Reciclagem: o que é?

O aumento da industrialização proporcionou muitos benefícios para o ser humano. Porém, por outro lado, o planeta Terra vem sofrendo por conta do aumento da quantidade de lixo produzido e da exploração dos recursos naturais. Uma forma de combater tudo isso e auxiliar nosso planeta é a reciclagem.

Dessa forma, conseguiremos diminuir os impactos ambientais, como a quantidade de lixo descartado nos aterros sanitários e reduzir a exploração de recursos naturais, fazendo com que vivamos de forma ecológica e sustentável. Tudo isso, sem deixar de sermos beneficiados pela industrialização. Confira a seguir, tudo sobre reciclagem e saiba como você pode fazer a sua parte.

O que é reciclagem?

A reciclagem é o processo de transformação de um material em um novo produto, por exemplo, transformação de garrafas PET usadas em novas garrafas. Porém, também é possível reciclar um material e transformá-lo em outro, completamente diferente, como a reciclagem de papel em folhas A4 recicladas.

É importante não confundir os termos reciclagem e reutilização. Quando falamos em reutilizar um objeto, ele não vai passar por uma transformação completa. Por exemplo, ao utilizarmos garrafas de vidro de refrigerante na decoração de mesas ou embalagens de plástico como vasos para plantas, estamos apenas reutilizando e não transformando os materiais.

Símbolo da reciclagem

O símbolo da reciclagem é reconhecido internacionalmente e indica que um material é reciclável. Ele é composto por três setas, desenhadas no sentido horário, que formam um triângulo.

Esse símbolo foi desenhado em 1971 por Gary Anderson, um arquiteto e designer que, à época, estudava na Universidade do Sul da Califórnia. Cada seta representa uma parte do ciclo da reciclagem. A primeira representa a indústria que fabrica um produto, a segunda refere-se ao consumidor que utiliza o produto e a terceira representa a reciclagem.

Como os materiais precisam ser reciclados de forma separada, plástico com plástico, metal com metal, e assim por diante, para cada um o símbolo da reciclagem tem uma cor. Por exemplo, estas são as cores da reciclagem reconhecidas internacionalmente:

  • azul: papel;
  • vermelho: plástico;
  • verde: vidro;
  • amarelo: metal;
  • preto: madeira;
  • marrom: resíduos orgânicos;
  • laranja: resíduos perigosos;
  • branco: resíduos ambulatoriais e serviços de saúde;
  • roxo: resíduos radioativos;
  • cinza: resíduos gerais não recicláveis.

No Brasil e em alguns outros países pelo mundo, para facilitar a reciclagem do lixo, é a lixeira que recebe a cor, e o símbolo de reciclagem é preto ou branco.

papel reciclagem

Tipos de reciclagem

Como já citado, não podemos reciclar plástico, metal e papel juntos. É preciso separá-los para então reciclá-los. Sendo assim, confira um pouco sobre cada tipo de reciclagem:

Papel

O papel reciclado é praticamente igual ao feito com a matéria-prima extraída da madeira. Porém, sua cor pode variar um pouco dependendo do papel que foi utilizado no processo de reciclagem. Entre os papéis recicláveis estão:

  • sulfite;
  • papelão;
  • papel de presente;
  • folhas de caderno;
  • embalagens de produtos.

Vidro

O vidro reciclado também é praticamente igual ao vidro comum. Aliás, ele pode ser reciclado diversas vezes sem perder sua qualidade e característica. Para fazer o processo de reciclagem do vidro, é preciso separá-lo por cor (transparente, verde, âmbar) e tipos (ondulado, liso, de copos, de janelas). Dessa forma, garante-se a qualidade e a característica do material.

Metal

O metal é como o vidro: pode ser reciclado muitas vezes sem perder suas características e qualidade. Para reciclá-lo, também é preciso separar por tipo e característica. Assim, alumínio, ferro, aço e cobre passam por processos diferentes de reciclagem.

Além desses, há a reciclagem de plástico, baterias, pilhas, entulhos, pneus, óleo de cozinha, entre outros. Cada um também passa por um tipo de processo para ser reciclado.

Reciclagem no Brasil

A reciclagem no Brasil existe há pouco mais de 100 anos, sendo que as primeiras indústrias a fazerem esse processo foram as de celulose. Com o avanço do tempo, esse conceito foi se expandindo e hoje várias cidades brasileiras já contam com pontos de reciclagem.

Porém, esse assunto ainda é pouco explorado no Brasil, já que a reciclagem não está em todas as cidades, como acontece com alguns países. O que se espera é que, com o tempo, isso possa ser implementado e, assim, possamos ser mais sustentáveis, respeitando o meio ambiente.

Reciclagem e coleta seletiva

Para quem quer contribuir com a reciclagem, há coleta seletiva em várias cidades brasileiras. Para isso, cada indivíduo deve separar o lixo de acordo com os materiais que o compõem para, então, lavar e enxugar as embalagens que estão sujas, como a reciclagem com garrafa PET, embalagens de bolo, potes de conserva, entre outros.

Após isso, é só ensacar e levar ao ponto de coleta — caso a prefeitura da sua cidade ainda não tenha disponibilizado o serviço de coleta seletiva domiciliar. A seguir, você vai conferir os principais pontos de coleta disponíveis no Brasil:

  • Pontos de Troca: são pontos em que as pessoas levam seus resíduos recicláveis e os trocam por um produto, como ganhar sabão ao levar óleo usado.
  • Pontos de Entrega Voluntária (PEV): em algumas cidades, há contêineres ou latas enormes em que podem ser depositados os materiais recicláveis.
  • Porta a Porta: em determinados dias da semana, os moradores de um bairro deixam seus resíduos na frente de casa para que um caminhão passe, recolha e leve para um galpão de reciclagem.
  • Programa Interno de Coleta Seletiva (PIC): algumas instituições públicas e privadas mantêm uma parceria com a associação de catadores de lixo para que os resíduos recicláveis sejam recolhidos.

Vantagens da reciclagem

A reciclagem proporciona diversas vantagens, seja para empresas, meio ambiente, consumidores e sociedade. Isso porque, o processo de reciclagem auxilia no desenvolvimento sustentável, preservando o meio ambiente, no sentido de que menos recursos naturais serão extraídos para fabricar plástico, papel e metal, por exemplo. Os materiais prontos vão ser reciclados e, assim, novos produtos serão produzidos a partir deles.

Além disso, há a diminuição da poluição da água, solo e do ar, visto que o processo de produção vai usar mais material reciclado e menos os recursos naturais. Isso implica um menor impacto ambiental.

Aliás, muito se discute, hoje, sobre a questão do plástico, pois muitas garrafas PET, tampinhas, canudos, entre outros objetos compostos por plástico estão indo parar em rios, lagos e mares. Uma alternativa que se está sendo utilizada para combater essa poluição é substituir o plástico por polímeros biodegradáveis, como os feitos de milho, batata e cana de açúcar, pois eles se degradam com a ação de micro-organismo naturais. Assim, não poluem o meio ambiente.

As empresas acabam economizando mais com a reciclagem, já que não precisam comprar as matérias-primas. Por sua vez, a população também sente menos no bolso na hora de comprar um produto reciclado.

Além de tudo isso, a reciclagem atua na geração de emprego, pois é preciso que se tenha fábricas e pessoas que trabalhem nesse processo de transformação do lixo em novos produtos. Por fim, temos a formação da consciência ecológica, em que cada vez mais as pessoas vão pensar na separação correta do lixo, para que ele possa ser reciclado e, assim, causar menos impacto ao meio ambiente.

Trabalhos com reciclagem

Já que citamos a questão do trabalho, é importante lembrar que muitas pessoas, hoje em dia, já fizeram um curso de reciclagem e sobrevivem por conta dela. Há fábricas que realizam esse processo e catadores que fazem o trabalho de recolhimento dos materiais recicláveis das ruas e casas de pessoas.

Dessa forma, tanto as pessoas que trabalham fora e dentro da fábrica como os donos das mesmas sustentam suas famílias com o dinheiro provindo da reciclagem. Há, ainda, aquelas que fazem artesanato com reciclagem, por exemplo, para ganhar a vida.

Porém, é preciso incentivar mais as pessoas a separar seu lixo e é necessário que haja um serviço de coleta desses materiais recicláveis. Assim, mais pessoas vão ser empregadas e o meio ambiente só tem a agradecer.

Como se pode ver, a reciclagem é um tema muito importante e atual. Por conta disso, é comum que, em provas como o Enem, apareça alguma pergunta relativa a ele. Por isso, é importante estudar sobre o assunto. Aliás, convidamos você a montar seu próprio plano de estudos com a gente. Clique e confira!

Você pode gostar também