Geografia no Enem: veja o que mais cai na prova

Geografia no Enem: veja o que mais cai na prova

A Geografia no Enem é abordada de forma diferente de outras provas e vestibulares do país, que preferem dar mais atenção à Geografia Regional. Ao invés de focar em tópicos específicos de uma região, o Exame traz conceitos e temas gerais que ajudam a entender fenômenos geográficos em diferentes contextos e paisagens.

Mas, afinal, o que realmente cai nessa prova? É hora de começar a se preparar e nada melhor do que começar os estudos sabendo quais são os temas de Geografia que mais aparecem nas questões de Ciências Humanas

Pensando nisso, o professor de Geografia do Stoodi, Érico, analisou as provas dos últimos anos e trouxe um resumão dos principais temas apresentados. Confira os assuntos que mais caem e veja dicas especiais para melhorar seus estudos! 

Temas mais cobrados no Enem

De acordo com o professor Érico, os temas mais cobrados na prova de Geografia são:

Questões ambientais

Vamos saber mais sobre cada um deles?

Questões ambientais

O meio ambiente é um assunto muito em alta nos dias de hoje, por isso, as questões ambientais estão muito presentes no Enem. De acordo com o professor Érico, “o Enem costuma cobrar em suas abordagens uma visão integrada entre os fenômenos físicos, bióticos e socioeconômicos e os impactos ambientais, levando em consideração o fato de que a Geografia estuda a Terra como um sistema.

Durante a prova, é importante relacionar os problemas ambientais aos padrões de consumo da sociedade moderna, além de entender como ocorrem algumas mudanças ambientais, como:

  • efeito estufa;
  • efeitos sobre a camada de ozônio;
  • ilhas de calor;
  • chuvas ácidas;
  • poluição das águas.

O professor ressalta que o estudante precisa estar atento aos debates ambientais e à influência das Conferências da ONU, o funcionamento de alguns fenômenos ligados às mudanças ambientais, os principais impactos ambientais dos humanos sobre o planeta e, por fim, às questões ambientais existentes no Brasil.

Agropecuária

Agropecuária

A agropecuária é extremamente presente na economia brasileira, por isso, sua presença no Enem é praticamente certa. É essencial ter conhecimento sobre conceitos utilizados nesse assunto, como latifúndio, minifúndio, cultivos permanentes, sistemas intensivos e extensivos, monocultura, policultura etc.

De acordo com o professor Érico, “o exame expressa em suas questões os problemas da estrutura fundiária no Brasil. Por isso, são frequentes as menções à concentração de terras, ao predomínio do latifúndio e da exportação em detrimento dos pequenos produtores e da produção local e aos conflitos por posse de terra.A prova pode trazer questões socioambientais da Terra, como conflitos fundiários e o papel do Incra, além da concentração fundiária no Brasil, com fatores históricos e contemporâneos. Também pode aparecer a estrutura agropecuária, com o papel das commodities para a economia brasileira e mundial, formação da agropecuária brasileira moderna e os principais circuitos de produção do país.

Fases do capitalismo

Fases do capitalismo

As fases do capitalismo aparecem com frequência no Enem e são abordadas em temas como a indústria, o comércio e até mesmo fatores históricos, como os efeitos da Guerra Fria, por exemplo.

Outros assuntos bastante presentes são análises que tratem da Nova Ordem Mundial, da atuação de associações políticas e econômicas e de órgãos internacionais, como a ONU.Além disso, o Enem pode abordar ordens mundiais, a influência da Guerra Fria sobre a economia e como o poder dos Estados Unidos e da antiga União Soviética afetou a sociedade do século XX e a influência de novos agentes da geopolítica internacional.

Cadastre-se gratuitamente no Stoodi

Urbanização

O foco da urbanização são os problemas das cidades e os desafios que precisam ser resolvidos nessas áreas. Isso envolve questões como o crescimento desordenado, a gentrificação e problemas relacionados a transporte, habitação e desemprego.

A capacidade que as cidades têm de se tornarem polos de atração e influência também entra em cena, com destaque para as possibilidades trazidas pela globalização.

O Enem pode abordar esses temas com questões sobre o desafio das cidades, a urbanização brasileira e como funcionam as cidades no mundo globalizado.

Indústria

Indústria

Na abordagem sobre a indústria, o Enem valoriza as diferentes formas de mudança dessa área, o que torna necessário entender momentos como a Revolução Industrial e como as diferentes fases da industrialização mudaram as indústrias, a economia e a sociedade em diferentes regiões do mundo.

Para o professor Érico, é importante “reconhecer as diferentes fases da industrialização a partir da Revolução Industrial e alguns sistemas de produção marcantes, como o fordismo”, além de relacionar a Divisão Internacional do Trabalho com o peso econômico e político de diferentes grupos de países ou regiões.

