Saiba como ter um plano de estudos para o Enem!

Muita gente tem um questionamento em comum: se é ou não necessário ter um plano de estudos para o Enem? Afinal, há quem já está acostumado a conferir as matérias sem uma ordem ou organização prévia e que, para completar, não tem ideia de como ele pode ser útil para um aprendizado mais produtivo e eficiente.

Por esse motivo, trouxemos um post bem explicativo que mostra o que, de fato, o plano de estudos representa e a diferença que ele promove na rotina do estudante. Confira e se surpreenda!

O que é um plano de estudos?

O plano de estudos, como o próprio nome já entrega, é um planejamento que você faz para organizar o aprendizado das matérias do colégio, da faculdade, do curso de idiomas etc. Outra possibilidade é utilizá-lo com o intuito de se preparar para fazer, por exemplo, uma prova, um vestibular ou um concurso.

Ele pode ser produzido, editado e atualizado em uma agenda, um bloco de notas, um planner, um aplicativo do celular ou uma plataforma virtual — a opção fica a seu critério, de acordo com suas preferências e o que é mais prático para o seu dia a dia. A partir dele, dá para definir os horários e os dias que serão reservados para:

  • ler livros, e-books e apostilas;
  • resolver exercícios, testes e simulados;
  • montar mapas mentais;
  • treinar fórmulas;
  • escrever redações;
  • consultar teorias, teses, leis e conceitos;
  • pesquisar dados extras;
  • fazer resumos;
  • criar fichamentos;
  • assistir a videoaulas;
  • ouvir podcasts;
  • conferir documentários.

O plano de estudos também serve para você priorizar aqueles assuntos que são mais espinhosos e, consequentemente, causam mais dúvidas. Dessa forma, é possível dedicar mais tempo a eles para sanar suas dificuldades e o principal: não os deixar acumular e virar uma bola de neve sem fim.

Além disso, esse material permite estabelecer com antecedência quais técnicas de estudo serão utilizadas para otimizar o tempo, facilitar a leitura, manter a concentração, aprofundar os raciocínios crítico e abstrato, melhorar a memória e proporcionar reflexões mais aprofundadas. É o caso, por exemplo, do(a):

  • técnica pomodoro;
  • método mnemônico;
  • grupo de estudo;
  • marcação de texto;
  • autoquestionamento;
  • associação de temas;
  • esquema de imagens.

Para finalizar, o plano de estudos ainda contribui com a sua rotina. Afinal, ele a torna mais estruturada e com um maior equilíbrio entre as atividades acadêmicas, de lazer e profissionais (quando você já trabalha ou faz estágio) — o que é fundamental para se ter uma maior qualidade de vida e mais saúde mental.

plano de estudos enem

Vale a pena montar um plano de estudos próprio?

Não há uma resposta em definitivo para essa pergunta. Vai depender do seu nível pessoal de organização, do grau de detalhamento que você dá a esse material, do engajamento com as metas estipuladas e dos resultados que você quer alcançar.

Tenha acesso GRATUITO a mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!

Muitos estudantes, por exemplo, adoram saber como montar um cronograma de estudos e iniciá-lo do zero, pois sentem que dessa forma conseguem personalizá-lo mais a fundo e torná-lo mais fácil de colocar em prática.

Já outros preferem pegar um cronograma de estudos pronto, pois não querem perder tempo. Para eles, o planejamento precisa ser algo mais funcional e dinâmico para começarem logo a rotina de estudos. Portanto, é uma boa testar os dois métodos para descobrir qual atende mais suas necessidades.

Por que é importante ter um plano de estudos para o Enem?

Ter um cronograma de estudos para o Enem é necessário porque os editais, tanto da versão digital quanto da versão impressa do Exame Nacional do Ensino Médio, não trazem nenhuma indicação de quais assuntos vão ser cobrados nas provas.

Logo, é preciso ter um bom planejamento para você conseguir conferir e revisar o máximo de assuntos possíveis em cada uma das matérias que compõem esse vestibular, desde o português até a química.

Além disso, é crucial que você treine com bastante afinco a sua escrita, já que também não há qualquer orientação prévia sobre qual será o tema abordado na redação. Portanto, quem busca uma aprovação não pode abrir mão da organização, do empenho e da disciplina que um plano de estudos para o Enem oferece.

Tenha um plano de estudos personalizado para o Enem!

Pensando na sua comodidade, o Stoodi disponibiliza um plano de estudos personalizado e de fácil configuração para você montar uma rotina de aprendizado de acordo com o seu tempo disponível e com foco naqueles conteúdos mais recorrentes no Enem.

Dessa forma, além de dominá-los, você também desenvolve estratégias para melhorar a sua interpretação dos enunciados das questões — algo que faz a diferença no seu desempenho. Afinal, vale recordar: são 45 perguntas em cada prova.

Como se preparar para o Enem?

Fora o plano de estudos para o Enem, vale a pena conhecer os outros recursos que o Stoodi disponibiliza para você otimizar o seu aprendizado e mandar ver nesse exame.

Por exemplo, há os simulados Enem com nota TRI que o permitem não só testar o seu desempenho, mas também entender melhor como é que funciona a Teoria de Resposta ao Item — que é a responsável por definir a pontuação dos vestibulandos.

Além deles, há o Redação nota 1000, em que você produz diferentes textos e recebe a correção deles para identificar quais falhas de coesão textual, ortografia, gramática e afins está cometendo. Uma forma simples e dinâmica para aperfeiçoar cada vez mais sua escrita. 

E ainda tem mais, viu? Há um acervo completo com mais de seis mil videoaulas e 30 mil questões sobre todas as matérias do Enem. Isso sem falar nos resumos teóricos dos principais conceitos de cada área (biologia, matemática, história etc.) e na monitoria disponível para sanar suas dúvidas e dar aquele reforço nos conteúdos mais complexos.

Como mostrado, ter um plano de estudos para o Enem não se trata de um exagero. Ao contrário, significa estar comprometido em passar no vestibular e entender que o caminho para esse objetivo é só um: esforço, proatividade e planejamento.

Por isso, comece imediatamente o curso gratuito do Stoodi para o Enem e tenha a melhor preparação para arrasar nas provas!

Você pode gostar também
Inscrição para bolsas remanescentes do Prouni termina nesta segunda
Leia mais

Inscrição para bolsas remanescentes do Prouni termina nesta segunda

Serão oferecidas 16.004 bolsas no período do segundo semestre Foto: Leonardo Bettinelli/ UFPR  Candidatos que conseguiram entrar na lista de vagas remanescentes para bolsas do Prouni (Programa Universidade para Todos) neste segundo semestre de 2015 têm até as 23h59 desta segunda-feira (31) para concluir a inscrição. As inscrições no programa...
Selecionado no Fies tem até esta terça para confirmar inscrição
Leia mais

Selecionado no Fies tem até esta terça para confirmar inscrição

Programa do governo federal vai beneficiar 61,5 mil novos estudantes Os pré-selecionados para firmar contrato com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2015 têm até o fim desta terça-feira (1º) para concluírem suas inscrições no programa. O prazo, estipulado inicialmente para o dia 23, já foi...