João Pedro Figueiredo explica como funciona o PAS e o vestibular tradicional da Universidade de Brasília

 

João Pedro Figueiredo, de 18 anos, sempre teve a certeza de que faria Arquitetura e Urbanismo na UnB. Morador de Paranoá, cidade satélite de Brasília, ele tentou ingressar na universidade por meio do Programa de Avaliação Seriado (PAS), enquanto estava no ensino médio. 

Quando recebeu um resultado negativo, não se deixou abater e logo organizou uma rotina de muito estudo direcionados ao vestibular tradicional da instituição. Com apenas 4 meses de muito foco, ele conseguiu ser aprovado. 

“Eu até tinha algumas notas para entrar em outros cursos fora de Brasília pelo o Enem [por meio do Sisu e do ProUni], mas eu peguei um dinheiro que eu tinha e paguei o cursinho. Pensei: vou arriscar tudo”, afirma o calouro. 
 

De manhã, ele fazia cursinho e aproveitava as tardes para estudar pelo Stoodi. “Foram 4 meses de muita preparação. Eu saia de casa às 6 horas e chegava extremamente cansado às 21 horas”, conta. 

Sua aula presencial começava às 8 horas, mas o trânsito no horário de pico não permitia que João Pedro saísse mais tarde de sua casa. Enquanto ele ficava dentro do ônibus, ele aproveitava para estudar pelo aplicativo de forma off-line. 

O mesmo acontecia na hora de voltar para casa, quando o estudante deixava a biblioteca às 19 horas e enfrentava mais um longo percurso de transporte público. “Eu confesso, se não fosse o Stoodi para dar um up a mais, eu acho que não teria conseguido”, afirma João. 
 

Com a história de João Pedro, fica a lição de que não passar logo de primeira no vestibular é completamente normal – nem sempre conseguimos transmitir tudo o que sabemos no dia do processo seletivo. O importante é estabelecer sua meta, ter bastante foco nos estudos e continuar tentando, como fez o aluno. 

Se você quer prestar UnB e ainda não sabe como funcionam os processos seletivos, confira o nosso bate-papo com João Pedro e veja as dicas do aluno: 
 

Stoodi: As formas de ingressar na Universidade de Brasília é pelo PAS e pelo vestibular tradicional? 

João Pedro: Não. O vestibular tradicional é só para quem já concluiu o ensino médio. Se o aluno de terceiro ano fizer o vestibular, só vai valer como treineiro. 
 

Stoodi: Como funciona o Programa de Avaliação Seriado?

João Pedro: Dentro dos três anos do ensino médio, a cada ano a gente faz uma prova. Os conteúdos dessas provas são as matérias de cada ano do ensino médio. No final disso, a gente obtém uma nota de cada etapa. 

Tem um cálculo complexo e sai a sua nota de corte – é um cálculo difícil de explicar. Dependendo da sua nota de corte, você pode optar por cursos que a UnB oferece. 

Eu tentei no ano passado, mas eu acabei não conseguindo – porque eu reprovei uma das partes da prova. Esse ano eu resolvi tentar o vestibular. 
 

Stoodi: Como é o vestibular da UnB? 

João Pedro: A vestibular da UnB é feita em um final de semana, no sábado e no domingo. Ele é extremamente estratégico. 

No primeiro dia você terá as questões de humanas – são 120 perguntas e mais uma redação. No segundo dia, são 150 questões de exatas.  É uma prova bem puxada, porque você só tem 5 horas de provas em cada dia. 

Se você errar alguma questão, uma certa é anulada. Então, por exemplo, se você fizer 100 questões e errar metade, você tira zero. 

A prova da UnB também tem questões dissertativas. Se você zerar alguma matéria ou deixar alguma questões em branco, você também é eliminado. 
 

Stoodi: Quantas questões dissertativas você respondeu?

João Pedro: Na prova de humanas foram duas questões e na de exatas mais duas. 
 

Stoodi: Como foi a redação?

João Pedro: A redação foi um artigo de opinião [que seria publicado em uma coluna opinativa de um jornal de grande circulação]. Você tinha que se passar por um jornalista e escrever um artigo sobre o presente, o agora. 

A prova dava uma frase para você começar e você tinha que completar. [ A proposta de redação apresentou textos motivadores de Drummond e até uma música dos Racionais]. 

Muita gente achou que a redação ia ser dissertativa argumentativa, igual a do Enem, e acabaram não conseguindo fazer. Muita gente que eu conheço também zerou a redação porque ficou com medo. 
 

Stoodi: Você se sentiu preparado para fazer o artigo? 

João Pedro: Sim, eu até fiquei surpreso porque na última semana antes do vestibular, eu estava vendo alguns vídeos no Stoodi sobre artigo de opinião. Mas como a matéria estava atrasada, eu não consegui treinar e escrever uma redação nesse formato. 

Por incrível que pareça, de 10 pontos eu tirei 9,4. 
 

Stoodi: Qual foi sua nota final? 

João Pedro: A nota é dada como argumento. É um cálculo muito complexo. Para o curso de humanas, eu tirei 64 positivo – das 120 perguntas, eu acertei 100 questões. E no curso de exatas, eu fiquei com 50 pontos de 150. 

Stoodi: Quais são as dica para os alunos que vão prestar o vestibular no final do ano? 

João Pedro: O que eles têm que montar, primeiramente, é uma estratégia do que eles precisam revisar durante a semana – e dar tempo para si, porque estudar para o Enem e para o vestibular é muito desgastante porque envolve a matéria do ensino médio, né?! 

O que me ajudou bastante foi pesquisar os conteúdos que são mais frequentes, porque não dá para estudar tudo. Então, você tem que pegar os conteúdos que mais caem e resolver muito exercício. 
 

Laura Loyo

Jornalista, ama uma roda de samba e ficar por dentro de todas as novidades. A Laura faz parte do time de Marketing e Conteúdo, e é conhecida como a Laura do Stoodi! Ela busca ter uma vida mais ativa, ama uma conversa de bar e adora comer comida de boteco. Saiba mais sobre a Laurinha!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!