Estudando tanto que não sobra nenhum tempo para acompanhar o que está acontecendo pelo mundo? O Stoodi te ajuda!

Nesse artigo, traremos informações sobre fatos históricos que fazem aniversário em 2019, sua importância e como podem ser cobrados no Enem e outros vestibulares.

Continue a leitura e confira!

Tratado de Versalhes (1919)

O que foi?

O Tratado de Versalhes foi um acordo de paz assinado em 28 de junho de 1919, em Paris, França, há exatamente 100 anos atrás. Neste tratado, ficou estabelecido que a Alemanha cumpriria diversas exigências políticas, econômicas e militares, visando assim dar fim ao confronto entre potências europeias, iniciado em 1914 com a Primeira Guerra mundial.

O que estabeleceu o Tratado de Versalhes?

No Tratado, foi estabelecido que a Alemanha e seus aliados seriam os únicos responsáveis pelo conflito, perdas e prejuízos causados pela guerra. Isso ficou bem explícito no artigo 231 do tratado, que ficou conhecido como a “Cláusula de Culpa da Guerra”:

“A Alemanha e os seus Aliados são responsáveis, uma vez que os causaram, por todas as perdas e danos sofridos pelos governos aliados e pelos seus associados, bem como pelos cidadãos destes países, em consequência da guerra.”

Entre as principais exigências impostas, estavam a perda de diversos territórios, redução de seu exército e armamento, pagamento de uma alta indenização aos países vencedores (269 bilhões de marcos francos), entre outras.

Com essas severas sanções impostas à Alemanha, que já havia sofrido bastante financeiramente por conta do embate, houve um agravamento de sua situação econômica, causando uma grave crise interna. As décadas de 1920 e 1930 foram marcadas por forte inflação, desemprego e desvalorização da moeda local, criando um ambiente propício para o crescimento do sentimento de revanchismo, abrindo o caminho para os ideais nazistas.

Teoria da Relatividade de Albert Einstein (1919)

einstein fatos históricos

A Teoria da Relatividade, é um conjunto de estudos publicados pelo físico alemão Albert Einstein. Einstein afirmava que o tempo não é igual para todos, podendo variar por influência da gravidade, velocidade, e o espaço.

Basicamente, a Teoria da Relatividade é formada pela junção de duas teorias de Einstein: A Teoria da Relatividade Restrita ou Especial (1905) e a Teoria da Relatividade Geral (1915).

Teoria da Relatividade Geral

Em 1915, Albert Einstein revolucionou a ciência ao publicar sua Teoria da Relatividade Geral. Mas foi apenas em 1919 (exatos 100 anos atrás), que ela foi confirmada pela primeira vez, através de um experimento feito durante um eclipse total do Sol na Ilha de Príncipe, na África Ocidental, e em Sobral, no Ceará.

Foi a partir da teoria da relatividade que surgiu a ideia de a velocidade da luz ser uma constante invariável, sendo considerado dentro da física moderna como um caso particular do princípio da relatividade, no qual os efeitos da gravidade são ignorados.

55 anos da Ditadura Militar Brasileira (1964)

soldado fatos históricos

O que é uma ditadura militar?

Ditadura é qualquer regime de governo que concentra todos seus poderes em um indivíduo ou um grupo. Portanto, uma ditadura militar, é uma forma de governo que concentra seus poderes políticos nas mãos de militares.

Ditadura militar no Brasil

No dia 31 de março de 1964, acontecia o Golpe Militar no Brasil. Neste ano, os militares estavam nas ruas com suas forças armadas adotando um novo regime político para o nosso país.

O Golpe Militar durou 21 anos, com a participação de 5 generais: Castelo Branco, Costa e Silva, Emílio Médici, Ernesto Geisel e João Batista Figueiredo. O mundo passava pelo contexto da Guerra Fria e dividia os capitalistas contra os socialistas.

Durante o período de 1964 até 1985, o Brasil viveu num regime caracterizado pelo autoritarismo, repressão, censura, violência, tortura e assassinatos.

Como esse assunto mais cai no Enem?

Nosso professor Dimas revelou várias dicas sobre os fatos mais cobrados no Enem e vestibulares sobre a ditadura militar. Para quem vai participar dos processos seletivos nesse ano, vale muito a pena fazer uma revisão no conteúdo e relembrar essa parte tão marcante da nossa história.

