5 pontos sobre Platão que podem cair no ENEM

De acordo com o professor Eduardo, o Mito da Caverna costuma aparecer bastante nos vestibulares

Quando se pensa na Filosofia dentro dos grandes vestibulares, é importante você ter uma base do pensamento da Filosofia Antiga. Isso se deve pelo fato dela servir de grande influência para o modo como enxergamos o nosso dia a dia.

Em outras palavras, o pensamento filosófico pode te ajudar a ter uma interpretação mais crítica dos acontecimentos e isso é algo que muitas universidades valorizam.

Nós já falamos um pouco de Sócrates e agora chegou a hora de conversar sobre Platão. As histórias dos dois estão frequentemente ligadas porque Platão foi discípulo de Sócrates e guardou grande parte de seu pensamento, buscando manter viva a memória de seu mestre.

Para direcionar os seus estudos e facilitar a sua vida, o professor Eduardo separou 5 pontos importantes para você revisar antes de prestar o Enem. Fique por dentro de cada detalhe e conheça a história do filósofo:

1. Platão fundou a Academia de Atenas

Platão foi fundador da Academia de Atenas – chamada também de Escola de Atenas. De acordo com o professor Eduardo, ela foi representada brilhantemente pelo quadro de Rafael Santos.

Academia de Filosofia de Platão
Imagem: reprodução

“Ao centro desse quadro estão Platão e Aristóteles. Platão aponta para cima, Aristóteles aponta para o mundo terrestre. Os dois são grandes figuras da Escola de Atenas”, descreve o professor.

2. Ele acreditava na geometria como premissa para o pensamento filosófico

Na Escola de Atenas, dois pensamentos foram fundamentais para Platão: a Geometria e Filosofia. Segundo ele, quem não soubesse Geometria, não devia entrar na academia para aprender Filosofia.

3. Sobre a produção de sua obra mais consagrada

A obra mais famosa de Platão chama-se A República.

Dividida em diversos livros, ele vai abordar temas como a vida na cidade ateniense, a política, as virtudes ali presentes e a maneira como as pessoas se relacionavam. Ele pensa também em como deve ser o governo perfeito, baseado justamente no pensamento da filosofia e das virtudes – já presentes no pensamento de socrático.

4. O Mito da Caverna foi inspirado em Sócrates

Dentro dessa obra você vai encontrar o Mito da Caverna – também chamado de Alegoria de Caverna. Muita atenção nessa parte que ela costuma cair bastante nos vestibulares.
alegoria da caverna Platão
Imagem: reprodução

“Olhem a imagem sobre o mito da caverna representado no pensamento de Platão. Note que você tem pessoas acorrentadas observando a projeção de sombras no fundo da caverna”, introduz o prof. Edu.

Uma pessoa desse grupo consegue sair dessa prisão e vai para o mundo externo que tem uma luz intensa. A princípio, ela fere os olhos, mas depois ela vê que existe algo além das sombras que são projetadas na caverna.

Quando ela volta para a caverna para contar aos acorrentados que existe um outro mundo muito maior que aquele em que eles vivem, ela é tomada como uma pessoa louca e acaba sendo morta pelo o grupo.

“É uma alegoria, inclusive sobre a injustiça feita à Sócrates, mestre de Platão”, explica o professor.

5. Duas teorias fundamentais para Platão

Platão vai trazer duas teorias fundamentais, a Teoria das Ideias e a Teoria do Conhecimento.

Teoria das Ideias: ele vai dizer que existe uma alma imortal que tem o conhecimento total e que nós, no nosso corpo, precisamos rememorar esse conhecimento que já existia anteriormente.

Acesse gratuitamente por 14 DIAS mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!

Por exemplo, primeiro existe a ideia de cavalo, para depois nós entendermos o que é um cavalo. Ele acredita que isso está na nossa alma. Então, a partir disso nós poderemos entender o mundo em que vivemos.
mundo inteligível x mundo sensível platão
Para Platão, o Mundo Inteligível (mundo das ideias) é mais importante que o Mundo Sensível (mundo em que vivemos) porque ele é imortal. Platão acreditava que a alma era indestrutível.

Teoria do Conhecimento: Platão vai desenvolver a epistemologia – que nada mais é que a ideia de como tudo dentro do conhecimento vai ter um sistema próprio de pensamento. Criando, dessa forma, um processo mais sistemático de entendimento do conhecimento humano.

Gostou do post? Aproveite e confira resumo completo sobre o tema e faça os exercícios para praticar. Cadastre-se no Stoodi e comece agora mesmo seus estudos para o vestibular!

Campanha Always On Cadastros