Porque, porquê, por que e por quê: como usar os porquês?

 

Palavras escritas com X ou CH causam muitas dúvidas, não é verdade? Encher ou enxer é uma delas. Isso porque elas têm a mesma pronúncia, mas a grafia varia. Nossa, às vezes é de encher a paciência de qualquer pessoa! Ou será enxer?

Vai aí, então, uma dica para saber como se escreve encher: é só se lembrar de “cheio”. Todas as derivadas desse vocábulo serão grafadas da mesma maneira (enchimento, preencher, enchente, etc.).

Leia mais neste minipost para saber a forma correta e não errar mais!

Como se escreve: encher ou enxer?

Pois é, essa perguntinha está enchendo (ou enxendo?) o saco! Muitas palavras iniciadas com EN- são escritas com X. Por exemplo: enxada, enxame, enxurrada, enxaqueca, enxuto e por aí vai.

Mas com as derivadas da palavra cheio a história é diferente: encher se enquadra nesse caso, assim como a conjugação dos vários tempos e modos. Veja alguns exemplos:

  • eu encho, tu enches (presente do indicativo);
  • eu enchi, tu encheste (pretérito perfeito do indicativo);
  • eu encheria, tu encherias (futuro do pretérito do indicativo);
  • (que) eu encha, (que) tu enchas (presente do subjuntivo);
  • (se) eu enchesse, (se) tu enchesses (pretérito imperfeito do subjuntivo).

Encher: significado

O verbo equivale a tornar cheio, ocupar, completar e se opõe a esvaziar. Nesse sentido, pode-se dizer ainda que o verbo encher remete a criar algo com grande intensidade (encher de dúvidas, de medo etc.).

A origem da palavra remonta ao latim, implere, que significa completar e pode ser usada também em sentido conotativo.

Exemplos do uso de encher

Tem político que só fica enchendo linguiça no discurso. (enrolando)

O cara encheu a mão e deu um tapa no colega. (bateu com força)

Você não pode encher a cara e sair dirigindo! (beber em excesso)

Encher: sinônimos

Veja alguns exemplos de sinônimo de encher:

  • locupletar;
  • abarrotar;
  • atulhar;
  • empanturrar.

Já sabe como se escreve encher? Quer aprender mais? Assista a videoaulas Stoodi, faça nossos exercícios e leia mais posts como este no blog!

Descubra quando usar o “porque” correto e como!

Se existe um conjunto de palavras que mais causa dúvidas na hora de se escrever um texto, esse é o dos porquês (porque, porquê, porque, por quê). Muito discutido e com muita confusão em torno da sua aplicação, o assunto gera dúvidas até entre os escritores mais experientes.

Para que o uso dos porquês seja feito da maneira correta, é fundamental entender e distinguir cada uma das suas quatros formas. Confira!

Porque

O porque, junto e sem acento, é utilizado principalmente em orações de resposta e/ou explicações. Tem como objetivo indicar a causa de algo ou a explicação de alguma coisa. Pode ser substituído por pois, visto que, uma vez que, entre outros.

Exemplos do uso de porque

  • Estou triste porque minha avó faleceu.
  • Meu filho não foi à escola porque estava doente.
  • Não fui ao cinema com você porque precisava estudar.

Porquê

Porquê, junto e com acento, é usado quando se pretende indicar um motivo, razão ou causa. Aparece precedido de artigo ou junto de um pronome ou numeral. Pode ser substituído por o motivo, a causa, entre outros.

Exemplos do uso de porquê

  • Gostaria de saber o porquê da sua dúvida.
  • Conte-me apenas um porquê para que não faça isso.

Por que

por que, separado e sem acento, é utilizado no início de uma pergunta ou para relacionar com um termo anterior. Como pergunta, é substituído por por qual motivo, por qual razão etc. Já como um termo relativo, pode ser trocado por pelo qual, por qual, entre outros.

Exemplos do uso de por que

  • Por que você se atrasou? (interrogativo)
  • As razões por que me atrasei são íntimas. (relativo)

Por quê

O uso do por quê, com acento e separado, é feito em interrogações, sempre no final da frase. Deve ser seguido de um ponto final ou de interrogação. Pode ser substituído por por qual motivo ou por qual razão.

Exemplos do uso de por quê

  • Você não veio? Por quê?
  • Ele foi embora e nem nos disse o por quê.

 

Curtiu as dicas? Então veja também nosso post sobre a acentuação de joia! Aproveite e cadastre-se no Stoodi para ter acesso a mais conteúdo.

aprofunde o seu conhecimento!

Uso dos porquês: Porque, Porquê, Por que e Por quê

Se existe um conjunto de palavras que mais causa dúvidas na hora de se escrever um texto, esse é o dos porquês (porque, porquê, porque, por quê). Muito discutido e com muita confusão em torno da sua aplicação, o assunto gera dúvidas até entre os escritores mais experientes.

Para que o uso dos porquês seja feito da maneira correta, é fundamental entender e distinguir cada uma das suas quatros formas. Confira!

Vamos aprofundar e apresentar exemplos para todos os porquês, mas aqui vai um macete para o uso dos porquês:

  • Para respostas: porque;
  • Para perguntas: por que;
  • Para perguntas no final da frase: por quê?
  • substantivo: porquê.

Uso de Porque

O porque, junto e sem acento, é utilizado principalmente em orações de resposta e/ou explicações. Tem como objetivo indicar a causa de algo ou a explicação de alguma coisa. Pode ser substituído por pois, visto que, uma vez que, entre outros.

Exemplos do uso de porque

  • Estou triste porque minha avó faleceu.
  • Meu filho não foi à escola porque estava doente.
  • Não fui ao cinema com você porque precisava estudar.

Uso de Porquê

Porquê, junto e com acento, é usado quando se pretende indicar um motivo, razão ou causa. Aparece precedido de artigo ou junto de um pronome ou numeral. Pode ser substituído por o motivo, a causa, entre outros.

Exemplos do uso de porquê

  • Gostaria de saber o porquê da sua dúvida.
  • Conte-me apenas um porquê para que não faça isso.

Uso de Por que

O por que, separado e sem acento, é utilizado no início de uma pergunta ou para relacionar com um termo anterior. Como pergunta, é substituído por por qual motivo, por qual razão etc. Já como um termo relativo, pode ser trocado por pelo qual, por qual, entre outros.

Tenha acesso GRATUITO a mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!

Exemplos do uso de por que

  • Por que você se atrasou? (interrogativo)
  • As razões por que me atrasei são íntimas. (relativo)

Uso de Por quê

O uso do por quê, com acento e separado, é feito em interrogações, sempre no final da frase. Deve ser seguido de um ponto final ou de interrogação. Pode ser substituído por por qual motivo ou por qual razão.

Exemplos do uso de por quê

  • Você não veio? Por quê?
  • Ele foi embora e nem nos disse o por quê.

Viu só? Não é tão difícil assim. O importante é entender bem as regrinhas de cada um para conseguir fazer seu texto utilizando os porquês corretamente. Se quiser aprender essa e outras matérias para o Enem, aproveite e cadastre-se no Stoodi para ter acesso a mais conteúdos: