Os espelhos planos são um dos principais conteúdos da Óptica e esse assunto é bastante recorrente nas questões de Física no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e também nos principais vestibulares do país. Por conta disso, é muito importante conhecer esse tema.

Pensando na importância deste assunto, explicaremos o que são os espelhos planos, como funciona a associação deles e como acontece a formação de imagens em espelhos planos. Confira!

O que são espelhos planos?

Um espelho plano, como o próprio nome diz, é aquele em que a superfície de reflexão é totalmente plana. Ele apresenta muitas utilidades. Pode, inclusive, ser utilizado em casas ou como componentes de instrumentos ópticos. É importante destacar ainda que, nesse tipo de espelho, há simetria entre os pontos do objeto e a imagem. Além disso, a maior parte da reflexão que ocorre no objeto é regular.

Como funciona a associação de espelhos planos?

Os espelhos planos podem ser associados com as superfícies refletoras formando um ângulo que varia de 0 a 180º. Não há muito segredo em relação ao número de imagens que podem ser formadas. Basta usar a seguinte fórmula matemática:

n = 360/ a – 1

n = número de imagens

a = ângulo formado entre os espelhos

Vamos supor que o ângulo formado entre os espelhos seja de 60º. Quantas imagens podem ser formadas?

Aplicando a fórmula, chegaremos à conclusão de que 360/60 graus equivale a 6. Fazendo a subtração: 6 – 1, chegaremos ao resultado: 5 imagens podem ser formadas.

Como ocorre a formação de imagens em espelhos planos?

Só é necessário imaginar que o observador vê um determinado objeto que parece estar atrás do espelho. Isso acontece porque o prolongamento do raio refletido passa por um ponto de imagem virtual que fica atrás do espelho. Vale destacar que, nos espelhos planos, a imagem e o objeto são opostos. Um é real e o outro necessariamente é virtual.

Gostou deste post sobre espelhos planos? Quer se aprofundar nos conteúdos de Física? Conheça o nosso Plano de Estudos e veja como aumentar seu conhecimento sobre a Física e outras disciplinas.

Você pode gostar também