Toda região habitável no mundo tem os seus costumes, linguagem, hábitos próprios, atributos e outras qualidades específicas que as caracterizam, funcionado, assim, como uma forma de identificação — em outras palavras, é a cultura local. Nesse contexto, podemos classificar os costumes de um povo como um conjunto de elementos que compõem a cultura material e imaterial.

Antes de conceituar essas divisões culturais, é interessante destacar para o vestibulando que, independentemente dos costumes de uma pessoa — incluindo músicas, nacionalidade, idiomas etc. — as origens devem ser respeitadas e preservadas. Isso porque, além de ser uma questão humanitária e de respeito para com o próximo, é uma temática constantemente abordada no Enem, cuja prova promove a diversidade e o zelo das diversas culturas.

Desse modo, leia e confira sobre o que é cultura material, patrimônio cultural material, outras formas de demonstração cultural e como esse tema pode ser cobrado no Enem.

Conceito de cultura material

Cultura material é todo tipo de patrimônio cultural concreto e palpável de um determinado povo — isto é, são todos os elementos tocáveis e que, de certa forma, ajudam a identificar e caracterizar o povoado e história da região. Podemos citar, por exemplo, algumas edificações, galerias de arte, monumentos históricos, igrejas e outros tipos de construções em geral.

Patrimônio cultural material

Toda cidade sofre, naturalmente, algumas transformações visuais com o passar dos anos, seja na arquitetura das edificações, seja no estilo geral do planejamento urbano. Entretanto, há certas obras que são mantidas preservadas propositalmente, pois, já fazem parte da história local e, automaticamente, ao serem avistados são associados com a cidade em questão. Em outras palavras, eles compõem o patrimônio cultural material.

Exemplos

Classificados como bens móveis e imóveis, são exemplos de patrimônio cultural material:

  • igrejas: Igrejinha da Pampulha em Belo Horizonte;
  • vestimentas: roupa característica da Baiana do Acarajé;
  • mausoléu: Taj Mahal na Índia;
  • paisagens naturais: Grand Canyon nos Estados Unidos;
  • complexos urbanos: Cidade proibida na China.

Conceito de cultura imaterial

Já a cultura imaterial é composta pelos elementos não concretos e palpáveis, cujos significados e representação remetem naturalmente a história de um povo/cidade. Em outras palavras, é o conjunto de crenças, fundamentos abstratos e práticas específicas de um certo grupo social, os quais reforçam a tradição e os costumes locais.

Patrimônio cultural imaterial

O patrimônio cultural imaterial de uma sociedade é passado de geração a geração, visto que são saberes e conceitos abstratos, os quais necessitam ser constantemente reproduzidos para que não corram o risco de desaparecerem.

Exemplos

Deste modo, são exemplos de patrimônio cultural imaterial:

  • rituais: Yaokwa, da tribo indígena Enawene Nawe localizada no Mato Grosso;
  • artes marciais: Taekkyeon, luta praticada na Coréia do Sul;
  • cavalgadas: Cavalgada dos Reis, realizada em algumas cidades da República Tcheca;
  • danças: Tango, expressão que carrega a tradição argentina.

Cultura material brasileira

cristo redentor cultural material

São inúmeros os exemplos de obras, construções, objetos artísticos e outros monumentos que fazem parte da cultural material brasileira — até mesmo porque, o Brasil é um país extremamente rico em sua diversidade cultural.

Centro Histórico de Outo Preto

Palco da Inconfidência Mineira, o Centro Histórico de Ouro Preto é composto por vários museus, igrejas e outras edificações que caracterizam a arquitetura do Brasil em seu período colonial.

Cidade de Brasília

Tombada como patrimônio cultural da humanidade em 1987, a capital do Brasil é considerada como um exemplo de cidade que soube executar com eficiência os conceitos de um bom planejamento urbano moderno.

Paisagens Cariocas

Não é exagero falar que uma das primeiras imagens que são associadas ao Brasil é a famosa obra do Cristo Redentor, conhecida mundialmente e inserida em um conjunto de paisagens da cidade do Rio de Janeiro, as quais são consideradas como patrimônio cultural material.

