Todos são considerados curso de nível superior e conferem diploma ao estudante

Você já parou para pensar qual é a diferença entre os cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo? Muitos estudantes e até mesmo profissionais do mercado desconhecem as peculiaridades de cada uma dessas formações. Todas são consideradas curso de nível superior, desde que sejam de instituições reconhecidas pelo MEC. Neste post, vamos explicar um pouco sobre cada um deles.

Quando o estudante está próximo de concluir o ensino médio, precisa definir que carreira irá seguir. Neste momento, é importante ter todas as informações possíveis sobre cada carreira, assim como o tipo de formação que irá buscar. Portanto, é essencial saber se pretende ter uma formação mais generalista, se vai se especializar em uma área específica ou se a ideia é lecionar.

Definição dos diferentes cursos superiores

Ao conhecer em detalhes a definição de cada um dos três diferentes tipos de curso superior, fica mais fácil para o estudante definir o caminho a ser seguido. Entenda um pouco mais sobre bacharelado, licenciatura e tecnólogo.

Bacharelado: essa é a formação mais tradicional entre os brasileiros. Cerca de 60% dos cursos superiores oferecidos no país são para a formação de bacharel. É uma formação mais generalista de uma determinada área, como Jornalismo, Letras, Direito, Medicina, entre outros.

A sua duração é, em média, de 4 a 6 anos e apresenta inúmeras matérias sobre uma determinada área, mas geralmente vista de forma mais superficial. A ideia é deixar o estudante preparado para atuar em diversos segmentos diferentes do mercado escolhido. Caso queira uma especialização, é necessário buscar a pós-graduação.

Licenciatura: a licenciatura é semelhante ao bacharelado, tanto em tempo de duração quanto na sua grade curricular. A grande diferença é que prepara o estudante para poder lecionar na educação básica, que inclui o ensino fundamental e médio.

A duração média de uma licenciatura varia entre 4 e 6 anos. Durante o tempo de formação, o estudante terá também matérias sobre pedagogia, para que esteja preparado para lecionar de forma satisfatória.

O estudante que estiver cursando bacharelado não tem a permissão de lecionar para alunos da educação básica.

Tecnólogo: para o estudante que já está inserido no mercado profissional e decidiu uma área específica para seguir, ou mesmo que esteja apenas estudando, mas já saiba que área gostaria de se aperfeiçoar, o tecnólogo é o mais indicado. Essa formação é específica e especializada em uma área determinada, sendo mais focada que o bacharelado.

A duração média para a formação de tecnólogo é mais curta que a de bacharelado e licenciatura, variando entre 2 e 3 anos. O tempo de curso é menor porque apresenta conteúdos mais direcionados à área escolhida, deixando de lado matérias mais generalistas, mais comuns no bacharelado.

Formas de seleção para os diferentes cursos superiores

As três diferentes opções que o estudante tem para concluir um curso de nível superior solicitam a mesma forma de seleção para os seus candidatos. O ingresso nas instituições pode ser feito por meio de vestibular próprio, vestibular misto, a nota do ENEM, ProUni e também o Sisu.

Validade do diploma de cada curso superior

As três diferentes formas de graduação em um curso de nível superior fornecem o diploma após a conclusão do curso. Em todos os casos, o documento é válido e amplamente aceito para que o estudante possa cursar a pós-graduação ou participar de um concurso público que exija formação superior completa.  

Com essas informações em mãos, agora é hora de pensar com cuidado, decidir que caminho gostaria de seguir e escolher o curso superior que vai ajudar você a chegar lá.

Boa escolha!

Luiz Serpa

Jornalista, corredor, amante de futebol americano e integrante do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi. Prefere ser chamado de “Serpa” e é apaixonado por cachorros.