Aprender um novo idioma é importante e, como é sabido, o inglês se tornou uma das principais línguas do mundo. Tal como no português, compreender algumas especificidades no processo de aprendizagem é essencial, e o false friends é uma delas.

Há vários motivos para investir em um curso de inglês. Atualmente, é cada vez mais comum que as pessoas escolham o idioma como a sua segunda língua, seja pelo desejo de conhecer algum destino fora do Brasil ou pelas exigências do mercado de trabalho. 

De fato, ter contato com o idioma desde cedo traz uma série de benefícios para o aluno, e por isso, uma preocupação constante na vida dos pais é matricular os seus filhos em uma escola de jardim de infância idade onde o inglês já seja trabalhado com as crianças. 

Afinal, criar o hábito de ouvir os fonemas e palavras comuns no dia a dia ajuda o aluno a entender melhor o idioma, além de contribuir para o aprendizado mais estruturado nos anos seguintes. 

Quem possui o português como língua materna sabe o quanto ele pode ser de difícil assimilação, dada a sua quantidade de regras, que vão abranger desde as regências até a pontuação. 

O inglês, apesar de ser considerado um idioma relativamente simples de ser aprendido, também possui as suas particularidades, como o genitive case e o false friends.

Por isso, entender melhor cada uma dessas regras é essencial para um aprendizado completo e eficaz, que ajude nas tarefas de comunicação e de escrita do idioma em diferentes situações. 

Se você já estava querendo aprender inglês ou se deseja aprimorar ainda mais a compreensão da língua, este artigo pode te ajudar a entender melhor o que é o false friends.

Então, siga na leitura deste conteúdo e saiba mais sobre a importância de aprender o inglês nos tempos atuais e ganhe maior domínio sobre os falsos cognatos. 

Inglês: por que o idioma é importante e indispensável hoje?

É cada vez mais comum encontrar, na nossa rotina, diferentes elementos que são melhor compreendidos por quem possui conhecimentos na língua inglesa. 

Depois de passar o dia em uma sala para palestra, os alunos fazem um coffee break. Quem vai a um show, quer tirar boas fotos. Além disso, qualquer pessoa hoje quer estar fitness. Enviar um e-mail, fazer um download ou dar um feedback são outros exemplos.

Várias das expressões que utilizamos em uma conversa tem origem na cultura inglesa, o que mostra o quanto ela está presente na vida da maioria das pessoas nos últimos tempos. 

Não à toa, aprender o idioma se tornou mais do que importante, sendo indispensável para quem queira:

  • Construir uma carreira de sucesso;
  • Fazer uma viagem internacional;
  • Assistir a um filme sem legenda;
  • Ler um livro em língua estrangeira;
  • Entre muitas outras situações. 

O inglês já se tornou um elemento presente no currículo de uma escola particular integral, justamente porque essa se mostrou uma disciplina necessária na formação dos alunos. 

Além disso, o idioma passou a ser fundamental para quem quer construir uma carreira de sucesso, uma vez que grandes cargos corporativos exigem o domínio da língua estrangeira para a realização de conferências e reuniões, por exemplo. 

Outro ponto importante é que, para quem gosta de viajar e sempre quis visitar destinos internacionais, saber falar e entender inglês é o meio mais prático para se comunicar. 

Afinal, ao chegar ao aeroporto e tentar se localizar, seja para ler uma placa informativa para banheiro ou para comparecer ao desembarque, é indispensável saber ler e compreender o inglês, mesmo em países onde a língua nativa seja outra.

Até mesmo para assistir e filmes ou ler grandes clássicos do idioma é importante dominar o inglês, para que a absorção do conteúdo seja íntegra e ofereça ainda mais experiência na língua. 

Sendo assim, aprender inglês hoje torna-se tão importante quanto fundamental, e é por isso que investir em um curso específico não se trata mais de um hobby, mas de uma necessidade para dar um upgrade no currículo e conquistar conhecimentos culturais. 

O que são os false friends?

É possível imaginar a seguinte cena: um estrangeiro que está no Brasil tenta se comunicar com alguém, dizendo que precisa de um banco. A pessoa que está tentando ajudá-lo acaba por indicar o caminho até uma agência bancária. 

No entanto, a palavra “banco” no dicionário inglês-português indicava ao estrangeiro um assento, ou seja, um banco para jardim de plástico. Neste caso, ela se apresentou como um false friends para o turista.

Isso quer dizer que palavras podem ser bastante parecidas entre si, e ainda assim não significarem aquilo que elas aparentam à primeira vista. 

Os false friends são os os falsos cognatos da língua, ou seja, ele se trata de palavras que se parecem muito, mas que querem dizer coisas diferentes. 

