Está pensando em fazer medicina veterinária? Veja como funciona com o Stoodi!

Pensa em fazer Medicina veterinária? Se você gosta de animais e quer contribuir para uma saúde pública melhor, talvez esse seja o curso indicado para você! Além disso, é possível trabalhar em indústrias para a produção de insumos de origem animal.

Embarcar nessa desafio exige uma boa base de conhecimentos biológicos, além de compreender as principais necessidades e dilemas existentes na área. Assim, a sua contribuição para a sociedade será ainda maior.

Para ajudar você a entender se esse é o curso ideal para o seu perfil, você descobrirá, neste artigo, como é o dia a dia do estudante e do profissional dessa área. Descubra agora tudo sobre medicina veterinária. Boa leitura!

Faculdade de medicina veterinária

O curso de Medicina Veterinária busca formar bacharéis de forma generalista (como acontece com os médicos). É importante que esses profissionais tenham senso crítico e sejam capazes de atuar na promoção da saúde e produção animal, agindo em prol da sociedade.

Ainda assim, exige-se que o aluno passe por uma formação humanista para que ele tenha condições de lidar com os conhecimentos na área clínica e em cirurgias. Desse modo, estará pronto para melhorar a saúde pública do país, pensando na sustentabilidade ambiental e em maneiras de aprimorar a tecnologia de produtos animais que há.

As disciplinas são organizadas de forma com que o estudante tenha um real entendimento do funcionamento das áreas:

  • clínicas e cirurgia;
  • saúde pública;
  • medicina veterinária preventiva;
  • inspeção de tecnologia e produtos de origem animal;
  • produção animal.

Medicina Veterinária: grade curricular

O graduado em Medicina Veterinária recebe o título de bacharel. O curso tem duração média de cinco anos, e os estudantes têm uma rotina de muito estudo. Nos dois primeiros anos, o aluno cursa disciplinas voltadas para as Ciências biológicas e Sociais.

Nos anos seguintes, começam as disciplinas específicas, como o estudo de doenças, além das técnicas cirúrgicas e clínicas. Para concluir a graduação, é necessário apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e desenvolver um relatório de estágio supervisionado na área.

Veja, agora, algumas das disciplinas presentes na grade curricular do curso:

  • Biologia;
  • Anatomia dos Animais;
  • Estatística;
  • Cirurgia Veterinária Básica;
  • Genética;
  • Microbiologia;
  • Nutrição Básica;
  • Morfologia dos Animais;
  • Química;
  • Parasitologia.

Notas de corte de Medicina Veterinária

Abaixo, confira as notas de corte de Medicina Veterinária das principais universidades públicas do país que aderem ao Sisu (Sistema de Seleção Unificada):

  • Universidade Federal de Campina Grande (UFCG): 677,00;
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB): 678,00;
  • Universidade Federal de Goiás (UFG): 683,00;
  • Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT): 685,00;
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI): 688,00;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRS): 715,00;
  • Universidade Federal de Santa Maria (UFSM): 716,00;
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU): 722,00;
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF): 724,00;
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC): 724,00;
  • Universidade Estadual de Londrina (UEL): 728,00;
  • Universidade Federal de Lavras (UFLA): 729,00;
  • Universidade Federal de Viçosa (UFV): 729,00;
  • Universidade Federal do Espírito Santo (UFES): 733,00;
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS): 735,00
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ): 745,00;
  • Universidade de Brasília (UnB): 741,00;
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR): 773,00;
  • Universidade Federal do Pará (UFPA): 781,00;

Medicina Veterinária: especialização

Após a graduação, o veterinário pode optar por algumas especializações. Veja:

  • Medicina Veterinária Clínica: o veterinário atua em clínicas para o atendimento de animais de estimação (desde o exame até a realização de pequenas cirurgias);
  • Medicina Veterinária Ambiental: o profissional estuda os animais silvestres em seus habitats, tornando-se apto a cuidar da saúde das espécies, identificar doenças e colaborar com a preservação dos animais. Ainda pode reabilitá-los para que sejam devolvidos ao seu ambiente de origem;
  • Controle e Tecnologia para População de Animais: o veterinário atua no desenvolvimento de técnicas para que os rebanhos sejam criados e nutridos. Esse especialista também pode atuar em melhorias na reprodução e genética desses animais;
  • Veterinária Industrial: o médico veterinário acompanha a produção de produtos que sejam de origem animal, bem como aqueles produzidos para esse grupo, como cães e gatos.

