Confira os assuntos mais abordados de cada prova

No post passado, nós destacamos várias dicas para você organizar os seus estudos. Agora que você já sabe como fazer, é hora de ver quais são os tópicos mais frequentes de cada matéria para revisar nessa reta final.

“Não é uma previsão, mas olhando o histórico do ENEM têm alguns assuntos recorrentes”, conta o prof. Dimas.

Veja quais tópicos revisar para mandar bem em nas provas do ENEM:

 

Matemática

Uma característica muito marcante das questões de Matemática do ENEM é que elas são contextualizadas. Isso significa que a prova apresenta situações do nosso dia a dia e monta seus problemas em cima disso.

Como essa prova é muito extensa, a professora Larissa fez uma lista com 10 tópicos que valem a pena dar mais uma olhada. Lembre-se que a matemática básica é pré-requisito para os próximos assuntos:

  1. Leitura e interpretação de gráficos
  2. Cálculo com decimais e porcentagem
  3. Geometria plana
  4. Estatística
  5. Matemática financeira
  6. Trigonometria básica
  7. Equações e funções
  8. Logaritmo
  9. Progressão Aritmética e Progressão Geométrica
  10. Probabilidade

 

Física

Já em Física, a lista não é tão comprida. Segundo o professor Douglas, existem 4 matérias que caem com mais frequência no ENEM. São elas: Ondas, Mecânica, Elétrica e Ótica.

Preste muita atenção em conservação de energia e quantidade de movimento. Não se esqueça de fazer exercícios sobre circuito elétrico, eletrostática e eletromagnetismo.

Por fim, separe um tempo para assistir às aulas de revisão e se lembrar dos conceitos de reflexão e refração de luz.

 

Química

O professor Igor analisou as últimas 3 edições do ENEM e concluiu que você precisa conhecer 8 tópicos em específico para detonar nessa prova.

1. A Química Orgânica é um dos tópicos que mais aparecem no exame. Para se ter uma ideia, em 2015, a prova somou três questões sobre o assunto. Já em 2014, tivemos mais duas. Então reveja as reações orgânicas e nomenclaturas. Faça o reconhecimento das funções orgânicas e revise a isomeria.

2. A Química Inorgânica permeia toda a prova – mesmo não caindo diretamente, faz parte de outras questões. Para mandar bem, você precisará reconhecer as mais diversas funções inorgânicas, suas características e reatividade.

3. Uma matéria que caiu em todos os anos no ENEM foi a Eletroquímica. Nesse caso, você deve se preparar para responder questões mais teóricas.

4. Outro ponto que tem aparecido bastante é a Química Ambiental – principalmente em relação aos problemas ambientais, como a chuva ácida, a camada de ozônio e tratamentos de água.

5. No tópico Cálculo Estequiométrico, você deve resolver questões que envolvem cálculo de pureza e rendimento. Dessa forma, você estará preparado para respondê-las isoladamente ou com as duas condições juntas.  

6. Outro assunto que envolve menos cálculo e mais teoria é o Equilíbrio Químico. Nessa matéria, você deve prestar bastante atenção no deslocamento do equilíbrio e no cálculo do pH.

7. Soluções é mais um tópico que não cai diretamente, porém permeia por grande parte das questões. É importante ter esse conceito bem claro na cabeça.

8. Por fim, temos a Radioatividade. “Tem ano que aparece, tem ano que não”, explica o prof. Igor. Nesse caso, a melhor estratégia é prevenir, revisar a matéria e evitar surpresas.

 

Biologia

O prof. Rafa e o prof. Davis alertam: Ecologia e temas relacionados à Saúde caem com tudo no ENEM.

A ecologia costuma aparecer contextualizada por qualquer assunto que apresente impacto ambiental. Se ele for citado na mídia, então, as chances aumentam. A dica é revisar os principais temas que incluem sustentabilidade, a sucessão ecológica, os distúrbios ambientais e evolução.