“Uma coisa que cai muito nos vestibulares são os Atos Institucionais”, conta. Segundo Dimas, ao longa da ditadura foram implementados 16 atos, porém, sempre caem os mesmos: AI-1, AI-2 e AI-5.

“Principalmente o AI-5 que é o que fecha o regime de vez. Ele é o mais autoritário. A partir desse ato que você se dá conta que é um regime militar mesmo” completa o professor.

Outro ponto que merece destaque são os motivos pelos quais a ditadura, apesar de violenta, aumentava seu índice de popularidade: o Milagre Econômico Brasileiro e o uso de propagandas nacionalistas.  

É importante prestar atenção nos grupos e oposição e movimentos contrários à ditadura. “O Enem cobra muito o processo de redemocratização, como as Diretas Já e a Lei da Anistia”, explica Dimas.

Para saber mais sobre esse assunto, acesse agora nosso artigo sobre Regime Militar e tudo sobre a ditadura no Brasil.

Rebelião de Stonewall (1969)

O que foi a Rebelião de Stonewall?

Até o ano de 1962, manter relações entre pessoas do mesmo sexo era considerado crime nos Estados Unidos. Somente a partir daquele ano, que um de seus Estados, Illinois, alterou seu Código Penal, para que a homossexualidade deixasse de ser crime. Porém, apenas 10 anos depois, outros Estados passaram a fazer o mesmo, com Nova York adotando as novas leis apenas nos anos 80.

Em 28 de junho de 1969, uma das mais importantes rebeliões civis da história se inicia no Stonewall Inn, em Greenwich Village, nos Estados Unidos. Gays, lésbicas, travestis e drag queens enfrentam a força policial em um episódio que serviu de base para o Movimento LGBT em todo o mundo.

Conhecido como a Rebelião de Stonewall (ou Stonewall Riot, em inglês), o episódio durou seis dias seguidos como uma resposta contra a ação arbitrária e preconceituosa do efetivo policial, que tinha como rotina a promoção de batidas e revistas de cunho humilhante nos bares e boates gays da cidade de Nova York.

Uma das principais consequências da rebelião foi a criação de dois importantes grupos para a história do Movimento LGBT: o Gay Liberation Front (GLF) e o Gay Activists Alliance (GAA).

Festival de Woodstock (1969)

woodstock fatos históricos

Há 50 anos, acontecia um dos mais lendários festivais de rock de todos os tempos. O Woodstock, que até hoje é considerado um marco da era da contracultura dos anos 60, aconteceu nas imediações da cidade de Bethel, nos Estados Unidos, em agosto de 1969. Estima-se que entre 400 e 500 mil pessoas participaram do evento na pequena cidade do Estado de Nova York, que não deu conta de suprir a gigante demanda por comida e água, e teve que buscar suporte das cidades vizinhas. O festival foi idealizado por 4 empresários, liderados pelo promotor de eventos, Michael Lang.

Inicialmente, o Woodstock seria apenas para um público de 200 mil pessoas. Inclusive, 186 mil ingressos foram vendidos antecipadamente. Lang acreditava que o público não passaria muito desses números, que já era muito maiores do que o esperado. Porém, estima-se que 500 mil pessoas compareceram à área do festival, pulando as grades do evento e transformando-o praticamente em um festival gratuito. Para se ter noção do tamanho dessa multidão, o local do festival, por alguns dias, tinha mais pessoas que a terceira cidade mais populosa do Estado de Nova York.

Para completar a festa, um line-up estrelado foi formado, com nomes como Janis Joplin, Jimi Hendrix, The Who e Joe Cocker. Outras bandas como The Doors, Bob Dylan, Led Zeppelin e John Lennon foram convidados, mas não participaram do festival.

O público viveu três dias de muita agitação cultural, quando pôde colocar em prática os ideais de comportamento e de vida. O uso de drogas, como a maconha, o LSD e a mescalina aconteciam naturalmente. A liberdade para brincar, dançar e fazer sexo esteve presente. A ideia era viver uma vida de “paz e amor”, como pregavam os hippies. E assim nasceu um dos lemas mais marcantes dessa geração: “Sexo, drogas e rock n’ roll!”.

Chegada do homem à lua (1969)

homem na lua - fatos históricos

O dia 20 de julho de 1969, ficou marcado como um dos mais importantes da história da humanidade. Foi nesse dia, que o homem fez a sua primeira viagem à Lua. Nessa data, o comandante Neil Armstrong saiu de sua cápsula lunar e andou lentamente na superfície do corpo celeste – completando a missão Apollo 11.  

