Sabe quando você se depara com um texto, mas não se sente interessado em lê-lo até o final? Isso é comum, afinal, entre tantos conteúdos produzidos na web diariamente, estão incluídos aqueles que não conseguem prender a atenção da audiência.

E isso é ruim, pois conteúdos são ferramentas de captação de leitores que podem se tornar clientes uma vez que conheçam os seus serviços. Portanto, para que o mesmo não aconteça com os seus textos, acompanhe este post até o final!

E como prender a atenção da audiência por meio de conteúdos?

Para que você saiba como fazer isso, existem 7 dicas essenciais que vão ajudá-lo a manter a atenção do seu público do início ao fim dos seus textos.

1. Saiba quem é a sua persona

Antes de escrever o primeiro parágrafo do seu conteúdo, é essencial que você conheça bem o seu público. Para isso, a sua persona precisa estar criada.

Uma persona é o personagem semifictício que representa o seu cliente ideal. Por isso, é necessário criá-la durante a etapa de planejamento da sua estratégia de marketing de conteúdo. Uma vez que você saiba para quem escrever, fica mais fácil determinar quais serão os assuntos dos seus conteúdos e a forma com a qual você vai escrevê-los para a sua audiência.

Assim, seus textos conseguirão atrair as pessoas que, verdadeiramente, se interessam por eles. Esse é um diferencial capaz de fazê-los atravessar a jornada de compra, sobre a qual falaremos em seguida.

E caso esteja em dúvida sobre como criar a sua persona, o Fantástico Gerador de Personas desenvolvido pela Rock Content pode ajudá-lo!

2. Use técnicas de storytelling

Você gosta de ouvir boas histórias? Provavelmente sim, e aqui também reside a resposta do seu público. Logo, técnicas de storytelling deixam o seu conteúdo muito mais atrativo!

Assim, ao falar sobre o que um freelancer faz para viver, por exemplo, o conteúdo ficará bem mais interessante se, em vez de conceitos, você apresentar um personagem que seja um profissional freelancer e contar sua história.

E para que ela seja boa de verdade, não se esqueça de elementos fundamentais como a construção dos personagens, o desenvolvimento da história e o desfecho em que você deve convidar o público para uma chamada de ação.

3. Monte a jornada do cliente

A jornada do cliente é representada pelo funil de vendas, ou seja, é a trajetória que a persona traça para se tornar um cliente seu. Logo, ao escrever um conteúdo, ele deve ser embasado no topo do funil (fase em que a persona descobre ter um problema), meio do funil (estágio em que ela busca soluções para o problema) e fundo do funil (momento final em que ela encontra quem pode resolver o problema).

Por isso, faça conteúdos com base no estágio do funil para atrair as pessoas que estão em cada etapa da jornada, considerando o princípio de Pareto em que 80% dos conteúdos devem ser de topo e meio de funil, enquanto 20% são dedicados ao fundo do funil.

4. Faça conteúdos bem estruturados

Todo texto que você escrever precisa ter uma estrutura, ou seja, começo, meio e fim. Dessa forma, os leitores terão ciência do que o texto irá apresentar sem causar aquela percepção de “ué, mas já acabou?”.

Ao iniciar o seu texto, deixe claro para o leitor qual é o tema do conteúdo. Por isso, uma boa introdução é muito importante, pois é isso que fará a audiência ler o conteúdo até o final. Aliás, fazer esse convite nos primeiros parágrafos é eficiente para que a pessoa que estiver lendo realmente fique até o fim.

No meio do texto, desenvolva o problema a respeito do tema e aponte quais são as possíveis soluções que o leitor pode encontrar.

Já o final do texto deve convidar a pessoa que o leu, até então, a ter uma atitude. Assim, faça uso de um call-to-action que pode ser o convite para deixar um comentário, compartilhar o post nas redes sociais ou até mesmo entrar em contato com você.

5. Use a escaneabilidade nos seus textos

Ler “textão” é bem desagradável, não é mesmo? Se você também sente indisposição ao ver aquele bloco de texto, todo escrito num parágrafo só, o seu público certamente pensa a mesma coisa. Portanto, ao escrever um conteúdo, faça uso da escaneabilidade.

A escaneabilidade é a forma pela qual o seu texto se torna mais agradável para a leitura na web. Por isso, ao escrever um conteúdo assim, dê preferência a parágrafos curtos e heading tags para deixar o artigo bem estruturado em termos de ideias.

6. Mantenha um diálogo com o leitor

Nesses tempos em que as pessoas têm tido cada vez mais interações com pessoas e marcas em canais como redes sociais e e-mail, estabeleça diálogos com seu leitor. E toda vez que alguém deixar um comentário ou enviar uma mensagem, responda o quanto antes.

Hoje em dia, muitas respostas são feitas por bots, por isso, verdadeiramente responder o seu público faz com que ele tenha uma ótima percepção a respeito de você e dos serviços que oferece. E por falar nisso…

7. Ofereça soluções para o seu público

Quando alguém faz uma busca no Google e chega a um conteúdo, é certo de que está procurando soluções para um problema que tem. Por isso, aponte no seu texto quais são as possibilidades de soluções que o seu público pode ter, incluindo os serviços que você oferta.

Pronto! A partir dessas 7 dicas você já sabe como prender a atenção do seu leitor do começo ao fim do seu texto. Deseja seguir o aprendizado sobre a produção de conteúdos interessantes para seu público? Então, confira este artigo em que trazemos 39 dicas de como escrever bem!

Conteúdo produzido pela Comunidade Rock Content.

Renata Celi

Cursando relações internacionais, ama viajar e tomar sol. A Renata faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e faz trabalho voluntário com crianças nas horas vagas. A Rê adora comida, conhecer gente nova, mas, principalmente, ver filmes repetidos. Conheça mais os textos da Renata!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!