Além disso, é possível encontrar diversos cursos de pós-graduação em Medicina Veterinária no Brasil. Veja algumas opções:

  • Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais;
  • Clínica Médica e Cirúrgica de Produção de Bovinos;
  • Ciência Animal;
  • Zootecnia;
  • Anatomia dos Animais;
  • Epidemiologia Experimental Aplicada às Zoonoses;
  • Nutrição e Produção Animal;
  • Patologia Experimental e Comparada;
  • Reprodução Animal.

O profissional ainda pode fazer residência em áreas de concentração como:

  • Clínica Cirúrgica em Animais de Companhia;
  • Anestesiologia em Animais de Companhia;
  • Clínica Médica e Cirúrgica de Grandes Animais;
  • Clínica Médica de Equinos;
  • Clínica Médica de Ruminantes;
  • Diagnóstico por Imagem em Animais de Companhia;
  • Patologia em Clínica Veterinária.

Medicina Veterinária: áreas de atuação

cavalos medicina veterinária

Quem faz Medicina Veterinária tem um mercado de trabalho com muitas oportunidades. Veja, agora, as principais áreas em que esse profissional pode trabalhar.

Clínica médica e cirurgia

O veterinário pode prestar atendimento a animais domésticos, de produção, selvagens e exóticos. Ainda que esse mercado pareça estar saturado, ainda oferece muitas opções para os profissionais que desejam atuar nessa área. Para ter mais chances de sucesso, é interessante que você procure uma especialização ou mestrado, além de fazer cursos de capacitação de curta duração.

Ainda há espaço para dentistas, homeopatas e veterinários especializados em Medicina Legal. Como os animais são considerados como mais um membro da família, os donos estão prontos para investirem em opções de tratamento que possam dar maior qualidade de vida para eles.

Produção Animal e Agronegócio

Outra área interessante é a de produção animal e agronegócio. Essa área é abrangente e incluí até mesmo a produção de alimentos de origem animal. Nesse caso, o profissional poderá atuar na criação desses animais, no manejo e na venda de produtos. Há, também, vagas para o setor de insumos (medicamentos para os animais e produção de vacinas).

Nutrição e reprodução dos animais

Você também pode apostar na nutrição e reprodução dos animais. Como o Brasil é um dos grandes exportadores de carne de boi do mundo (cerca de 1/3 do PIB vem do agronegócio), vale a pena investir nessa área. No entanto, como nas outras, é importante fazer especializações e cursos.

Embora, aparentemente, o mercado veterinário já esteja saturado, a verdade é que ainda há muito espaço para profissionais qualificados. Caso você queira cursar Medicina Veterinária, terá à disposição diversas áreas de atuação. Como os pets são cada vez mais importantes para as pessoas, a sociedade valoriza tratamentos e produtos que possam aumentar o bem-estar dos seus animaizinhos. Por todos esses motivos, esse curso é uma opção que vale o investimento.

Matérias relacionadas à Biologia podem ter um peso maior na sua avaliação. Resolva agora os principais exercícios e se cadastre no Stoodi para se preparar melhor para as provas!

Banner Stoodi Med
Banner_Redação
Você pode gostar também
Leia mais

Direito: gosto pela leitura é necessário

Hoje é dia daqueles que zelam pela harmonia da sociedade e garantem que as empresas, o poder público e os cidadãos respeitem as leis do país. Hoje é dia dos advogados. O estudante que estiver pensando em cursar direito deve ter em mente que esta ciência cuida da aplicação das normas...
Leia mais

Engenharia: uma profissão para quem gosta de números

Descubra qual tipo de engenharia é o ideal para você Para quem gosta de cálculos, seguir a carreira de engenheiro é uma boa opção. Esse profissional é responsável por produzir projetos, estudar problemas, planejar soluções, verificar a viabilidade econômica e técnica para o seu desenvolvimento. O estudante que estiver pensando...