Neil ficou muito famoso por sua frase “é um pequeno passo para o homem, um salto gigantesco para a humanidade”. Durante esse período, é importante lembrar que o mundo passava por forte instabilidade por conta do cenário de Guerra Fria.

A Guerra Fria e a Corrida Espacial

A Guerra Fria foi um conflito ideológico que começou em 1945 – com o término da Segunda Guerra Mundial – e terminou em 1991 – com o colapso da antiga URSS.

Esse conflito também é considerado político (por se tratar de uma disputa de poder) e militar (pela disputa de quem tem a bomba atômica mais poderosa). Aconteceu entre os Estados Unidos que defendiam o sistema econômico capitalista e a URSS que defendia o socialismo.

Esses dois países competiam de diversas formas, sendo que uma delas foi ver quem chegava ao Espaço primeiro. Eles participaram da Corrida Espacial não apenas por conta do desenvolvimento tecnológico, mas também por uma questão de propaganda.

Conquistar o Espaço e ter tecnologia de ponta significava mostrar ao mundo o quanto aquele determinado país era moderno – e naquele momento isso era muito importante.

Nascimento da Internet (1969)

A internet, nasceu em 1969 com o nome de Arpanet, e pertencia ao Departamento de Defesa norte-americano. O contexto da época era a Guerra Fria, e a internet seria uma importante ferramenta de comunicação, usada por militares e cientistas. Foi também naquele ano, que um professor da Universidade da Califórnia conseguiu mandar o primeiro email da história, para seu amigo em Stanford.

Foi apenas em 1982, que a Arpanet passou a se chamar Internet, quando seu uso passou a ser maior no âmbito acadêmico. Inicialmente, o uso ainda se restringia aos EUA, mas aos poucos foi liberado para alguns países da Europa.

O uso comercial nos EUA, foi liberado no ano de 1987, mas foi em 1992 que começaram a surgir empresas provedoras de acesso à internet. Foi também nesse ano, que a World Wide Web (www) foi inventada pelo Laboratório Europeu de Física de Partículas, abrindo uma nova era de alcance de informações para as pessoas.

No Brasil, algumas Universidades já estavam conectadas à rede desde de 1989, porém a exploração comercial só foi realmente liberada em 1995.

Queda do Muro de Berlim (1989)

O que foi o Muro de Berlim?

O Muro de Berlim era uma barreira de cimento que dividia Berlim ao meio. O muro foi construído pela República Democrática Alemã, ou seja, a parte da Alemanha que era socialista e aliada a União Soviética durante a Guerra Fria. O muro basicamente cercava toda a Berlim Ocidental, que fazia parte do bloco da República Federal da Alemanha, aliada aos Estados Unidos.

Mais que uma barreira física, o Muro de Berlim representava uma barreira ideológica, opondo ideais capitalistas e socialistas. Representava também a restrição da liberdade, disfarçada pelo discurso da Alemanha Oriental de proteger seu povo de ataques do bloco capitalista.

A construção do muro de Berlim começou na madrugada de 13 de agosto de 1961, e a barreira era patrulhada pelos militares da Alemanha Oriental com cães de guarda e uma ordem de atirar para matar em quem tentasse fugir. O cerco acabou separando milhares de famílias que, de repente, não podiam mais ir a outras partes da cidade.

A queda do Muro de Berlim

O sentimento anti separatista vinha crescendo em toda a Europa, e os países socialistas enfrentavam fortes bloqueios econômicos, causando instabilidade política.

No fim da década de 80, a pressão aumentava a cada dia. Estadistas declaravam-se a favor do fim do muro. Artistas como David Bowie e Bruce Springsteen apresentaram-se nas proximidades do muro, reunindo milhares de pessoas e pedindo por sua derrubada. 

Finalmente em 1989, depois de várias semanas de manifestações nas duas Berlins, o governo da Alemanha Oriental decidiu abrir os portões do muro, deixando que os cidadãos visitassem o lado ocidental da cidade. A população dos dois lados começou a se juntar nos seis postos de entrada, e logo o muro estava tomado de pessoas pedindo pela sua queda.

Foi em 9 de novembro de 1989 que o Muro de Berlim começou a ser destruído. Civis dos dois lados do muro trabalharam durante semanas para sua destruição. Porém, oficialmente, a demolição do muro só começou em 13 de junho de 1990, e foi o primeiro passo para a reunificação da Alemanha, que só foi concluída em 3 de outubro de 1991.

