O Sistema de Seleção Unificada, Sisu, é um instrumento de apuração de notas que o MEC criou para selecionar os estudantes para as universidades públicas, de acordo com a sua média geral na prova do Enem. Existem várias faculdades Sisu espalhadas por todo o país, o que viabiliza, por exemplo, a aprovação de um aluno de Curitiba em uma universidade de Belo Horizonte, sem que o mesmo tenha que se deslocar para realizar outra prova.

Cada vez maior e mais dinâmico, o modelo de seleção Sisu vem constantemente substituindo os vestibulares tradicionais, aqueles que eram organizados pelas próprias universidades. Dessa forma, ao estudante que for realizar o Enem 2018, cabe saber quais são as faculdades que aceitam Sisu, bem como se elas oferecem o seu curso de preferência.

Sendo assim, confira a lista Sisu de faculdades participantes 2018, separadas por região:

Centro-oeste

Universidades em que todas as vagas são pelo SiSU

  • Universidade Federal de Goiás (UFG);
  • Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD);
  • Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT);
  • Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS);
  • Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS);
  • Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG);
  • Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS).

Universidades que destinam apenas uma porcentagem de suas vagas ao Sisu

Norte

Universidades em que todas as vagas são pelo SiSU

  • Universidade Federal do Acre (UFAC);
  • Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa);
  • Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA);
  • Universidade Federal do Tocantins (UFT);
  • Instituto Federal do Acre (IFAC);
  • Instituto Federal do Amapá (IFAP);
  • Instituto Federal do Pará (IFPA);
  • Instituto Federal de Rondônia (IFRO);
  • Instituto Federal de Roraima (IFRR).

Universidades que destinam apenas uma porcentagem de suas vagas ao SiSU

  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM): 50%;
  • Universidade Federal do Amapá (Unifap): 50%;
  • Universidade Federal do Pará (UFPA): 20%;
  • Universidade Federal de Roraima (UFRR): a porcentagem exata final não foi informada;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM): 50%;
  • Instituto Federal do Tocantins (IFTO): a porcentagem exata final não foi informada.

Nordeste

Universidades em que todas as vagas são pelo SiSU

  • Universidade Federal de Alagoas (UFAL);
  • Universidade Federal da Bahia (UFBA);
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB);
  • Universidade Federal do Ceará (UFC);
  • Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro–Brasileira (Unilab);
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB);
  • Universidade Federal de Campina Grande (UFCG);
  • Universidade Federal do Maranhão (UFMA);
  • Universidade Federal de Pernambuco (UFPE);
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE);
  • Universidade Federal de São Francisco (Univasf);
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI);
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN);
  • Universidade Federal Rural do Semi-Árido (UFERSA);
  • Universidade Federal de Sergipe (UFS);
  • Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC);
  • Universidade Estadual da Paraíba (UEPB);
  • Universidade Estadual do Piauí (UESPI);
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN);
  • Instituto Federal de Alagoas (IFAL);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sertão Pernambucano (IF Sertão-PE);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI).

Universidades que destinam apenas uma porcentagem de suas vagas ao SiSU

  • Universidade do Estado da Bahia (UNEB): a porcentagem exata final não foi informada;
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB): 50%;
  • Universidade do Estado do Ceará (UECE): 25%;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA): 60%;
  • Instituto Federal de Pernambuco (IFPE): apenas vagas do segundo semestre;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN): a porcentagem exata final não foi informada;
  • Instituto Federal de Sergipe (IFS): 50%;
  • Universidade de Pernambuco (UPE): 50%.

Sul

Universidades em que todas as vagas são pelo SiSU

  • Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR);
  • Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila);
  • Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA);
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPel);
  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG);
  • Universidade Federal do Pampa (Unipampa);
  • Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS);
  • Universidade Estadual do Rio Grande do Sul (UERGS);
  • Instituto Federal do Paraná (IFPR);
  • Instituto Federal Farroupilha (IF-Farroupilha);
  • Instituto Federal Catarinense (IFC).

Universidades que destinam apenas uma porcentagem de suas vagas ao SiSU

  • Universidade Federal do Paraná (UFPR): 30%;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS): 50%;
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM): 80%;
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC): 30%;
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL): 17,5%;
  • Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP): entre 10 e 36%;
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste): 50%;
  • Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC): 25%;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS): 50%;
  • Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC): 50%;
  • Instituto Federal Sul-rio-Grandense (IFSul): 50%.

