Ainda é novidade para muitas pessoas que o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) seja aceito como forma de ingresso para fazer um curso superior em outro país. A Universidade de Coimbra é um dos exemplos de instituições de ensino portuguesas que participam desse acordo.

A intenção é estimular o intercâmbio cultural entre países lusófonos e proporcionar essa experiência para os estudantes. Contudo, é bom ficar atento às regras se você realmente quiser conseguir a oportunidade.

Quer saber mais? Continue acompanhando o texto e descubra como se candidatar para ser um universitário em Coimbra!

O que é a Universidade de Coimbra?

Antes de mais nada, vale conhecer um pouco do destino. Coimbra é a principal cidade da sua região em Portugal, localizada ao centro do país e entre outros dois municípios muito importantes — Porto e a capital, Lisboa.

Como a Universidade de Coimbra foi uma das primeiras do continente europeu (sua fundação aconteceu em 1290), ela está entre as mais reconhecidas e tem forte tradição universitária. O complexo da instituição pública é composto por vários polos, museus, estádios para prática esportiva e até um jardim botânico.

Ela é organizada em oito faculdades que oferecem cursos de áreas diversas do conhecimento, como: Arquitetura, Engenharias, Direito, Medicina, Psicologia, Ciências Sociais e outros. Ao todo, são mais de 200 cursos de modalidades e graus distintos, além de mais de 20 mil alunos.

Para completar as suas características de destaque, a Universidade foi reconhecida em 2013 como um Patrimônio Mundial pela UNESCO. Ou seja, não há dúvidas do seu prestígio internacional e de que esse é um nome de peso para ter no currículo.

Como entrar na Universidade de Coimbra pelo Enem?

Se conhecer um pouco mais da universidade despertou o seu interesse, resta saber como se candidatar para ser um estudante de Coimbra, certo? A boa notícia é que a nota do Enem pode ser utilizada como parte do processo seletivo. Confira todos os detalhes abaixo para saber como proceder.

Candidatura

Qualquer estudante brasileiro que tenha feito o Enem no ano da sua inscrição para a faculdade ou até 3 anos anteriores é um possível candidato a ingressar na Universidade de Coimbra.

Para tanto, outra exigência é ter o certificado de conclusão do Ensino Médio, o que exclui os jovens que ainda não concluíram essa etapa e optaram por fazer o exame somente como treino.

Então, a candidatura deve ser realizada no próprio site da instituição, já que a seleção é feita de forma online.

A condição para isso é que o aluno tenha conquistado a média mínima de 600 pontos no Enem para os cursos de graduação e de 700 pontos para os mestrados. Esse é o valor equivalente ao sistema português utilizado para selecionar os candidatos.

Pré-requisitos

Além de cumprir as exigência acima, existem outros requisitos que precisam ser observados. De acordo com a instituição, o perfil de candidato nessa modalidade deve atender aos seguintes critérios:

  • não ter nacionalidade portuguesa;
  • não ter nacionalidade de outro Estado-membro da União Europeia ou, tendo, não ser residente desse país;
  • não ser familiar de portugueses ou de nacionais de um Estado-Membro da União Europeia, nos termos da alínea e) do artigo 2.º da Lei n.º 37/2006, de 9 de agosto;
  • não residir legalmente em Portugal há mais de dois anos, de forma ininterrupta, em 1 de janeiro do ano de ingresso, nem ser filho de pais que se encontrem nessa situação;
  • não ser beneficiário (em 1 de janeiro do ano de ingresso) de estatuto de igualdade de direitos e deveres atribuído ao abrigo de tratado internacional outorgado entre o Estado Português e o Estado de que é nacional;
  • não ter requerido ingresso através dos regimes especiais de acesso e ingresso regulados pelo Decreto-Lei n.º 393-A/99, de 2 de outubro, alterado pelo Decreto-Lei n.º 272/2009, de 1 de outubro;
  • não estar frequentando a Universidade de Coimbra no âmbito de programas de mobilidade internacional ao abrigo de acordos de intercâmbio com esse objetivo.

Há ainda a parte dos pré-requisitos determinados pelos cursos, o que vai depender da área de estudo escolhido por cada um. Por exemplo, o curso de Educação Física requer a realização de uma prova para comprovação de aptidões funcionais e físicas.

Custos

As despesas iniciais são baixas, já que a taxa de candidatura é de apenas 50 euros e a taxa de inscrição no curso é de 20 euros. A questão é avaliar todos os custos envolvidos na decisão de estudar fora do país.

O valor anual de um curso superior na Universidade de Coimbra é de 7 mil euros, que pode ser dividido em 10 parcelas. Contudo, é preciso considerar também os gastos cotidianos com moradia, alimentação, transporte e outros.

O custo de vida em Portugal não é dos mais caros da Europa, mas essa pesquisa prévia é essencial para evitar surpresas e problemas financeiros.

Documentos necessários

É natural que a instituição peça alguns documentos para efetivar a candidatura. Nesse caso, é preciso ter em mãos:

  • cópia do documento de identidade;
  • comprovante da conclusão do Ensino Médio;
  • comprovante das notas obtidas no Enem;
  • declaração de que o candidato não tem nacionalidade portuguesa ou qualquer uma das condições que impeçam a sua candidatura.

Cumprindo todas as exigências, o estudante deve acompanhar pelo site todo o processo até receber uma resposta. Se tudo der certo, a próxima etapa é fazer a matrícula, providenciar o resto dos documentos (como um passaporte válido) e começar a arrumar as malas.

Coimbra universidade

Universidade de Coimbra e Enem: cursos

Outra informação relevante para qualquer pessoa interessada em estudar em Coimbra é saber quais são os cursos disponíveis e que aceitam a nota do Enem.

Em geral, as graduações no modelo de licenciatura duram aproximadamente 3 anos, exceto Direito — que tem o prazo de 4 anos para conclusão. Veja quais são as opções:

  • Arqueologia;
  • Administração Público-Privada;
  • Ciências Bioanalíticas;
  • Ciência da Informação;
  • Direito;
  • Farmácia Biomédica;
  • Estudos Artísticos;
  • Antropologia;
  • Economia;
  • Estudos Clássicos;
  • Biologia;
  • Gestão;
  • Estudos Europeus;
  • Bioquímica;
  • Relações Internacionais;
  • Filosofia;
  • Design e Multimídia;
  • Sociologia;
  • Geografia;
  • Engenharia e Gestão Industrial;
  • Ciências da Educação;
  • História;
  • Engenharia Informática;
  • Serviço Social;
  • História da Arte;
  • Física;
  • Ciências do Desporto;
  • Jornalismo e Comunicação;
  • Geologia;
  • Química Medicinal;
  • Línguas Modernas;
  • Matemática;
  • Química;
  • Português;
  • Turismo, Território e Patrimônio.

E aí, será que algum ou alguns desses cursos chamam a sua atenção? Já pensou em aproveitar essa chance de estudar em uma das instituições mais renomadas do mundo?

Agora que você já sabe como se candidatar à Universidade de Coimbra pelo Enem, comece a avaliar a oportunidade e fazer o possível para ficar cada vez mais perto de realizar esse sonho!

Sabe por onde você pode iniciar a sua preparação? Estudando muito para obter uma boa nota no Enem. Acesse o nosso plano de estudos e não perca mais tempo!

Renata Celi

Cursando relações internacionais, ama viajar e tomar sol. A Renata faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e faz trabalho voluntário com crianças nas horas vagas. A Rê adora comida, conhecer gente nova, mas, principalmente, ver filmes repetidos. Conheça mais os textos da Renata!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!