Definição: A função de 1º grau, também conhecida como função afim, é definida como toda função polinomial de R em R que tem formato:

Para calcularmos o valor da função para um determinado xi, ou seja, f(xi),  substituímos x por xi na função. O gráfico da função pode ser esboçado basicamente de duas formas:

  • por uma tabela de valores;
  • pelos coeficientes.

Tabela de valores: Esboçar o gráfico pela tabela de valores consiste em escolher arbitrariamente alguns valores de x, calcular seus f(x) correspondentes e então plotar estes pares ordenados (x, f(x)) no plano cartesiano. Gráfico pelos coeficientes e raiz Uma forma normalmente mais rápida de esboçar o gráfico de tal função consiste em utilizar os coeficientes e a raiz da função. A raiz da função é o valor de x para o qual f(x)=0. É obtido igualando-se a função a 0 e resolvendo-se a equação obtida. Os coeficientes são os valores de a e b. Chamamos “a” de coeficiente angular e “b” de coeficiente linear da função. Os coeficientes e a raiz têm papel fundamental no desenho do gráfico da função:

  • Coeficiente angular: determina a inclinação da reta. Se a>0, a reta é crescente. Se a<0, a reta é decrescente. Se a=0 a reta é horizontal e temos a chamada função constante, f(x)=b.
  • Coeficiente linear: determina o valor de f(x) para x=0, ou seja, f(0). Graficamente, ilustra o ponto onde o gráfico cruza o eixo y.
  • Raiz: determina o valor de x para o qual f(x)=0, ou seja, y=0. Graficamente, ilustra o ponto onde o gráfico cruza o eixo x.

Observe um exemplo de gráfico na ilustração abaixo, com coeficiente angular negativo:

Função afim

Assista no Stoodi à série de videoaulas sobre Funções do 1º grau para encontrar diversos exemplos e exercícios resolvidos:

0 Shares:
Você pode gostar também
Inequação exponencial
Leia mais

Inequação exponencial

As inequações que envolvem funções exponenciais são chamadas de inequações exponenciais. Por exemplo: Para sua resolução, procura-se chegar a uma comparação de potências de mesma base para então comparar os expoentes. Utiliza-se a partir daí a informação de que: Deste fato, decorre que, se a>1: Se 0<a<1, temos: Em resumo,...

MMC – Mínimo Múltiplo Comum

Definição Dados dois ou mais números naturais diferentes de zero, chamamos de mínimo múltiplo comum, ou simplesmente MMC, o menor dentre seus múltiplos comuns. Exemplos 4 e 8 O MMC. entre 4 e 8 é o próprio 8 pois os múltiplos de 4 são {4,8,12, 16, 20, 24, 28, 32,...
Propriedades dos logaritmos
Leia mais

Propriedades dos logaritmos

Os logaritmos apresentam quatro propriedades que são muito úteis na resolução de problemas: Produto Quociente (divisão) Potenciação Mudança de base As propriedades são usadas, basicamente, para calcular novos logaritmos a partir de logaritmos já conhecidos e para resolver equações e inequações logarítmicas. Para ver exemplos de aplicação e exercícios resolvidos...