Sudeste

colegas faculdades participantes do sisu

Universidades em que todas as vagas são pelo SiSU

  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES);
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG);
  • Universidade Federal de Alfenas (Unifal);
  • Universidade Federal de Itajubá (Unifei);
  • Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP);
  • Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ);
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM);
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU);
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV);
  • Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UniRio);
  • Universidade Federal Fluminense (UFF);
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ);
  • Universidade Federal do ABC (UFABC);
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCar);
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF);
  • Instituto Federal do Espírito Santo (IFES);
  • Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM);
  • Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG);
  • Instituto Federal de São Paulo (IFSP);
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ);
  • Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (Cefet-RJ);
  • Universidade Estadual da Zona Oeste (UEZO).

Universidades que destinam apenas uma porcentagem de suas vagas ao SiSU

  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF): 70%;
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA): 60%;
  • Universidade Federal dos Vales Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM): 50%;
  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp): apenas alguns cursos;
  • Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG): 50%;
  • Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais (IF SudesteMG): 50%;
  • Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IF Sul de Minas): 50%;
  • Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG): 50%;
  • Instituto Federal do Norte de Minas Gerais (IFNMG): a porcentagem exata final não foi informada;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF): a porcentagem exata final não foi informada.

Concorrência

Uma dúvida que os candidatos costumam ter é: em quantas faculdades posso me inscrever pelo SiSU? É claro que, por ser um sistema unificado, contemplando as melhores universidades do país, é de se esperar uma grande procura pelo SiSU.

As inscrições podem ser feitas duas vezes ao ano e o candidato, por meio do número de inscrição do último Enem e da senha, pode escolher até duas opções de curso. Dessa maneira, entenda mais sobre o perfil da concorrência que você poderá enfrentar:

Maiores notas de corte SiSU 2017

  • Universidade Federal Fluminense – Direito – 837,8 pontos;
  • Universidade de São Paulo – Medicina (cotas) – 831,3 pontos;
  • Universidade de Brasília – Medicina – 829,6 pontos;
  • Universidade Federal do Paraná – Medicina – 826,2 pontos;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro – Medicina – 822,31 pontos;
  • Universidade de São Paulo – Engenharia Mecânica – 821,1 pontos;
  • Universidade de São Paulo – Engenharia Mecatrônica – 819,3 pontos;
  • Universidade Federal de Santa Catarina – Medicina – 818,5 pontos;
  • Universidade Estadual de Minas Gerais – Medicina – 817,1 pontos;
  • Universidade de Brasília – Medicina (cotas) – 814,1 pontos.

Instituições mais procuradas no SiSU 2017

  • Universidade Federal de Minas Gerais – 171.825 inscritos;
  • Universidade Federal de Pernambuco – 144.322 inscritos;
  • Universidade Federal do Ceará – 140.849 inscritos;
  • Universidade Federal do Maranhão – 131.899 inscritos;
  • Universidade Federal de Goiás – 130.077 inscritos;
  • Universidade Federal da Bahia – 118.998 inscritos;
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro – 117.315 inscritos;
  • Universidade Federal da Paraíba – 117.256 inscritos;
  • Universidade Federal Fluminense – 112.841 inscritos;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – 112.615 inscritos.

Cursos com o maior número de inscritos no SiSU 2017

  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo – Análise e Desenvolvimento de Sistemas – 21.787 inscritos;
  • Universidade Federal de Minas Gerais – Direito – 17.166 inscritos;
  • Universidade Federal de Minas Gerais – Medicina – 13.084 inscritos;
  • Fundação Universidade Federal do ABC – Ciência Tecnológica – 12.714 inscritos;
  • Universidade Estadual do Piauí – Pedagogia – 12.115 inscritos;
  • Universidade Federal de Pernambuco – Educação Física – 11.397 inscritos;
  • Universidade Federal do Maranhão – Pedagogia – 11.112 inscritos;
  • Universidade Federal de Goiás – Direito – 10.913 inscritos;
  • Universidade Federal do Maranhão – Direito – 10.862 inscritos;
  • Universidade Federal de Goiás – Medicina – 10.402 inscritos.

Portanto, agora que você já sabe quais são as faculdades SiSU, é importante também verificar se essas instituições oferecem o seu o curso de preferência, bem como pesquisar a sua nota de corte. Dessa forma, você já fica por dentro de todas as informações do processo seletivo que enfrentará e tem noção do nível da concorrência naquela universidade.

Quer aprender mais e ficar por dentro de tudo sobre os vestibulares e o Enem? Faça seu cadastro gratuito no Blog do Stoodi. Lá você tem acesso a videoaulas e ainda pode testar seus conhecimentos a partir de vários exercícios que a plataforma disponibiliza.

Beatriz Abrantes

Cursando jornalismo, é apaixonada pela profissão e por inventar receitas em sua cozinha. Faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi, focada em SEO. A Bia adora dançar, participa de ONG’S de proteção aos animais e ama passar tempo vendo filmes. Conheça mais os seus textos!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!