Ovogênese: o que é, como ocorre e fases!

Este ano, você finalmente terá que encarar o Enem e os vestibulares e, portanto, sabe muito bem que conhecimentos gerais envolvem as mais diversas pautas e assuntos. Para ajudar nos estudos, preparamos este artigo para que você entenda o que é ovogênese, como acontece e quais fases a compõem. Confira agora!

O que é ovogênese?

Ovogênese ou ovulogênese, como também é conhecido, é o processo biológico responsável pela formação das células reprodutoras femininas (gametas). A ovogênese é iniciada no organismo da mulher antes mesmo de seu nascimento, durante o desenvolvimento embrionário.

Como ocorre a ovogênese?

Ela é iniciada na vida intrauterina da mulher e continua se formando ciclicamente a partir da puberdade. Durante toda a fase de ovogênese, o organismo feminino passa por uma série de processos pelos quais são formadas ovogônias, que, ao fim do ciclo, transformam-se em óvulos. A ovogênese termina na menopausa.

Fases da ovogênese

Por fim, conheça as três fases da ovogênese.

Multiplicação

É o processo de migração das células germinativas primordiais — geradas no endoderma do saco vitelínico — para o ovário em desenvolvimento. É nessa fase que elas se diferenciam, transformando-se em ovogônias.

Crescimento

O ovócito primário inicia a fase de crescimento e suas células foliculares transformam-se e proliferam-se para seja formado um epitélio estratificado de células da granulosa.

Essas células apoiam-se sobre a teca folicular, uma membrana basal que mantém uma camada de glicoproteínas sobre a superfície do ovócito. À medida que o folículo cresce, uma camada interna de células secretoras é organizada graças às células da teca folicular, conhecida como teca interna.

Tenha acesso GRATUITO a mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!

Maturação

A partir do momento em que ocorre o amadurecimento do folículo, o ovócito continua o processo de meiose, que o leva a formar duas células de tamanhos desiguais, conhecidas como células filhas. Cada uma é composta por uma estrutura dupla de 23 cromossomos.

Uma é o primeiro corpo polar que recebe pouco citoplasma, enquanto a outra (ovócito secundário) recebe uma quantidade significativa de citoplasma. É aí que o ovócito inicia a segunda divisão meiótica.

Devido ao aumento do estrógeno produzido pelos folículos, há uma redução de produção do hormônio folículo estimulante conhecido como FSH. Com o drástico aumento no teor de LH, o hormônio luteinizante, ocorre a ovulação.

Quer se preparar mais para as provas do Enem e os vestibulares deste ano? Então aproveite para conferir também sobre nossas videoaulas de sistema reprodutor!

Você pode gostar também