Já em relação às questões de saúde, você deve se preparar para responder perguntas sobre doenças – como dengue, zika e chikungunya –, além de estar por dentro do tema drogas.  Vale a pena revisar também genética, tanto os aspectos gerais, como as mutações, por exemplo.

 

Geografia

De acordo com o prof. Érico, você deve ficar por dentro da Geologia e dominar o conteúdo sobre clima, relevo ou qualquer outra questão do meio físico. “Interpretar recursos cartográficos podem mudar a sua nota consideravelmente”, afirma o professor.

Muito provavelmente cairão perguntas sobre mudanças climáticas, ilhas de calor, efeito estufa, chuva ácida e destruição da camada de ozônio. Por isso, vale a pena estudar a origem e a evolução do conceito de sustentabilidade.

“É importante reconhecer a apropriação dos recursos naturais e os impactos ambientais relacionados principalmente às atividades econômicas do Brasil, diz Érico. Além disso, lembre-se de dar uma olhada nos temas: comércio, indústria, urbanização e agricultura.

 

História

O professor Dimas explicas que você deve focar mais em História do Brasil em vez de História Geral.

São assuntos quentes a Era Vargas, a Ditadura Militar e o Golpe de 64. Outro ponto bastante abordado pelo ENEM é a escravidão, “desde o tráfico negreiro até a abolição”, comenta o professor. Vale a pena revisar também a chegada da família real portuguesa e a abertura dos portos no Brasil.

Como a estrutura da prova requer a habilidade do aluno associar temas, prepare-se para responder questões interdisciplinares de História, Filosofia, Sociologia e outros.

 

Filosofia

Diferente de História, o que mais se vê no ENEM em Filosofia é parte clássica. Organize-se e separe um tempo em seu plano de estudos para revisar tudo sobre Sócrates, Platão e Aristóteles – a dica do prof. Eduardo é dar uma olhada na questão da alegoria da caverna.

A Filosofia Moderna pode aparecer dando ênfase em Rene Descartes. Além dele, outro nome forte é Isaac Newton, com sua teoria do universo mecânico.

Já na Filosofia Contemporânea, vale a pena revisar John Locke, Jean-Jacques Rosseau e os pensadores da Escola de Frankfurt.

 

Sociologia

Em sociologia, o ENEM costuma apresentar texto de grandes pensadores que discutem questões atuais. Os temas mais frequentes são: trabalho, política e contrastes sociais.

Isso é o que acontece quando ele traz os pensadores brasileiros, como Sérgio Buarque de Holanda, Roberto DaMatta e Darcy Ribeiro, por exemplo. Mas, atenção: não se esqueça da Sociologia Clássica de Marx, Weber e Durkheim – não será surpresa se aparecerem perguntas sobre eles.

 

Inglês

As cinco questões de língua estrangeira são interpretações de texto e não cobram estrutura gramatical. “Fica ainda mais fácil para o aluno, já que a prova não possui matérias específicas e conta com vocabulário médio”, afirma o professor Marcelo.

Uma coisa que vai te ajuda (e muito) é resolver as questões de outras edições da prova e ler pelo menos um texto em inglês por dia fará você ganhar ritmo e vocabulário.

 

Interpretação de texto

A maioria das questões de Português e Literatura do ENEM são de interpretação de texto, então prepare-se para ler bastante. Autores brasileiros costumam ser mais citados, porém podem aparecer autores portugueses também.

O segredo é você conhecer as fases da literatura e os contextos em que as obras foram escritas. É importante também ter sempre em mente que o ENEM é uma prova que busca identificar a criticidade do candidato, então pode apresentar questões interdisciplinares com a Sociologia

Veja, nessa matéria, dicas da professora Priscila de como melhorar a sua interpretação de texto. 

Laura Loyo

Jornalista, ama uma roda de samba e ficar por dentro de todas as novidades. A Laura faz parte do time de Marketing e Conteúdo, e é conhecida como a Laura do Stoodi! Ela busca ter uma vida mais ativa, ama uma conversa de bar e adora comer comida de boteco. Saiba mais sobre a Laurinha!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!