Marina Sestito revela tudo que é preciso para criar uma boa redação

Já pensou tirar nota mil na redação do Enem?

Com essa pontuação, as chances de você conquistar a sua tão sonhada vaga são ainda maiores. Porém, para escrever uma redação impecável, é preciso se atentar a alguns detalhes que não podem faltar em seu texto.

Para te ajudar a escrever uma redação Enem nota mil, Marina Sestito separou 10 dicas aparentemente simples, mas que vão fazer toda a diferença em seu texto. Quer ver?

Confira 10 itens que o seu texto precisa ter:

1. Precisa contemplar exatamente o recorte temático

O primeiro ponto que precisamos nos atentar é em relação ao tema da redação. “É preciso falar sobre todos os termos que forem apresentados na proposta”, afirma Marina.

Vamos dar um exemplo para ficar mais visível:

Se o tema é “caminhos para se combater a intolerância religiosa no Brasil”, discutir apenas sobre a intolerância religiosa é insuficiente.

O aluno precisa não só falar da intolerância religiosa, como também mencionar o contexto brasileiro e apresentar os caminhos de combate a esse problema. É por isso que é muito importante contemplar todas as palavras do tema de redação.

2. Deve haver adequação da linguagem à norma culta

O segundo passo é pensar como escrever sua redação. Será que é preciso usar palavras rebuscadas? Ou podemos usar termos coloquiais como gírias? Na verdade, nem um extremo, nem o outro.

“O texto deve estar de acordo com a norma culta e a linguagem deve ser clara”, declara Marina.

3. O texto precisa ter começo, meio e fim

redação no formato Enem deve seguir a estrutura do texto dissertativo argumentativo. Desta forma, Marina recomenda que você apresente uma tese na introdução, aborde os argumentos no desenvolvimento e construa uma proposta de intervenção na conclusão do texto.

4. Existem 5 perguntas que devem ser respondidas no texto

Atenção para a dica: se você tiver certeza que respondeu a essas 5 perguntas, saiba que o seu texto está bem completo e embasado.

  • Qual é o tema que eu vou discutir?
  • Qual é o meu posicionamento sobre as origens desse problema?
  • Por que ele é realmente um problema?
  • O que me prova que esse problema realmente existe e afeta a sociedade brasileira?
  • Como eu posso resolver esse problema?

Geralmente, as duas primeiras perguntas são respondidas na introdução, a terceira e quarta fazem parte do desenvolvimento e, por fim, a última fecha a conclusão do texto.

5. Deve apresentar a tese bem detalhada

Você sabe o que é uma tese? É o seu ponto de vista sobre as motivações da existência de um problema e de sua permanência na sociedade. “Por que esse problema existe? Por que ele continua existindo?”.

“Vou dar um exemplo de uma tese: a intolerância religiosa no Brasil se fundamenta em questões históricas e culturais”, diz Marina. Esse posicionamento vai determinar os argumentos a serem selecionados para defender sua posição.

6. Precisa combinar análise com exemplos concretos

Depois que você informou qual sua tese, é a hora de pensar na sua argumentação.

“A gente não pode ficar só apresentando fatos, senão o texto fica expositivo. Por outro lado, a gente não pode ficar só apresentando análise, porque apenas isso não prova que o problema existe de verdade”, explica Marina.

Sempre que a gente for escrever uma redação para o Enem, a gente precisa combinar análise com comprovação. Então exponha os fatos (comprovação) e defenda seu argumento (faça uma análise).

Fato + argumento

Comprovação + análise

É preciso citar exemplos concretos em seus argumentos. “Se eu apresentei um dado, eu analiso e mostro como ele se relaciona com o que eu discuto”, conclui Marina.

7. Deve fazer uso dos conectivos para deixar a linguagem mais clara

“Os conectivos são muito importantes não só para conectar as ideias dentro do parágrafo, mas também para retomar as ideias importantes do texto”, afirma a professora.

Marina sugere que você faça uso diversificado dos recursos coesivos, sem ficar repetindo o mesmo conectivo a todo momento. Para se preparar para a redação, relembre alguns: “mas”, “todavia”, “entretanto”, “porém”, “contudo”, “mesmo assim”, “portanto”, “dessa forma”, “por isso”, “embora”, entre outros.

8. É preciso apresentar uma solução para o problema 

A redação do Enem tem como objetivo avaliar a sua capacidade de resolver um problema. Por isso, é fundamental que o seu texto apresente uma proposta de intervenção.

É muito importante que fique claro o que será feito, por quem será feito e de que forma será feito.

Detalhe todas as medidas que devem ser tomadas para conseguir solucionar o problema. Apresente as ações, especifique quem são os agentes e mostre como eles atuarão para resolver a questão.

9. As soluções devem ser viáveis

É importante se atentar também em relação ao tipo de solução que vai propor. Ela precisa ser eficiente e viável.

A conscientização, por exemplo, nem sempre consegue erradicar um problema, por isso precisa ser apresentada de maneira detalhada para que possa intervir no problema discutido.

10. É preciso explicar de que forma as medidas vão diminuir o problema 

Para fechar com chave de ouro, Marina sugere que você faça uma análise da proposta de intervenção e explique como o problema será diminuído ou erradicado.

Medidas:  o que vai ser feito para resolver esse problema.
Agentes:  quem vai executar essa solução.
Ações:  como essas medidas serão implementadas.
Análise do conjunto:  como essas medidas vão afetar na solução do problema.

A melhor maneira de aprimorar o seu texto é praticar constantemente. Para isso, use as inúmeras sugestões de temas de redação do Stoodi para treinar e mandar bem no Enem.

 

1 Shares:
Você pode gostar também
Inscrição para bolsas remanescentes do Prouni termina nesta segunda
Leia mais

Inscrição para bolsas remanescentes do Prouni termina nesta segunda

Serão oferecidas 16.004 bolsas no período do segundo semestre Foto: Leonardo Bettinelli/ UFPR  Candidatos que conseguiram entrar na lista de vagas remanescentes para bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos) neste segundo semestre de 2015 têm até as 23h59 desta segunda-feira (31) para concluir a inscrição. As inscrições no programa...
Selecionado no Fies tem até esta terça para confirmar inscrição
Leia mais

Selecionado no Fies tem até esta terça para confirmar inscrição

Programa do governo federal vai beneficiar 61,5 mil novos estudantes Os pré-selecionados para firmar contrato com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2015 têm até o fim desta terça-feira (1º) para concluírem suas inscrições no programa. O prazo, estipulado inicialmente para o dia 23, já foi...