25 anos do Plano Real (1994)

O Plano Real, foi um programa brasileiro com diversas medidas, que visavam diminuir a inflação do país que durava longos anos. O plano pode ser dividido em 3 etapas: O Programa de Ação Imediata (PAI), a Criação da Unidade Real de Valor e a implementação do Real, a nova moeda. 

Através de diferentes medidas, finalmente em 1 de julho de 1994 com o lançamento oficial do real, uma nova moeda, o Brasil voltava a ter uma economia mais sólida, e como resultado de todas as outras ações implantadas, o país via a hiperinflação ser estabilizada.

Quem criou o Plano Real?

Mas afinal, quem foi o criador do Plano Real? Apesar de muitos atribuírem a idealização do Plano Real à Fernando Henrique Cardoso, então Ministro das Relações Exteriores, e depois nomeado ao cargo de Ministro da Fazenda em 1993, ou à Itamar Franco, o então presidente da época, um programa tão complexo certamente não seria idealizado apenas por uma única pessoa. Uma forte equipe de economistas, acadêmicos e políticos deram suporte à sua criação, com destaque para Edmar Bacha, Persio Arida, André Resende, Gustavo Franco e Pedro Malan

Independente disso, é indiscutível a importância de Itamar Franco presidente que realmente implantou o plano em seu mandato, e FHC, um dos grandes arquitetos por trás do programa, o que alavancou sua eleição à Presidência da República em 1994.

Surto de A H1N1 no mundo (2009)

O surto de H1N1, completa 10 anos em 2019. Em abril de 2009 a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou pandemia da doença que ficou conhecida como gripe suína. Seus primeiros casos foram detectados no México, em março daquele ano, e era causada pelo vírus influenza A H1N1.

A gripe H1N1 chegou no Brasil em maio de 2019, com 20 casos da doença nos estados de Tocantins, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Para conter o surto, diversas estratégias foram utilizadas, entre elas a implantação de uma barreira sanitária em aeroportos brasileiros, grande monitoramento da situação por parte dos Estados, e principalmente da campanha para a vacinação contra o vírus.

Novo Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa (2009)

Em 1º de janeiro de 2009, o novo Acordo Ortográfico entrava em vigência no Brasil. A finalidade era padronizar a grafia das palavras do Português entre os nove países que o adotam como língua oficial.

Algumas das principais mudanças foram:

      1. Nosso alfabeto passa a ter 26 letras com o K, W e Y.

Ex: unidades de medidas: kg e km.

      2. Com o acordo foi abolido oficialmente o uso do trema.

Ex: linguiça, bilíngue, sequência, frequente.

     3. Vogais dobradas não possuem mais acento

Ex: enjoo, voo, veem, zoo, magoo.

    4. Não se acentua palavras paroxítonas (as que a sílaba mais forte é a penúltima) com ditongos abertos: ei, oi.

Ex: assembleia, ideia, heroico.

   5. Não é usado mais o acento diferencial (aquele feito para identificar verbos, substantivos e preposições).  

Ex: pára (verbo parar), para (preposição), pêlo (substantivo, pêlo de gato), pelo (preposição).

Para mais dicas sobre o novo Acordo Ortográfico, acesse nosso artigo com 12 dicas para não esquecer as novas mudanças!

Como aprender atualidades para o Enem

Com a ajuda da internet, ficou muito mais fácil se manter informado com os acontecimentos do mundo. Porém, são tantas informações que circulam na rede que é necessário fazer um filtro sobre o que você quer ler. 

Busque sempre meios de comunicações confiáveis como páginas de jornais, ou portais de notícias famosos. Caso receba uma notícia por rede sociais, certifique-se que a fonte é confiável, afinal, as fake news se espalham com cada vez mais velocidade!

Agora que você já relembrou diversos fatos históricos, você pode estudar mais a fundo alguns deles! Aproveite para conhecer o nosso plano de estudos e monte uma organização eficiente para mandar bem nas provas!

0 Shares:
Você pode gostar também
ATUALIDADES | Recorde as principais notícias do mês Agosto
Leia mais

ATUALIDADES | Recorde as principais notícias do mês Agosto

O Stoodi ajuda você a lembrar quais foram as noticias da atualidade mais importantes do mês, olha só: 1. Inicio do Horário eleitoral gratuito no rádio e na TV A propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão dos candidatos que irão concorrer às eleições gerais de 2014 começaram. Propaganda...