Aprenda sobre os movimentos migratórios

Você está antenado com os temas atuais que podem cair no Enem? Se você disse sim, certamente já estudou sobre os movimentos migratórios. Essa questão tem chamado atenção das autoridades e opinião pública sobre a situação de diversas famílias que saem em busca de sobrevivência em outras nações.

No entanto, vale ressaltar que essas questões sempre aconteceram no decorrer dos tempos nas diversas sociedades, inclusive dentro do próprio país de origem de cada povo.

Para entender melhor sobre esse assunto tão importante, preparamos este artigo especialmente para você revisar. Vamos começar?

 

O que são movimentos migratórios

Em geografia, aprendemos que os movimentos migratórios são os fenômenos que explicam a transição de grupos de pessoas de um lugar para outro. Essa dinâmica favorece a ampliação de diferentes culturas, enriquecendo o aprendizado de ambas as partes: ao povo que está chegando e aos que estão recebendo os novos moradores.

No entanto, nem sempre esse processo é feito de forma agradável e pacífica. Existem os motivos das migrações, as quais ocorrem de duas formas: forçada e espontânea. Veja um pouco mais sobre isso!

 

Os motivos das migrações : forçadas e espontâneas

Deve-se ter em mente que na maioria das vezes esses processos ocorrem devido aos problemas locais, como escassez de recursos. No entanto, nem sempre no decorrer da história os motivos foram os mesmos.

As migrações forçadas nos remetem provavelmente aos imigrantes que estão tendo destaque nas diversas mídias: os povos que tiveram que abandonar seus países devido à guerra, fome, extermínio e outros. Muitos imigrantes na atualidade buscam melhoria de vida nos países de destino. Dessa forma é possível afirmar que a população de países mais pobres é que busca a imigração.

No entanto, vale destacar outros tipos de migração dentro do próprio país — como os que se deslocam devido às catástrofes da natureza, pelas próprias autoridades para construção de rodovias, entre outros.

Já nas migrações espontâneas, os indivíduos planejam, desejam sair de um determinado lugar para outro por motivos pessoais, como insatisfação política, econômica ou religiosa.

 

Os tipos de movimentos migratórios

Existem também diferentes tipos de movimentos migratórios. Entre eles destacam-se os internacionais e internos.

Migrações internacionais

As migrações internacionais dizem respeito aos deslocamentos de pessoas para outros países. Esses indivíduos recebem o termo de imigrantes. Já para o país que está recebendo esse povo, o nome dado é emigrante.

Migrações internas

Nas migrações internas, há o deslocamento de pessoas dentro da mesma região ou país. Veja alguns dos termos mais usuais!

Êxodo rural

É o acontecimento social idealizado por famílias que saem da área rural para os grandes centros urbanos. Os objetivos são de melhoria de vida, pelo fato de trabalho e sobrevivência no campo estarem prejudicados. Vale lembrar que para ser considerado um êxodo rural é necessário que um grande número de indivíduos façam essa mudança de local.

Êxodo urbano

Por outro lado, temos o grupo de pessoas que fazem o caminho ao contrário: se deslocam do meio urbano e passam a viver e trabalhar no campo. Muitas das vezes, os motivos são explicados principalmente por garantir tranquilidade, mais segurança entre outros.

Migrações pendulares

Além dos tipos de migrações mencionados, existem também os pendulares. Esses fenômenos são exemplificados por estudantes e trabalhadores de cidades pequenas que precisam ir todos os dias aos grandes centros para estudar ou trabalhar. Os motivos são explicados pela falta de condições de serviços e infraestrutura suficientes para a população local.

Transumância

Conhecido no Brasil como o termo de invernada, é a migração de rebanhos guiada pelos seus proprietários. Quando em uma área ocorre alagamento, há então a transferência dos animais para locais adequados até que tudo volte ao normal.

 

O que atrai imigrantes?

Os países com estabilidade financeira, apoio e cumprimento dos direitos humanos são algumas dessas atrações para os povos refugiados. Segurança, qualidade de vida, saúde, estudo e trabalho são desejos da maioria dos imigrantes.

 

O que repele imigrantes?

Por outro lado, existem países que certamente não estão entre os escolhidos para muitas famílias migrarem. As razões vão desde os problemas sociais, econômicos , violência, guerra e até conflitos raciais. Entre as regiões, destacam-se a Ásia, América Latina, África e Leste Europeu.

 

Os movimentos migratórios no Brasil

No decorrer de nossa história, o Brasil sempre teve grandes aberturas aos movimentos migratórios. De início podemos citar o próprio povo indígena e, mais tarde, a chegada dos portugueses.

Depois chegaram por aqui os espanhóis e holandeses, com o intuito de disputar a conquista do Brasil com os portugueses. Dando continuidade a esse movimento, destaca-se a “migração forçada” –– com os escravos vindo da África. Mais tarde, passamos pela imigração para o trabalho nas lavouras cafeeiras, com diversos povos europeus.

Atualmente, apesar de o Brasil ser um país em desenvolvimento, desperta intenção em muitos povos de virem para cá, principalmente dos países vizinhos como Venezuela, refugiados do Leste Europeu, haitianos e outros.

 

Os movimentos migratórios no mundo

Movimentos migratórios

Nem todos os lugares ganham destaque no que diz respeito ao interesse dos imigrantes. Para eles os lugares mais almejados para tentar um recomeço estão nos países mais desenvolvidos.

Veja as nações mais atrativas!

Estados Unidos e Canadá

Entre os destinos favoritos da população da América Latina, Canadá e Estados Unidos sempre apresentam uma esperança para melhoria de vida para os imigrantes. Infelizmente, acontecem muitas tragédias com os indivíduos que tentam entrar ilegalmente, principalmente para os Estados Unidos, que tem uma política de imigração bem rígida.

Europa Ocidental

Os países que compõem a Europa Ocidental despertam interesse de imigração de povos da África, Oriente Médio e Europa Oriental. Entre os países que atraem os imigrantes estão Suíça, Suécia, Alemanha, França, Itália e Reino Unido.

Japão

Atualmente o país asiático tem tido procura considerável de imigrantes. Uma das razões está na grande oferta de trabalhos braçais, atraindo inclusive muitas famílias brasileiras.

Por fim, vale ressaltar que, apesar das dificuldades que muitos povos sofrem em decorrência dos movimentos migratórios, existe também uma troca cultural entre os povos. Felizmente muitas famílias conseguem refazer suas vidas e ainda sentem a solidariedade de muitos outros que os acolhem.

Agora que já conferiu sobre os movimentos migratórios, conheça a página de matérias do Stoodi e veja tudo que a plataforma tem para ajudar nos seus estudos.

Raquel Brito