Do mesmo modo que o Enem Exame Nacional do Ensino Médio auxilia o Governo Federal a avaliar o desempenho dos alunos de Ensino Médio de todo o país, o Enade Exame Nacional de Desempenho de Estudantes também atua como uma ferramenta do governo para verificação do ensino, mas para alunos de graduação.

Ao contrário do Enem (que tem um alcance bem maior e é popular para muita gente), o Enade não é um exame muito conhecido. Dessa forma, seja para quem almeja ser aprovado no vestibular, seja para quem já está na graduação, aprender sobre o Enade e como esse teste funciona passa a ser relevante para ambos os perfis de estudantes.

Sendo assim, continue a leitura e saiba o que é Enade e como é a dinâmica dessa prova.

O que é Enade?

Criado em 2004, o Enade é uma avaliação aplicada a cada 3 anos (para cada curso) em todo o território nacional, tendo como principal objetivo avaliar a qualidade do ensino superior praticado no país, tanto pelas instituições privadas quanto pelas universidades públicas.

Como funciona o Enade?

A metodologia do Enade é baseada em ferramentas que ajudam a mensurar as oscilações de qualidade do Ensino Superior, refletindo assim tanto no perfil da prova quanto no seu período de aplicação.

Isso explica por que a prova é elaborada somente a cada 3 anos, já que não faz sentido avaliar as características do curso de uma instituição em um período curto de tempo (a oscilação seria muito baixa, dificultando a identificação de alguma tendência).

Outro motivo que explica essa janela de 3 anos são os elevados gastos (como o Enem, que é aplicado anualmente e requer elevado investimento) que a prova demanda, já que ela é ofertada em todos os estados do Brasil e para vários cursos superiores.

Dessa forma, pode-se afirmar que a funcionalidade do Enade é justamente a de captar variações (boas ou ruins) — é uma espécie de termômetro preciso que é calibrado a cada 3 anos.

Quem precisa fazer o Enade?

São selecionados para fazerem a prova do Enade os estudantes que estão no último ano de graduação e que eventualmente terão os respectivos cursos avaliados naquele ano. Exemplificando, um graduando em Direito que está a um ano de formar terá de fazer o Enade 2018.

Cabe lembrar que uma vez selecionado, o estudante é obrigado a fazer a prova, sob pena de não obtenção do diploma em caso de ausência não justificada.

Qual é o prazo de inscrição para o Enade?

Para o ano de 2018, o período de inscrição Enade já se encerrou — foi de 2 de julho a 12 de agosto. É importante destacar que cabe inteiramente à Instituição de Ensino Superior fazer a devida inscrição dos estudantes, selecionando todos os alunos que se encaixem no perfil a ser avaliado e descrito no edital.

Como são as provas do Enade?

livro aberto enade

O teste Enade cobra do estudante tanto conhecimentos específicos de cada curso, quanto questões atuais de conhecimentos gerais. Ou seja, é dividido em duas partes: uma comum para todos os cursos e a outra direcionada para cada área.

Outro fato relevante acerca do exame é que ambas as partes contêm questões objetivas e discursivas.

A prova é dividida da seguinte maneira:

  • 2 questões discursivas de conhecimentos gerais — peso de 10% do total da prova;
  • 8 questões objetivas de conhecimentos gerais — peso de 15% do total da prova;
  • 2 questões discursivas de conhecimentos específicos — peso de 11,25% do total da prova;
  • 27 questões objetivas de conhecimentos específicos — peso de 63,75% do total da prova;
  • 9 questões sobre o nível de dificuldade da prova — não conta como critério de avaliação.

Exemplos de questões

Na área de conhecimentos gerais, a prova do Enade 2017 foi bem abrangente, cobrando dos estudantes questões desde epidemia de sífilis até características da atual situação econômica da União Europeia.

Sendo assim, confira dois exemplos de questões do Enade e suas respostas.

Questão 1

A articulação indígena-quilombola vem se consolidando em Oriximiná, no Pará, desde 2012, com o objetivo de incentivar a parceria entre índios e quilombolas frente a novos desafios comuns.

