Portal Career Cast lista as carreiras mais estressantes para 2016

 

Uma escolha vocacional nunca é fácil. O aluno deve se atentar as suas facilidades, preferências e áreas de interesse.

Com uma infinidade de opções, mesmo avaliando tudo com muita atenção, esse estudante ainda corre o risco de escolher a profissão errada.

O que acontece é que o mercado de trabalho é cheio de particularidades que, por enquanto, estão um pouco distantes do universo do aluno. Desta forma, ele acaba com a sensação de não-pensei-que-seria-assim e se surpreende com o dia a dia da carreira escolhida.

Para evitar surpresas, o site americano Career Cast disponibiliza uma lista com as 10 profissões mais estressantes de 2016. Cada profissão é analisada por uma equipe de profissionais que levam em consideração fatores como trabalhar com prazos, sob pressão, o risco de imprevistos, viagens, exigências físicas e o potencial de crescimento de cada carreira. Com isso, é produzido um índice de estresse.

 

Confira as profissões que entraram na lista das carreiras mais estressantes de 2016:

1. Militar

Foto: Wilbert Suave/ Prefeitura de Vitória
Foto: Wilbert Suave/ Prefeitura de Vitória

Lutar por um país e representar uma nação não parece uma atividade nada fácil. É por isso que, de acordo com o ranking, os militares dominam o primeiro lugar da pesquisa com o índice de estresse no total de 84,78 pontos.

 

2. Bombeiro

Foto: Corpo de Bombeiros da PMESP
Foto: Corpo de Bombeiros da PMESP

Os bombeiros ficam na segunda posição e somam 60,59 no índice de estresse. Além da força física, o psicológico desses profissionais deve ser trabalhado com muita dedicação para prestarem socorros no caso de acidentes.
 

3. Piloto de avião

Foto: © Solar Impulse | Revillard | Rezo.ch

Engana-se quem pensa que é fácil ser piloto de avião – a responsabilidade também é muito grande. Por isso que seu índice de estresse não fica tão diferente a de um bombeiro, por exemplo. Total de pontos: 60,46.
 

4. Policial

FOTO: SIDNEY OLIVEIRA / AG. PARÁ
Foto: Sidney Oliveira/ Ag. Pará

Não é surpresa para ninguém que os policiais estejam nessa lista, já que a violência está cada vez mais nítida em todos os lugares. Seu índice de estresse é de 53,82 pontos.
 

5. Coordenador de eventos

Evento
Foto: Pixabay

Quem já organizou uma festa sabe como é difícil dar tudo certo. Geralmente, gasta-se mais do que o esperado, ou mantém o orçamento e sempre falta alguma coisa na hora H.

Agora, imaginem só como deve ser organizar grandes eventos corporativos, onde nada pode sair do roteiro? Pois é. É por isso que esse profissional lida com um índice de estresse de 49,93 pontos durante seu dia a dia.

 

6. Executivo de relações públicas

Foto: reprodução portal InterConectada
Foto: reprodução portal InterConectada

Falar por alguém é algo de extrema responsabilidade. Isso implica na imagem de uma empresa e reputação do negócio. Sendo assim, o executivo de relações públicas deve tomar muito cuidado em cada atitude tomada. Quem pensa em escolher essa carreira deve se preparar para trabalhar com um índice de estresse de 48,46 pontos.

7. Executivo corporativo

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Se falar por uma empresa é difícil, imaginem como é gerir uma instituição por inteiro? Essa é a responsabilidade de um executivo corporativo. Suas decisões refletem diretamente em seus resultados e implicam no índice de estresse de 47,46 pontos.

8. Apresentador de TV/ rádio

Foto: reprodução blogs.ne10.uol.com.br
Foto: reprodução blogs.ne10.uol.com.br

Vários apresentadores de TV e rádio já passaram por muitas saias justas. Isso acontece principalmente quando apresentam programas ao vivo. A profissão tem muito glamour, mas exige jogo de cintura. Quem pensa nessa escolha profissional deve se preparar para um índice de estresse de 47,30 pontos.

9. Repórter de jornal

Foto: reprodução Diário Gaúcho
Foto: reprodução Diário Gaúcho

É muito gostoso trabalhar quando o tempo é seu aliado. Porém, nem todo repórter tem essa sorte. Como cada jornal tem sua periodicidade (diário, semanal, mensal…), esse profissional tem que correr atrás das informações completas em um curto período de tempo. Se você gosta de emoção, esta é uma ótima escolha vocacional. Total de pontos de estresses: 46,76

10. Taxista

Foto: Tânia Regô/ Agência Brasil
Foto: Tânia Regô/ Agência Brasil

Por fim, quem assume a décima posição do ranking são os taxistas, com um índice de estresse no total de 46,33. Eles não têm horário fixo para trabalhar, nunca se sabe quem vai entrar em seu taxi e qual será o destino da corrida.  

 

Com informações do portal Exame

0 Shares:
Você pode gostar também
Leia mais

Direito: gosto pela leitura é necessário

Hoje é dia daqueles que zelam pela harmonia da sociedade e garantem que as empresas, o poder público e os cidadãos respeitem as leis do país. Hoje é dia dos advogados. O estudante que estiver pensando em cursar direito deve ter em mente que esta ciência cuida da aplicação das normas...
Leia mais

Engenharia: uma profissão para quem gosta de números

Descubra qual tipo de engenharia é o ideal para você Para quem gosta de cálculos, seguir a carreira de engenheiro é uma boa opção. Esse profissional é responsável por produzir projetos, estudar problemas, planejar soluções, verificar a viabilidade econômica e técnica para o seu desenvolvimento. O estudante que estiver pensando...