O norte-americano Andy Warhol foi uma figura de destaque no movimento artístico conhecido como pop art, produzindo obras consideradas de fácil entendimento à maioria das pessoas (cultura de massa) e introduzindo técnicas revolucionárias para a época. Ele é considerado um dos artistas mais influentes da segunda metade do século XX.

Artista plástico, ilustrador, pintor, empresário e cineasta, Warhol ficou conhecido por explorar conceitos de publicidade e utilizar várias técnicas e materiais em suas obras, como serigrafia, pintura, fotografia, cinema e escultura.

Ainda hoje, Warhol influencia a produção artística e, especialmente, a cultura pop. Por essa razão, seu nome e seu trabalho têm sido abordados em vestibulares, no Enem e em concursos. Quer conhecer mais sobre ele? Continue lendo nosso artigo para descobrir quem foi e qual o legado de Andy Warhol.

Quem foi Andy Warhol?

Warhol foi um artista que introduziu novos conceitos e mudou a forma de fazer arte. Além de utilizar materiais e técnicas diferentes, ele criou a chamada arte colaborativa, reunindo artistas em um mesmo espaço para criações conjuntas.

Sua obra trazia reproduções de eventos e de personalidades relevantes da época. Além de retratar pessoas de destaque no meio artístico e político, ele também usou objetos comuns (como as latas de sopa Campbells e as garrafas de Coca-Cola) como inspiração para suas obras.

Andy Warhol: biografia

O artista, batizado como Andrew Warhola Jr, nasceu em 6 de agosto de 1928, em Pittsburgh, na Pensilvânia. Seus pais eram operários, vindos de uma cidade chamada Mikó (atualmente Miková), localizada no nordeste da Eslováquia, que na época ainda fazia parte do Império Austro-Húngaro. Seus dois irmãos mais velhos nasceram na Eslováquia.

Quando criança, Warhol sofreu com uma doença neurológica, que provocava movimentos involuntários nas extremidades do corpo. Quando tinha as crises, ele ficava em casa, acamado, e para passar o tempo lia revistas, quadrinhos, desenhava, colecionava imagens de estrelas de cinema e ouvia rádio. Esse período foi essencial para o desenvolvimento de sua personalidade e de suas preferências.

Aos 17 anos, em 1945, Warhol iniciou os estudos no Instituto de Tecnologia de Carnegie, em Pittsburgh (atualmente Universidade Carnegie Mellon), graduando-se em design. Logo depois, mudou-se para Nova York, onde trabalhou como ilustrador de revistas como Harper’s Bazaar, Vogue e The New Yorker, além de produzir peças publicitárias e elementos decorativos para vitrines.

Com a carreira de sucesso como ilustrador comercial, Warhol passou a criar novas obras e exibiu seu trabalho em várias galerias no final dos anos 1950. Na época, ele começou a receber reconhecimento como um artista influente, embora controverso.

Seu estúdio em Nova York, o The Factory, tornou-se um ponto de encontro de intelectuais e artistas. Nesse período, ele fundou uma banda experimental e a revista Interview. No dia 3 de junho de 1968, Warhol sofreu uma tentativa de assassinato no local, cometida pela feminista radical Valerie Solanas, fundadora da Society for Cutting Up Men (SCUM).

A razão do atentado teria sido o desacordo em função de um material artístico apresentado por Valerie. Warhol ficou gravemente ferido e Valerie foi condenada. O ocorrido deu origem ao filme I shot Andy Warhol, de 1996.

Em 1987, aos 58 anos, Warhol precisou operar a vesícula. Embora a cirurgia tenha corrido bem, ele faleceu no dia seguinte, 22 de fevereiro, vítima de arritmia cardíaca.

Em 1994, foi aberto o Andy Warhol Museum, na cidade natal do artista, Pittsburgh. Com uma extensa coleção permanente de arte, ainda hoje é o maior museu dos Estados Unidos dedicado a um único artista.

Nas proximidades do museu, fica uma das três pontes idênticas e paralelas (as chamadas Três Irmãs) de Pittsburgh, que em 18 de março de 2005 foi renomeada para Andy Warhol Bridge, como parte da comemoração do décimo aniversário do Andy Warhol Museum.