A aliança possibilitou, em 2015, a reaproximação entre índios da Terra Indígena Kaxuyana-Tunayana e os quilombolas da Terra Quilombola Cachoeira Porteira, cujas relações, no processo de regularização de suas terras, haviam assumido ares de conflito.

Reunidos no Quilombo Abuí, escolhido como local neutro e livre de influências externas, em maio de 2015, lideranças indígenas e quilombolas de ambas as terras, com a mediação de lideranças quilombolas de outras comunidades, acordaram os limites territoriais para fins de regularização fundiária. O acordo foi oficializado junto ao Ministério Público Federal e ao Ministério Público Estadual.

A análise dessa situação evidencia a importância da:

A) autodeterminação dos povos tradicionais na definição de seus limites territoriais.

B) intervenção prévia do Estado em situações de potencial conflito entre povos tradicionais.

C) urgência de regularização das terras quilombolas e indígenas, priorizando-se áreas isentas de conflitos.

D) definição, por fatores externos, dos desafios comuns a serem enfrentados pelos povos tradicionais.

E) participação do Ministério Público nas negociações de limites territoriais entre quilombolas e indígenas.

Resolução

Alternativa correta: letra A.

Fica claro no texto que a conciliação (sobre brigas territoriais) não foi mediada por agentes externos, mas sim pela própria articulação indígena-quilombola, o que evidencia a autodeterminação desses povos durante a definição de seus limites territoriais.

Questão 2

Segundo o relatório da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura de 2014, a agricultura familiar produz cerca de 80% dos alimentos no mundo e é guardiã de aproximadamente 75% de todos os recursos agrícolas do planeta. Nesse sentido, a agricultura familiar é fundamental para a melhoria da sustentabilidade ecológica.

Considerando as informações apresentadas no texto, avalie as afirmações a seguir.

I. Os principais desafios da agricultura familiar estão relacionados à segurança alimentar, à sustentabilidade ambiental e à capacidade produtiva.

II. As novas políticas públicas para o desenvolvimento da agricultura familiar devem fomentar a inovação, respeitando o tamanho das propriedades, as tecnologias utilizadas, a integração de mercados e as configurações ecológicas.

III. A maioria das propriedades agrícolas no mundo tem caráter familiar, entretanto, o trabalho realizado nessas propriedades é majoritariamente resultante da contratação de mão de obra assalariada.

É correto o que se afirma em:

A) I, apenas.

B) III, apenas.

C) I e II, apenas.

D) II e III, apenas.

E) I, II e III.

Resolução

Alternativa correta: letra C.

A única alternativa falsa é a sentença III, já que não se pode afirmar que o trabalho realizado nas propriedades agrícolas de caráter familiar é majoritariamente a partir da contratação de mão de obra assalariada. Neste segmento há sim a contratação de mão de obra assalariada, porém, não é majoritariamente como sugerido na afirmação.

Quais os locais de aplicação do Enade?

Geralmente os estudantes realizam a prova na instituição de Ensino Superior em que estuda, cabendo à essa instituição divulgar ao aluno qual o prédio e sala específica.

Quando e como sai o resultado?

As provas Enade 2018 serão aplicadas no dia 25 de novembro às 13h30 no horário de Brasília. A data do resultado ainda não foi divulgada, e para conferi-lo o estudante precisa acessar o site do Enade.

Logo, destaca-se o essencial papel feito pelo Enade, não somente para a manutenção do Ensino Superior, mas também contribuições para a sua modernização.

Sendo assim, para quem deseja ser aprovado no vestibular e ingressar no curso dos sonhos, já entender como é a dinâmica da prova e a sua importância (a sua nota na prova Enade consta obrigatoriamente no seu histórico da graduação) passa a ser fundamental.

Quer estudar mais e ficar por dentro do mundo dos vestibulares? Confira o blog Stoodi. Lá você também tem acesso a videoaulas e ainda pode testar seu conhecimento com os exercícios que a plataforma disponibiliza!

Beatriz Abrantes

Cursando jornalismo, é apaixonada pela profissão e por inventar receitas em sua cozinha. Faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi, focada em SEO. A Bia adora dançar, participa de ONG’S de proteção aos animais e ama passar tempo vendo filmes. Conheça mais os seus textos!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!