cadernos, não é mesmo? Não deixe que isso aconteça com você no ambiente digital.

Separe um tempo para ver se está tudo certo. É normal passar alguma coisa despercebido, então use esse momento para reorganizar seus arquivos. Aproveite e faça um novo backup.

Esses são alguns passos que podem te ajudar a se organizar. Lembrando que: isso é apenas uma sugestão. Não existe certo ou errado. Você deve seguir aquilo que funciona da melhor maneira com você.

Laura Loyo

Jornalista, ama uma roda de samba e ficar por dentro de todas as novidades. A Laura faz parte do time de Marketing e Conteúdo, e é conhecida como a Laura do Stoodi! Ela busca ter uma vida mais ativa, ama uma conversa de bar e adora comer comida de boteco. Saiba mais sobre a Laurinha!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!