Migrações

Migrações

As migrações tratam dos movimentos urbanos feitos pelas diversas populações ao redor do mundo. Para mandar bem no tema, é importante saber interpretar mapas e gráficos e conhecer as diferenças entre os movimentos migratórios: pendular, sazonal e êxodo rural, por exemplo.Também é importante entender a diferença entre imigração e emigração e como isso impacta os países envolvidos.

Comércio

Comércio

O comércio trata das relações comerciais entre diferentes países ou regiões, e isso impacta diretamente a economia mundial. Para estar por dentro do assunto, é preciso entender alguns fenômenos do capitalismo a partir da segunda metade do século XX, como a formação de blocos econômicos, a globalização da economia e os efeitos de escolas de pensamento.Entender a economia brasileira também irá ajudar você a mandar bem no Enem. Temas como a balança comercial do Brasil, exportações e parcerias com outras partes do mundo são bem importantes.

Geologia e relevo

Geologia e relevo

A geologia e relevo são temas que podem aparecer no Enem e irão apresentar relações com o meio físico, fazendo com que seja possível que este assunto surja indiretamente em outros contextos.

O professor Érico destaca a importância de “compreender a formação da geosfera, os movimentos internos e externos da Terra, o ciclo das rochas, os processos de intemperismo e erosão, a estrutura geológica do Brasil e as formas de relevo e solos resultantes”.

População

Para esse tema, o professor Érico afirma que “a leitura e interpretação de gráficos e tabelas é bastante pedida em questões de prova”. É importante estar por dentro do conceito de êxodo rural, crescimento, expectativa de vida e desenvolvimento social da população.É fundamental entender as pirâmides etárias, as teorias populacionais e os indicadores sociais e como relacioná-los com o tema migrações, já que o Enem costuma relacionar fenômenos demográficos com os deslocamentos de pessoas por períodos e motivos diferentes.

Hidrografia

A hidrografia é um tema que merece atenção, já que há uma constante preocupação quanto à disponibilidade e às formas de uso da água no mundo. Érico recomenda “fazer uma revisão sobre o funcionamento do ciclo da água, a divisão hidrográfica de cursos d’água e as características da hidrografia continental”.

Para estar por dentro do assunto, é interessante saber identificar os principais problemas ambientais relacionados à água, qual a disponibilidade desse material para consumo e, por fim, saber relacionar os problemas de acesso à água com os padrões de consumo atuais.Quer praticar seus conhecimentos em Geografia? Aproveite a lista de exercícios que separamos para você!

Como estudar para a prova de Geografia no Enem?

Agora, vamos conferir algumas dicas para não errar na preparação para a prova de Geografia no Enem!

Faça muitas questões

O primeiro passo para conquistar uma boa pontuação na prova de Geografia no Enem é, sem dúvidas, fazer muitas questões. Com a prática, você não só fixa os conteúdos, mas também aprende um monte de novos detalhes sobre a matéria! 

Monte um bom cronograma de estudos

O cronograma de estudos de Geografia para o Enem deve levar em consideração a incidência dos assuntos e priorizar aqueles que mais caem. As revisões e a realização de exercícios também deve estar presentes nessa organização.

Faça mapas mentais

Outra dica é fazer mapas mentais a fim de ter uma nova metodologia de aprendizado. Além disso, eles ajudam bastante na hora da revisão. Com apenas algumas olhadinhas, você consegue relembrar tudo o que aprendeu! 

Fique ligado nas atualidades

Para Geografia, é também muito importante que você esteja sempre antenado às novidades. Afinal, essa prática ajuda bastante na prova de geopolítica. Fique de olho nos noticiários sobre economia, conflitos e até mesmo acordos entre países. Tudo isso pode cair na sua próxima prova.

Aplique os conceitos nas suas redações

Para treinar ainda mais seu senso crítico sobre os temas vistos em Geografia, uma dica interessante é caprichar na inclusão dos temas geopolíticos em suas redações. Assim, você aumenta seu repertório e se vê inclinado a pesquisar mais sobre os assuntos a fim de poder argumentar sobre eles.

Como o Stoodi pode ajudar?

O Stoodi é um cursinho completamente online que está sempre a postos para ajudá-lo a conquistar a sua tão sonhada vaga no vestibular!

Para isso, nosso foco está em preparar você com os melhores e com a metodologia mais adequada para ajudá-lo a chegar à aprovação. 

Por isso, contamos com mais de 450 videoaulas de Geografia, além de um banco de questões com quase 2000 exercícios para você treinar — lembrando que todos têm resolução em vídeo!

Outro destaque fica com as aulas ao vivo, tanto sobre matérias que fazem parte da programação fixa do Enem quanto sobre atualidades. Assim, sua preparação fica completa.Agora que você já sabe o que é cobrado na prova de Geografia no Enem e como estudar essa matéria da melhor forma possível, não deixe de fazer o seu cadastro no Stoodi e de se beneficiar com todos os nossos diferenciais!

Campanha Always On Cronograma