Foi-se o tempo em que só aqueles que possuíam indicações atingiam os cargos mais altos. As profissões na área de tecnologia estão sendo altamente impactadas pelo mercado freelancer e você também pode encontrar seu espaço.

Vamos comentar sobre 5 profissões na área de tecnologia que estão em alta e como se destacar para obter cargos em grandes empresas ou pelo menos adquirir contatos relevantes. Acompanhe.

Profissões na área de tecnologia

Você começou seus estudos em TI, mas ainda não está muito certo de para onde seguir? Confira algumas sugestões abaixo.

Administrador de Banco de Dados

Devido a LGPD, o profissional que administra banco de dados está ainda mais valorizado no mercado. Desde 2020 as empresas estão tendo que passar por reformulações e levar os dados coletados muito mais a sério, investindo na administração e segurança dos mesmos.

Esta profissão é muito conhecida mundo afora também pelo nome de database administrator (DBA), então se seu inglês estiver em dia, também terá grandes oportunidades internacionalmente.

Um administrador de banco de dados lida com a criação, instalação, monitoramento, reparação e análise de estruturas de um banco de dados. Os dados podem ser os mais variados possíveis dependendo da estratégia de marketing aplicada no site que os coleta.

Podem envolver dados de cartão de crédito, informações sobre localização, faixa etária e muito mais.

Você deve garantir a integridade e a organização destes dados, habilitando uma consulta rápida ou a possibilidade de geração de relatórios.

Literalmente qualquer empresa que possua um site pode – e muito provavelmente irá – depender de um DBA. Então, se você se interessa por esta área, oportunidade é o que não falta.

Engenheiro de Softwares

A internet está em constante expansão, bem como o mercado de ti. Os engenheiros de softwares são alguns dos que mais se beneficiam com isto, afinal as empresas precisam de plataformas, programas e aplicativos para atuar e oferecer para seus clientes utilizar, facilitando a experiência de compra e contato.

Há uma pequena diferença entre o engenheiro de software e o desenvolvedor. Na prática o serviço pode ser bem parecido, mas, como engenheiro, o profissional tem o dever de entender e aplicar conceitos de engenharia que vão além da codificação, relevando o ambiente e a experiência do usuário em níveis muito mais altos.

Um engenheiro de softwares lida com a criação de novos programas, apps e plataformas, bem como a manutenção, a atualização e análise das mesmas.

As áreas são as mais diversas possíveis mesmo, então recomendo que já vá refletindo sobre o nicho que mais lhe interessa: segurança, codificação pura ou aplicada, desenvolvimento de jogos, comércio, etc.

Especialize-se em uma área e terá ainda mais chances de crescer.

Analista de Sistemas

Você é bom com correções? Detecta problemas onde ninguém mais os vê e sabe atuar e explorar alternativas para resolvê-los? Se sim, você tem grande potencial para ser um analista de sistemas.

Este profissional da área de tecnologia analisa, documenta, projeta, implementa, testa e gerencia sistemas de empresas e clientes individuais. Ele é o principal responsável por detectar problemas nos programas e desenvolver soluções. Seu principal objetivo é sempre melhorar a produtividade do sistema e atingir a melhor experiência do usuário, quando atrelado ao público.

Infraestrutura de TI e negócios em geral são os espaços mais propensos a necessitar de um analista de sistemas, então procure se estabelecer visando estas áreas.

Programador Web (e Desenvolvedor Web)

Este profissional programa, codifica e testa sistemas, sites e portais voltados para qualquer ambiente da internet. Por muitas vezes você será confundido como um desenvolvedor web, então habilidades de pensamento crítico e UI & UX design são bem importantes, além do domínio de múltiplas linguagens de programação.

Programadores têm uma responsabilidade voltada à execução de tarefas; uma abordagem mais técnica ao projeto. Esta é a principal diferença.

Ele também testa sistemas e busca soluções e desenvolvimento em cima de programas já desenvolvidos, ao passo em que o desenvolvedor costuma trabalhar mais na raiz dos projetos.

Ambas as profissões estão em alta devido a alta demanda de criação de sites que há todos os dias e o desenvolvimento do mercado digital.

Especialize-se na área que preferir e saiba explicar seu serviço para seu cliente.

Como conseguir meu espaço profissional online?

Antigamente, tudo dependia de indicações e contatos. De fato, estas opções ainda são muitíssimo importantes para crescermos em nossas carreiras, mas existem outras opções relevantes também.

O principal “método alternativo” é se tornando um freelancer que chama a atenção.

Desenvolvedores? Analistas? Engenheiros? Muitos, mas poucos são aqueles que investem bem em branding pessoal, em um portfólio de presença e em comunicação interpessoal.

Com as inúmeras plataformas de freelancers com milhares de pedidos de clientes todo mês, as oportunidades de se começar de baixo e rapidamente ascender não faltam.

Invista na sua auto-apresentação e não espere um chamado para um cargo em uma empresa fixa. Se mantenha trabalhando e aprendendo o máximo o possível como aplicar seu conhecimento para solucionar problemas práticos na sociedade.

Quando menos esperar, seu trabalho será reconhecido e você atingirá o emprego dos sonhos como resultado do seu trabalho contínuo.

Banner Stoodi Med
Banner_Redação
Você pode gostar também
Leia mais

Direito: gosto pela leitura é necessário

Hoje é dia daqueles que zelam pela harmonia da sociedade e garantem que as empresas, o poder público e os cidadãos respeitem as leis do país. Hoje é dia dos advogados. O estudante que estiver pensando em cursar direito deve ter em mente que esta ciência cuida da aplicação das normas...
Leia mais

Engenharia: uma profissão para quem gosta de números

Descubra qual tipo de engenharia é o ideal para você Para quem gosta de cálculos, seguir a carreira de engenheiro é uma boa opção. Esse profissional é responsável por produzir projetos, estudar problemas, planejar soluções, verificar a viabilidade econômica e técnica para o seu desenvolvimento. O estudante que estiver pensando...