O raciocínio lógico é uma característica cada vez mais requisitada no mercado de trabalho, o que se reflete na forma como os processos seletivos são elaborados. Para se ter ideia, é um fator que atravessa toda a construção do Enem, avaliação mais importante no cenário nacional.

Sendo assim, disponibilizamos este texto com informações essenciais sobre o raciocínio lógico. Aqui você encontrará:

  • o significado do conceito e suas propriedades;
  • uma explicação sobre os testes de raciocínio lógico aplicados em processos seletivos;
  • descrição dos lugares e processos onde encontrará esse teste;
  • seleção de questões de raciocínio lógico já resolvidas.

Mais do que um teste comum em processos seletivos, o raciocínio lógico é uma ferramenta requisitada a profissionais de absolutamente todas as áreas. Quanto mais complexa for a atividade em questão, mais se esperarão essas capacidades do indivíduo. Seja qual for a ocupação que almeja, desenvolver suas capacidades lógicas será de grande ajuda para alcançá-la. Vamos lá?

O que é raciocínio lógico?

Dizendo sinteticamente, o raciocínio lógico gira em torno da capacidade de resolução de problemas a partir das informações dadas em determinado contexto. Podemos resumir essa capacidade entre três habilidades principais:

  • interpretar problemas;
  • escrever com propriedade;
  • identificar resoluções.

Fica mais fácil de entender o conceito quando pensamos na evolução dos vestibulares e outros processos seletivos. Há não muito tempo, existia uma mentalidade na formulação de provas que demandava do estudante apenas um conhecimento decorado sobre o que deveria ser respondido nas provas: fórmulas, teoremas etc.

Atualmente, a perspectiva adotada está mais situada na capacidade do aluno de interpretação de texto e conectar informações. Mais do que simplesmente reproduzir fielmente um conhecimento técnico, é exigido que o vestibulando consiga compreender o contexto apresentado e pensar soluções a partir dos dados presentes na situação.

Como funciona teste de raciocínio lógico?

Conforme a teoria do raciocínio lógico propagou-se nos meios acadêmicos, suas elaborações se tornaram presentes nos processos seletivos e vestibulares. Nisso, criaram-se testes de raciocínio lógico, centrados unicamente na avaliação dessa capacidade no indivíduo.

Eles variam em formato e no tipo de questões aplicadas, mas algumas características se mantêm entre eles. Vale compreender seu funcionamento, pois isso ajudará a desenvolver suas próprias habilidades lógicas, além de facilitar também quando for responder uma dessas provas. Abordaremos essas características no próximo ponto.

Dicas para teste de raciocínio lógico

Existe um certo padrão na maneira como os testes de raciocínio são construídos, o que ajudará a entendê-los e a responder adequadamente o que é exigido. Trata-se de um conhecimento desejado seja em um processo seletivo de uma grande empresa ou mesmo para interpretar corretamente as questões do Enem. Nesse sentido, podemos destacar as seguintes dicas:

  • conheça e treine as estruturas básicas do raciocínio lógico matemático: dedução, equivalência, interferência, analogia, negação etc.
  • examine a resolução do problema em seus mínimos detalhes; ainda que já o tenha resolvido, isso ajudará a estimular a lógica e raciocínio;
  • desenvolva e dê atenção especial às suas capacidades de foco e concentração.

Quem usa o teste de lógica?

Quando falamos em teste de lógica, é inevitável pensar na influência que o Enem teve na propagação dessa teoria. A maneira inovadora como a prova foi formulada, prezando pelo raciocínio interpretativo em vez da simples reprodução de conhecimento, acabou por moldar a forma como os processos seletivos são feitos em todo o país.

Junto com essa inserção, o próprio mercado passou a se adaptar e a compreender a necessidade da habilidade de raciocínio lógico em seus contratados. Sendo assim, é possível encontrar esse teste em variados campos de processos seletivos. Ele é aplicado principalmente por psicólogos e outros gestores de RH, sempre sendo analisado em contexto com outras ferramentas avaliativas: entrevistas, dinâmicas de grupo etc.

