Sulivan Lemes gabaritou em Física, Química, Português, Espanhol e Sociologia. Confira as dicas de estudos do calouro: 

 

Você pensou que só dava para passar em Medicina com um histórico exemplar de estudos? Apenas os melhores alunos de cada sala teriam chance de concorrer a uma vaga? Com tudo isso pode ser mais fácil, mas não funciona somente com esse pré-requisito.

Sulivan Lemes, de Goiânia em Goiás, nunca foi o melhor aluno da classe. Ele estudava em colégio público e costumava tirar 6,5 nas provas. Ao se formar no ensino médio, Sulivan conseguiu uma vaga em Radiologia pelo ProUni e acabou cursando. 

Depois de formado, com 23 anos, o estudante decidiu que prestaria Medicina – seu sonho sempre foi trabalhar com assistência médica em países mais afastados que precisem de ajuda. Ele organizou uma rotina de estudos de modo totalmente diferente, se dedicou ao máximo durante três anos e foi aprovado na Universidade Federal de Uberlândia (uFU). 

“Eu sou o exemplo vivo de que dá para mudar. [Durante o colégio] Eu não me esforçava para tirar nota boa, tanto que quando contei para os meus amigos que passei, eles ficaram até assustados”, afirma Sulivan. 

Sua rotina foi muito intensa, o aluno conta que estudava das 7 às 12h no cursinho presencial, almoçava e depois entrava às 13h na biblioteca para estudar até às 21h pela internet, com o Stoodi.

O resultado de toda essa transformação foi gabaritar em Física, Química, Português, Sociologia e Espanhol na primeira fase do vestibular tradicional da UFU e conseguir uma vaga na universidade que ele tanto queria. 


 

Para ficar por dentro das dicas de estudos de Sulivan, confira o nosso bate-papo: 

Stoodi: Quais são suas dicas para quem vai prestar o vestibular?

Sulivan Lemes: O segredo é ter muito foco. Eu vou dar um exemplo, sou muito ruim em Espanhol. Às vezes, eu passava dois dias seguidos estudando só Espanhol. Resultado? Eu acertei todas as 7 questões da primeira fase. 

O que me ajudou bastante foi refazer provas anteriores. Eu percebia, “Na UFU caiu em 4 anos seguidos Número Complexos”. É uma matéria que eu nunca tinha visto na vida, então eu fiquei uns 15 dias estudando só Números Complexos. 

Isso me ajudou muito, eu acabei aprendendo. Com Geometria Analítica, aconteceu a mesma situação. Existem vários conteúdos que eu sabia que caía todo ano e eu aprendi um padrão. 

Stoodi: Você analisou as provas anteriores, achou um padrão de questão e foi estudando sempre em cima dessas perguntas?

Sulivan Lemes: Isso mesmo. 

O vestibular da UFU acontece em um final de semana – no sábado a primeira fase e no domingo a segunda. Quando eu cheguei no sábado eu fiquei das 20 até às 00 na internet estudando Números Complexos. 

Quando eu abri a prova de matemática, na segunda fase, a primeira questão era justamente de Números Complexos. Eu tomei um susto e falei “nossa, graças a Deus”. 

Stoodi: O que você está esperando dessa nova fase na sua vida?

Sulivan Lemes: Eu estou ansioso, sabe? Eu conheço pouca coisa lá. Estou muito motivado para estudar. Eu até estava olhando a biblioteca deles, porque eu acho que vou gastar várias horas. Mas eu estou muito empolgado, sim. 
 

Laura Loyo

Jornalista, ama uma roda de samba e ficar por dentro de todas as novidades. A Laura faz parte do time de Marketing e Conteúdo, e é conhecida como a Laura do Stoodi! Ela busca ter uma vida mais ativa, ama uma conversa de bar e adora comer comida de boteco. Saiba mais sobre a Laurinha!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!