Poucas expressões sobre o meio ambiente são tão faladas hoje em dia quanto desenvolvimento sustentável. De discursos políticos a práticas de ONGs, o ideal de sustentabilidade rege a busca por qualidade de vida, a exploração de recursos e o crescimento econômico de muitos países atualmente.

Apesar de ser um conceito relativamente novo, o termo é utilizado já há algum tempo, principalmente quando se refere aos países subdesenvolvidos. Isso sem contar sua importância para vestibulares e concursos, como o Enem, que traz em suas provas assuntos atuais e influentes na vida das pessoas.

Quer saber qual é a importância do desenvolvimento sustentável? Acompanhe a leitura!

O que é desenvolvimento sustentável

A expressão desenvolvimento sustentável é frequentemente utilizada para caracterizar um modelo econômico que consiga conciliar o avanço econômico à preservação dos recursos naturais. Para a ONU (Organização das Nações Unidas), o desenvolvimento sustentável é “aquele que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades.”

O conceito de desenvolvimento sustentável foi introduzido no discurso global no estudo da ONU, de 1987, denominado Nosso futuro comum, que traz várias recomendações para a sociedade, balizando-se em dois pontos essenciais:

  • preservação do meio ambiente para as gerações que estão por vir, evitando o esgotamento dos recursos naturais;
  • diminuição da fome e da pobreza, que são causa e consequência de desequilíbrio ambiental, junto a altos padrões de consumo atuais.

Assim, é possível perceber que as práticas de desenvolvimento sustentável não estão presas apenas à conservação do meio ambiente, mas também à construção de sociedades sustentáveis, com equidade econômica, diversidade cultural e justiça social. Além, é claro, de estarem aliadas às práticas de preservação de recursos naturais.

Uma das bases do conceito de desenvolvimento sustentável é a íntima ligação entre a destruição ambiental e a pobreza. Assim, busca-se a promoção de melhorias na qualidade de vida da camada empobrecida da sociedade, evoluindo, ao mesmo tempo, políticas de saneamento, cuidados com a saúde e combate à fome.

Sustentabilidade

De maneira correlata ao desenvolvimento sustentável, o conceito de sustentabilidade propõe que qualquer crescimento econômico aconteça não degradando o meio ambiente, mas preservando-o e incentivando sua conservação. Atualmente, aplicar a sustentabilidade em larga escala pode parecer utópico, pois seria necessário frear o crescimento econômico em várias frentes.

Entretanto, é fundamental que sejam encontrados meios de avanço tecnológico que permitam o crescimento econômico de países subdesenvolvidos, sem representar ameaças ao meio ambiente.

Desenvolvimento sustentável no Brasil

A Constituição Federal de 1988, que é válida até os dias de hoje e foi a base da redemocratização após o período de Ditadura Militar, prega o princípio de desenvolvimento sustentável em seu texto. Pela primeira vez no Brasil, foi dedicado todo um capítulo oficial ao Meio Ambiente.

Assim, o artigo 225 da Constituição prega que: “Todos têm o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado, bem de uso comum do povo e essencial à sadia qualidade de vida, impondo-se ao poder público e à coletividade o dever de defendê-lo e preservá-lo para as presentes e futuras gerações.”

Assim, a Constituição Federal diz que os aspectos sociais e a necessidade de conservação do meio ambiente estão em consonância com o conceito mundial de desenvolvimento sustentável. Ao menos na teoria, a legislação brasileira é uma das mais avançadas no campo ambiental.

Entretanto, ainda estamos longe de conseguir ser uma sociedade, de fato, sustentável. Um grande problema dos países em desenvolvimento é conseguir encontrar um equilíbrio entre o avanço econômico e a preservação ambiental, principalmente porque o modelo utilizado pelas nações hoje desenvolvidas sempre foi baseado na exploração exaustiva de recursos.

Assim, ao mesmo tempo em que se faz urgente preservar ao máximo o meio ambiente para as futuras gerações, os governos encontram, frequentemente, obstáculos para alinhar as expectativas de crescimento econômico e sustentabilidade.

Como o Brasil ainda é considerado um dos países de maior importância ambiental para o mundo, principalmente pela Amazônia, a necessidade de chegar ao equilíbrio ambiental que permita ao país crescer sustentavelmente é um dos maiores desafios do governo.

Desenvolvimento sustentável: exemplos

Em larga escala, podemos citar várias políticas públicas de desenvolvimento sustentável, que variam de local para local. Entretanto, algumas já são senso comum, podendo se traduzir em ações como:

Além dessas ações, várias outras podem ser tomadas. Entretanto, é fundamental que essas aconteçam tanto no âmbito governamental quanto na própria sociedade, por meio de atitudes individuais e localizadas. Assim, cada um pode contribuir para a construção de um mundo baseado no desenvolvimento sustentável.

sustentabilidade

Objetivos e princípios do desenvolvimento sustentável

A Assembleia Geral das Nações Unidas, em sua Resolução 70/1 no ano de 2015, instituiu os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), buscando estabelecer ações e metas para o que se tornou, resumidamente, o documento conhecido como Agenda 2030. São 17 objetivos:

  1. Erradicação da pobreza;
  2. Fome zero e agricultura sustentável;
  3. Saúde e bem-estar social;
  4. Educação de qualidade;
  5. Igualdade de gênero;
  6. Saneamento e água limpa;
  7. Energia limpa e acessível a todos;
  8. Trabalho decente aliado ao crescimento econômico;
  9. Inovações de infraestrutura;
  10. Redução das desigualdades;
  11. Cidades e comunidades sustentáveis;
  12. Consumo e produção com responsabilidade;
  13. Ação contra o aquecimento global;
  14. Conservação da vida aquática;
  15. Conservação da vida terrestre;
  16. Paz e justiça social com instituições eficazes;
  17. Parcerias globais para a sustentabilidade.

O desenvolvimento sustentável é uma prática que precisa ser aplicada globalmente. Independentemente das fronteiras, os efeitos nocivos da degradação do meio ambiente são sentidos por todos, o que faz com que uma consciência mundial surja em prol da preservação ambiental.

A melhor maneira de entender a importância das práticas de desenvolvimento sustentável é pensar nas gerações futuras. Se precisamos utilizar recursos naturais para sobreviver nos dias de hoje, é fundamental ter a consciência de que as gerações que virão depois de nós também precisarão utilizar os mesmos recursos para manter sua vida.

Ou seja, mais do que um discurso político ou ativista, o desenvolvimento sustentável é uma necessidade de primeira ordem, visando à preservação, em última instância, da própria espécie humana.

Aprendeu o que significa desenvolvimento sustentável? Então não deixe de conferir nossos exercícios sobre o tema e nossas videoaulas de Geografia e Atualidades!

Renata Celi

Cursando relações internacionais, ama viajar e tomar sol. A Renata faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e faz trabalho voluntário com crianças nas horas vagas. A Rê adora comida, conhecer gente nova, mas, principalmente, ver filmes repetidos. Conheça mais os textos da Renata!