Questões de raciocínio lógico

logica

Agora, vamos dar algumas questões sobre raciocínio lógico já resolvidas. É claro que na hora da prova você provavelmente encontrará exercícios inéditos, mas trabalhar continuamente problemas diversos é uma ótima maneira de aguçar seus sentidos interpretativos. As perguntas sobre esse tema podem vir em diferentes formatos e abordagens, mas essencialmente trabalham os mesmos conteúdos.

Sendo assim, treine sua capacidade lógica e a desenvolva a partir da resolução atenta dos próximos exercícios. Suas respostas estarão apenas no final do texto, portanto vale a pena tentar por si só antes de consultá-las. Vamos?

1. (Stoodi) Quais os próximos dois termos da sequência 7, 10, 9, 12, 11, __, __

a. 14, 13

b. 17, 16

c. 18, 17

d. 22, 21

e. 21, 20

2. (Enem) Uma repartição pública possui um sistema que armazena em seu banco de dados todos os ofícios, memorandos e cartas enviados ao longo dos anos. Para organizar todo esse material e facilitar a localização no sistema, o computador utilizado pela repartição gera um código para cada documento, de forma que os oito primeiros dígitos indicam a data em que o documento foi emitido (DDMMAAAA), os dois dígitos seguintes indicam o tipo de documento (oficio: 01, memorando: 02 e carta: 03) e os três últimos dígitos indicam a ordem do documento. Por exemplo, o código 0703201201003 indica um ofício emitido no dia 7 de março de 2012, cuja ordem é 003. No dia 27 de janeiro de 2001, essa repartição pública emitiu o memorando de ordem 012 e o enviou aos seus funcionários.

O código gerado para esse memorando foi

a. 0122701200102.

b. 0201227012001.

c. 0227012001012.

d. 2701200101202.

e. 2701200102012.

3. (Prefeitura de Cascavel) Considere a seguinte sequência:

(C, F, I, L, ?)

Qual alternativa completa a sequência apresentada?

a. N

b. O

c. P

d. Q

e. R

4. (FGV-RJ 2016) Em um teatro, cada fila tem 50 poltronas. As poltronas de uma fila estão ocupadas de tal modo que a próxima pessoa a se sentar nessa fila ocupará obrigatoriamente um assento ao lado de alguma pessoa.

O número mínimo de pessoas que podem estar sentadas nessa fila é

a. 25.

b. 18.

c. 17.

d. 24.

e. 16.

5. (Enem) Um dos diversos instrumentos que o homem concebeu para medir o tempo foi a ampulheta, também conhecida como relógio de areia. Suponha que uma cozinheira tenha de marcar 11 minutos, que é o tempo exato para assar os biscoitos que ela colocou no forno, dispondo de duas ampulhetas, uma de 8 minutos e outra de 5, ela elaborou 6 etapas, mas fez o esquema, representado a seguir, somente até a 4ª etapa, pois é só depois dessa etapa que ela começa a contar os 11 minutos.

a.

b.

c.

d.

e.

Essencialmente, o raciocínio lógico é uma capacidade a ser adquirida e desenvolvida. Pode ser localizado na disciplina de Matemática, mas não se trata de uma matéria específica dessa prova, e sim um tipo de pensamento que atravessa cada vez mais a elaboração de avaliações em nosso país.

Aprofunde ainda mais suas habilidades de foco e compreensão com a nossa ferramenta de Plano de Estudos! Por fim, queremos que conheça nossa aula aberta sobre raciocínio lógico em argumentos!

Respostas dos exercícios

1.a; 2.e; 3.b; 4.c; 5.c

Giovanna Pessoa

Estudante de Administração de Empresas, a Gi faz parte do time de Marketing e Conteúdo do Stoodi e adora escrever! Ela ama estar em contato com a natureza, ler sobre psicologia, mas acima de tudo, é apaixonada por um cãozinho. Conheça mais sobre os textos da Gi, essa grande escritora que procura crescer cada vez mais em marketing!

Mais que um cursinho online: uma rotina de estudos perfeita para você

O caminho para a sua aprovação no ENEM E VESTIBULARES nas suas mãos!