Andy Warhol e pop art

O termo pop, abreviação em inglês de popular, junto com a palavra art, pode ser traduzido como arte popular ou cultura de massas. Foi um movimento artístico que conseguiu se aproximar do cotidiano das pessoas, e com isso atingiu multidões.

A pop art teve como inspiração objetos comuns e de consumo, ironizando a cultura materialista da época e tecendo críticas à indústria, além de retratar personalidades. O movimento surgiu na Inglaterra, nos anos 1950, mas se popularizou uma década depois, quando chegou aos Estados Unidos. Andy Warhol foi um dos grandes responsáveis por isso.

Warhol retratou artistas e políticos (como Elvis Presley, Marilyn Monroe, Mick Jagger, Mao Tsé-Tung, Che Guevara e Pelé, entre outros), além de objetos simples, como embalagens de diversos produtos, ou ainda releituras de obras famosas, como a Mona Lisa, exposta no museu do Louvre, em Paris.

Além disso, nas obras artísticas representativas da pop art, houve a introdução de novos elementos criados a partir de tecnologias que surgiram no século XX, substituindo tintas, pincéis e telas. Assim, matérias-primas como isopor e acrílico, e novas técnicas, como serigrafia, foram muito usadas por representantes desse movimento.

Andy Warhol foi responsável pela produção de algumas das obras mais icônicas da pop art.

marilyn monroe andy warhol

Obras de Andy Warhol

Entre os trabalhos mais conhecidos de Andy Warhol figuram as pinturas em silkscreen Campbell’s Soup Cans (1962), a famosa reprodução das latas de sopa Campbells, e Marilyn Diptych (1962), em homenagem a Marilyn Monroe, pintado algumas semanas após sua morte.

Suas obras são consideradas muito valiosas. A título de exemplo, uma de suas telas, intitulada Silver Car Crash (Double Disaster), de 1963, foi vendida por US$ 105 milhões.

Além das pinturas, outros destaques de Andy Warhol foram o filme experimental Chelsea Girls (1966), com nada menos do que 7 horas de duração, diálogos improvisados e imagens não editadas, e os eventos multimídia conhecidos como o Exploding Plastic Inevitable (1966-1967).

Warhol também é autor de vários livros, incluindo The Philosophy of Andy Warhol e Popism: The Warhol Sixties.

No âmbito musical, o artista foi criador e patrocinador do The Velvet Underground, uma banda de vanguarda criada em 1964, considerada por muitos críticos como essencial para a história do rock’n roll. A capa do primeiro álbum do grupo foi ilustrada por Warhol, com uma banana num plano branco.

Andy Warhol: frases

Uma das frases mais famosas do artista foi a que deu origem à expressão 15 minutos de fama. Segundo Warhol, “no futuro, todos serão famosos por 15 minutos”. Há quem diga que, com isso, ele previu a superficialidade e velocidade das mídias atuais.

Confira algumas outras falas célebres atribuídas ao artista:

  • “Eu sou uma pessoa profundamente superficial.”;
  • “Sempre dizem que o tempo mudará as coisas, mas, na verdade, é você mesmo que terá que mudá-las.”;
  • “Acho que tenho uma interpretação muito livre de trabalho, porque penso que estar vivo já dá tanto trabalho que não queremos fazer mais nada.”;
  • “Até mesmo belezas podem ser pouco atraentes. Se você pega uma beleza na luz errada na hora certa, esqueça.”;
  • “Sucesso é quando seus cheques não voltam.”;
  • “O que conta não é quem você é, mas quem acreditam que você é.”;
  • “Assim que você para de querer alguma coisa, você consegue aquilo.”.

Esses são apenas alguns exemplos de frases de impacto do artista. Andy Warhol se destacou na cultura pop por várias razões, desde o talento e a percepção necessária para transformar simples objetos e circunstâncias em arte, até pela inovação de suas iniciativas.

Quer conferir mais informações sobre arte, história da arte e as várias vertentes artísticas no Brasil e no mundo? Continue em nossa página e fique por dentro de todo o conteúdo sobre esse tema, que pode ser abordado em suas próximas provas!

Renata Celi

Cursando relações internacionais, ama viajar e tomar sol. A Renata faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e faz trabalho voluntário com crianças nas horas vagas. A Rê adora comida, conhecer gente nova, mas, principalmente, ver filmes repetidos. Conheça mais os textos da Renata!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!