Cultura imaterial brasileira

Nosso país tem cerca de 210 milhões de habitantes espalhados em 5 regiões geográficas — ou seja, é um território muito fértil para a diversidade cultural imaterial.

Roda de capoeira

Conhecida por ser uma mistura de dança e luta, a Roda de Capoeira é, hoje, um patrimônio cultural imaterial do Brasil, uma vez que a sua trajetória acompanha a história do país desde os tempos da escravidão.

Frevo

Dança que enaltece as tradições das festas de rua do carnaval de Recife, o frevo é facilmente reconhecido pelos seus movimentos únicos, mistura de cores, alegria e sua sombrinha.

Produção artesanal de queijo

A produção artesanal de queijo em Minas Gerais, mais precisamente na Serra da Canastra e na Serra do Salitre, também é um exemplo de patrimônio cultural imaterial do Brasil, visto que o modo em que os produtos dessa região são produzidos evidenciam os costumes e a tradição local.

Como este tema pode ser cobrado no vestibular

O Enem é uma prova que gosta de apresentar propostas textuais que analisam músicas, rituais, obras de artes e outros fatos e adereços que remetem à cultura de um determinado povo. Desse modo, veja exemplos de algumas questões:

Questão 1.

O Iphan atua em Sergipe desde 1937 quando ainda era integrado ao estado da Bahia. Desde 2010 a Unesco reconheceu como patrimônio mundial o único testemunho dos 60 anos de união entre Portugal e Espanha do período colonial do Brasil que é a(o):

a) Capela de Lampião, em Angico.

b) Grota de Angico, em Poço Redondo.

c) Canoa deTolda, em Brejo Grande.

d) Praça de São Francisco, na cidade de São Cristóvão.

e) Museu deArte Sacra, em Aracaju.

Resolução

Alternativa correta letra “D”, Praça de São Francisco localizada na cidade de São Cristóvão.

Questão 2.

Parecer CNE/CP nº 3/2004, que instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-Brasileira e Africana. Procura-se oferecer uma resposta, entre outras, na área da educação, à demanda da população afrodescendente, no sentido de políticas de ações afirmativas. Propõe a divulgação e a produção de conhecimentos, a formação de atitudes, posturas que eduquem cidadãos orgulhosos de seu pertencimento étnico-racial — descendentes de africanos, povos indígenas, descendentes de europeus, de asiáticos — para interagirem na construção de uma nação democrática, em que todos igualmente tenham seus direitos garantidos.

A orientação adotada por esse parecer fundamenta uma política pública e associa o princípio da inclusão social a:

a) práticas de valorização identitária.

b) medidas de compensação econômica.

c) dispositivos de liberdade de expressão.

d) estratégias de qualificação profissional.

e) instrumentos de modernização jurídica.

Resolução

Alternativa correta letra “A”, já que o parecer desperta nos grupos de minorias em questão o sentimento de orgulho e auto valorização, evidenciando assim as práticas de valorização identitária.

Após entender o conceito de cultura material e imaterial, bem como as suas diferentes formas de representação, fica ainda mais simples de perceber o quão importante elas são para a identificação e promoção de um povo. Vale relembrar ao vestibulando que não existe cultura ruim ou inadequada, todas elas merecem respeito e precisam ser devidamente reproduzidas e preservadas.

Quer aprender mais e ficar por dentro de tudo sobre os vestibulares e o Enem? Experimente nosso plano de estudos. Com ele você tem acesso a videoaulas e ainda pode testar seus conhecimentos a partir de vários exercícios que a plataforma disponibiliza.

Renata Celi

Cursando relações internacionais, ama viajar e tomar sol. A Renata faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e faz trabalho voluntário com crianças nas horas vagas. A Rê adora comida, conhecer gente nova, mas, principalmente, ver filmes repetidos. Conheça mais os textos da Renata!