A obra reúne 9 contos que retratam a vida rural de Minas Gerais

Foto: reprodução Rede Brasil Atual
Foto: Divulgação/Reprodução

Autor: João Guimarães Rosa

Resumo

Sagarana foi o primeiro livro produzido por Guimarães Rosa, um dos maiores escritores brasileiros. Publicado em 1946 – um ano depois do fim do Estado Novo, a ditadura de Vargas –, ele reúne nove contos que se passam, em sua maioria, na região de Minas Gerais.

Nas histórias têm jagunços, vaqueiros, sertanejos e muita cultura oral. De caráter popular, o livro apresenta uma certa universalidade, o que era muito novo para aquele período. A obra faz parte da terceira fase do modernismo brasileiro.

Uma característica muito importante para é seu estilo de linguagem. O autor trabalhou bastante a parte de sinestesia – presença de sentidos como visão, audição, olfato, paladar, tato – e apresentou metáforas.

Vale lembrar que os personagens principais de cada conto costumam vencer dificuldades.
Contos

  • O burrinho pedrês
  • A volta do marido pródigo
  • Sarapalha
  • Duelo
  • Minha gente
  • São Marco
  • Corpo fechado
  • Conversa de bois
  • A hora e a vez de Augusto Matraga

Narração: terceira pessoa
Obs: com exceção dos contos “Minha Gente” e “São Marcos”.

Tempo: a maioria dos contos apresentam o tempo psicológico, de acordo com os personagens.

Cenário: região de Minas Gerais, apresentando a realidade rural.

0 Shares:
Você pode gostar também

Crase: dicas para escrever corretamente

A língua portuguesa já é complexa, com a mudança da norma ortográfica ficou ainda mais fácil se confundir. Para melhorar a comunicação escrita, a dica de hoje é sobre crase A crase é um fenômeno que ocorre quando juntamos a preposição “a” com o artigo “a”. Por exemplo: A aluna...