Alguns exemplos práticos de false friends são:

  • Assist”, parece “assistir”, mas significa “ajudar”;
  • Pull”, parece “pular”, mas significa “puxar”;
  • Procure”, parece “procurar”, mas significa “adquirir”;
  • Push”, parece “puxar”, mas significa “empurrar”;
  • Range”, parece “ranger”, mas significa “cobrir”;
  • Turn”, parece “turno”, mas significa “girar”;
  • Resume”, parece “resumir”, mas significa “retomar”;
  • Record”, parece “recordar”, mas significa “gravar”;
  • Notice”, parece “notícia”, mas significa “notar”;
  • Entre muitos outros.

Em geral, os falsos cognatos existem por serem palavras com origem no latim, aparecendo em diferentes línguas e tendo a sua ortografia bastante parecida. 

Mas, depois de certo período, elas foram ganhando definições diferentes, e por isso podem acabar confundindo quem está no processo de aprendizado de um novo idioma e possui pouca familiaridade com essas novas expressões. 

Vale dizer que os false friends não aparecem apenas na língua inglesa, de modo que podem ser encontrados também na língua espanhola, por exemplo. 

Assim, se os convidados de um buffet de festas de 15 anos ouvirem a palavra “berro” no Brasil, certamente vão entender que podem gritar durante a música. Na Espanha, isso quer dizer que no cardápio servido na comemoração haverá “agrião”.

Por isso, os estudantes que estão aprendendo um novo idioma precisam estar atentos, devendo sempre investir em técnicas para absorver novas palavras e saber distinguir os seus significados quando visualizarem os falsos cognatos. 

Dicas para não cair nos false friends

Se você está estudando o inglês, mas ainda não domina totalmente a língua, é indispensável seguir algumas sugestões que vão ajudá-lo a evitar erros e saber traduzir expressões como “som para alugar para festa” sem se confundir. 

1. Esteja sempre em contato com a língua

Para estudar inglês não basta comparecer a uma aula e deixar para ver o conteúdo aprendido apenas naquele momento. 

Nesse sentido, é essencial estar em constante contato com a língua, o que quer dizer que você precisa investir mais horas da sua semana consumindo diferentes tipos de materiais em inglês.

Por isso, não deixe de rever o tema abordado na última aula, buscando exercícios complementares na internet e em outros materiais do idioma. 

Dessa forma, a familiaridade com o idioma se torna cada vez mais comum, de modo que você ganha maior domínio no dia a dia. 

2. Assista a filmes e séries em inglês

Uma boa dica para aprender novas expressões e saber como dizer “fantasia infantil colorida” em inglês sem cometer gafes é aproveitar materiais acessíveis no nosso dia a dia: os filmes e séries.

Além de esse tipo de conteúdo conter vários diálogos, ele ajuda você a ter maior contato com a pronúncia de algumas palavras. Sendo assim, não deixe de selecionar o áudio em inglês e remova a legenda, para que você se esforce mais em entender o assunto. 

Esse tipo de prática pode ser fundamental no processo de aprendizagem, e o contexto abordado em um episódio pode ajudar você a perceber diferentes tipos de false friends da língua inglesa. 

3. Escute músicas e leia livros

As músicas e os livros também possuem uma série de falsos cognatos que podem ser desvendados quando se escuta com atenção ou quando se utiliza um dicionário para complementar a leitura. 

Por isso, não deixe de usá-los a seu favor, uma vez que esse tipo de material enriquece o aprendizado do idioma e permite que você treine melhor a língua inglesa em diferentes momentos. 

Considerações finais

Mesmo que aprender inglês pareça difícil em um primeiro momento, essa é uma ideia que pode ser superada quando se compara as diferentes regras do português com os detalhes que a língua inglesa possui. 

Dessa maneira, os false friends se tornarão palavras comuns no seu vocabulário, sendo decoradas e fixadas com o verdadeiro significado delas. 

Por isso, se você não quer ser enganado pelos falsos cognatos, não deixe de investir em mais tempo de estudo, o que vai fazer com que o seu inglês se torne aperfeiçoado rapidamente.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

simulador sisu
Você pode gostar também

Links para Download dos Livros do Vestibular 2014/15

Os estudantes que estão se preparando para prestar os mais diferentes vestibulares do Brasil acabam de ganhar uma mãozinha do Stoodi, plataforma online de vídeo aulas de preparação para o Enem e outros vestibulares. Antes de sair por aí comprando os livros importantes para as provas, que tal pesquisar os...
Leia mais

Qual o melhor método de estudo?

Descubra que tipo de aluno você é Existem diversas formas para estudar: por meio de leituras, produção de resumos, resolução de exercícios e outros. O que não paramos para analisar é como esses métodos podem facilitar a vida dos vestibulandos.  A memória reage de forma diferente aos tipos de estudo,...