A melhor definição é: amor a sabedoria, mas, como surgiu?

Hoje vamos falar sobre uma matéria que, recentemente, virou tema de debate. Sua obrigatoriedade no Ensino Médio foi questionada, embora muitos especialistas digam que ela é fundamental para a formação humana do estudante. Afinal, desde a origem da Filosofia o homem começou a questionar o mundo e, principalmente, seu papel nele. Então, que tal conhecer um pouco melhor essa disciplina, suas características e pensadores que se destacaram? Vamos lá?

Qual a origem da Filosofia?

A Filosofia nasceu na Grécia Antiga, no mesmo período em que surgiram as cidades-estado. Segundo os registros, essa foi a primeira vez em que os homens começaram a tentar explicar o mundo à sua volta de uma forma lógica e racional.

Até esse momento, se pensarmos nas civilizações anteriores, vamos ver uma grande diferença: a maioria dos povos tentava explicar os acontecimentos e até fenômenos naturais por meio de mitos. Os sacerdotes e religiosos concentravam o conhecimento e usavam suas crenças para satisfazer as curiosidades básicas do ser humano.

Na Grécia, os acontecimentos tomaram um rumo diferente. Embora a mitologia grega seja extremamente rica e preveja a atuação de uma série de divindades, os filósofos — que eram considerados enviados dos deuses — começaram a sistematizar o pensamento humano e exercitar a lógica.

Além disso, os filósofos apresentavam outra diferença fundamental em relação aos sacerdotes religiosos. Eles não se viam como detentores ou donos da verdade. Consideravam-se apenas amigos do saber, dispostos a desvendar esses mistérios junto com as pessoas comuns.

Foi desta forma — levantando questionamentos e criticando o pensamento mítico predominante — que surgiu a Filosofia.

Origem da palavra Filosofia

 

A palavra Filosofia também vem do grego, e é formada pela junção de dois termos: philos (amigo) + sophia (sabedoria). Portanto, o filósofo é um amigo ou amante do conhecimento, alguém que busca compreender o mundo à sua volta, bem como seu universo interior.

Quais são as características da Filosofia?

Palácio na Grécia

Diferente de outras disciplinas, a Filosofia não é uma Ciência. Suas conclusões não podem ser comprovadas pelo método científico. Apesar disso, em suas origens muitos filósofos também se dedicavam ao estudo da natureza, da Matemática e outras áreas de conhecimento. Por isso, embora outras áreas das Ciências tenham se desmembrado, várias delas têm origem nesta disciplina.

As características da Filosofia são:

Autonomia

Isso significa que os pensadores têm a liberdade de pensar por si mesmo. A Filosofia tem total autonomia em relação à religião, ao senso comum e à própria Ciência.

Radicalidade

A Filosofia não se contenta com o conhecimento superficial, com as respostas prontas e o status quo. Seu objetivo é analisar as questões até chegar à raiz dos problemas e questionamentos até entender o verdadeiro porquê de determinada situação.

Historicidade

A disciplina procura mostrar aos estudantes qual é a posição de filósofos do passado e do presente — um conhecimento histórico. Porém, ela não para por aí. Essa é apenas a base para que o próprio indivíduo pense por si mesmo e chegue a conclusões fundamentadas.

A Filosofia usa também as construções culturais — suas tradições e lendas, por exemplo — para estabelecer um diálogo entre o conhecimento histórico e o pensamento presente.

Universalidade

Os assuntos tratados pela Filosofia são, na maioria das vezes, temas que interessam a generalidade do universo humano. Ou seja, são questões que afetam, em maior ou menor grau, cada pessoa que vive neste planeta.

Apesar disso, é importante destacar que a multiplicação do conhecimento levou a Filosofia a criar áreas específicas de estudo. Existe, por exemplo, a Filosofia Política, que se debruça sobre as questões referentes a esse tema.

Outras áreas bem conhecidas são a Cosmologia, que estuda a estrutura, composição e evolução do Universo. A Ética trata dos temas morais e comportamento do ser humano. A Metafísica, que procura explicar o que vai além da física ou questões essenciais e imateriais dos seres e assim por diante.

Quem foram os pensadores que se destacaram na origem da Filosofia?

Sócrates

Alguns dos principais pensadores da época relacionada ao início da Filosofia são bastante conhecidos. Saiba um pouco sobre eles e seu histórico:

Sócrates

É considerado o pai da Filosofia ocidental. Viveu entre cerca de 469 e 399 a.C. e era conhecido como um homem sábio que morava em Atenas. Sócrates tinha a convicção de que nada sabia — o que foi considerado um sinal extremo de sabedoria e reconhecimento das próprias limitações, o que o levou à busca da verdade.

Teve uma contribuição muito importante nos campos da epistemologia e lógica. Usava o método socrático, em que se faz uma série de perguntas para promover uma compreensão profunda do assunto em discussão. Não deixou nenhuma obra escrita e seus ensinos chegaram até nós pelos relatos de Platão, seu aluno.

Platão

Discípulo de Sócrates, Platão viveu em Atenas entre os anos de 428 e 348 a.c. (aproximadamente). Era filósofo e matemático, escreveu muitos diálogos filosóficos e fundou uma instituição de educação superior em Atenas, a Academia.

Seu pensamento teve importância não só na Grécia, mas influenciou a filosofia de toda a Idade Média. Seus escritos se tornaram uma referência para os amigos do conhecimento.

Aristóteles

Fechando a tríade dos principais pensadores da origem da Filosofia está Aristóteles. Ele foi aluno de Platão e viveu entre 384 e 322 a.C. Em seus escritos, ele tratou de muitas áreas do conhecimento: Física, Metafísica, Lógica, Política e Ética, entre outras.

Era muito interessado também por outros temas como Música, Biologia, Zoologia e até mesmo poesia e drama (artes cênicas). Foi contratado para ser tutor de um garoto de 13 anos que duas décadas depois tornou-se Alexandre, O Grande: o maior e mais conhecido conquistador do mundo antigo.

Estudar Filosofia é importante não só porque muitas das obras desses pensadores já caíram no ENEM. Ela dá ao estudante ferramentas para analisar o mundo, identificar preconceitos e falhas nas ideias do senso comum e detectar argumentos enganosos.

Portanto, a Filosofia está relacionada à liberdade: quem estuda essa disciplina é capaz de formular suas ideias com embasamento, questionar a realidade à sua vola e fugir da submissão às concepções dominantes na sociedade, que nem sempre estão corretas.

Entendeu qual é a origem da Filosofia e quais foram seus principais pensadores? Achou o conteúdo interessante? Então não perca tempo! Compartilhe o post agora mesmo nas suas redes sociais e marque seus amigos que também estão se preparando para o ENEM!

Raquel Brito

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!