Entenda o que é etanol, como é produzido e mais!

O etanol é um composto orgânico presente de inúmeras formas em nosso dia a dia. Por conta disso, é comum que questões sobre esse material e suas utilizações estejam presentes em diversos exames vestibulares e no Enem.

Nesse sentido, quem deseja ir bem nas provas para garantir a vaga em uma universidade de qualidade precisa compreender corretamente o que é o etanol e como ele é produzido.

Portanto, acompanhe a leitura deste texto para ficar por dentro das principais informações que você precisa saber sobre o etanol para ir bem na hora da prova!

O que é etanol?

O etanol pode ser compreendido como o principal composto orgânico do grupo dos álcoois. Esse conjunto é formado por elementos que apresentam hidroxila (OH) ligado a um carbono saturado, ou seja, que realiza ligações simples na cadeia carbônica.

Embora seja comumente chamado apenas de álcool, esse material é nomeado dentro da química como álcool etílico, sendo representado pela fórmula C2H5OH.

É importante notar que existem dois tipos de etanol, variando de acordo com a concentração de água em sua composição. São eles:

  • anidro: apresenta o teor de água equivalente a 0,5%;
  • hidratado: tem em sua composição 5% de água.

Geralmente, o etanol hidratado é o álcool convencional, vendido em postos de combustíveis sendo utilizado em veículos automotores. Já o etanol anidro precisa de um procedimento específico, que retira o excesso de água de sua composição. É comum que seja utilizado misturado à gasolina.

posto gasolina etanol

Como é produzido o etanol?

O processo de produção do etanol é feito de diversas formas e passando por diferentes etapas. No Brasil, ele ocorre principalmente por meio da fermentação de açúcares e cereais (o que explica por que em muitos momentos esse composto é chamado de “álcool de cereais”).

Para a obtenção desse álcool é necessário que a matéria-prima passe pelas seguintes etapas:

  1. moagem da cana: a cana-de-açúcar é moída por meio de um processador. Nessa etapa, é obtido o caldo de cana, também conhecido como garapa. Esse líquido contém um alto teor de sacarose, sendo sua fórmula C12H22O11;
  2. produção do melaço: uma vez que o caldo de cana está pronto, é necessário aquecê-lo para que seja obtido o melaço. Essa é uma solução com aproximadamente 40%, em massa, de sacarose. O açúcar mascavo, por exemplo, é obtido a partir da cristalização desse melaço;
  3. fermentação do melaço: depois que o melaço está feito, é necessário acrescentar a ele fermentos biológicos. O principal fermento é o Saccharomyces, uma levedura que transforma a sacarose em etanol por meio de enzimas. Ao final do processo, será obtido o mosto fermentado, que apresenta até 12% de seu volume total em álcool etílico;
  4. destilação do mosto fermentado: o último processo é a destilação do mosto obtido a partir da fermentação do melaço. Por meio de uma destilação fragmentada, terá origem uma solução com 96% de etanol e 4% de água.

O etanol é renovável?

Um ponto fundamental do etanol, muitas vezes cobrado em exames vestibulares e no Enem, diz respeito à sua capacidade de renovação.

Por conta da maneira como ele é produzido, ou seja, por meio da plantação, esse composto é altamente renovável. É por esse motivo que muitas vezes ele também é chamado de bioetanol ou biocombustível.

Devido ao alto potencial de renovação desse material, ele não se esgota. Além disso, ele também apresenta um alto nível de sustentabilidade, uma vez que grande parte do gás carbônico que é lançado na atmosfera durante o processo de produção é absorvido pela fotossíntese da própria cana-de-açúcar.

Qual a fórmula química do Etanol?

Como apontado, o etanol é um álcool, ou seja, sua composição provém de uma hidroxila (OH). Nesse sentido, ele é composto por dois átomos de carbono, seis de hidrogênio e um de oxigênio.

É possível representar a fórmula do etanol de diferentes formas, tais como os que estão mostrados abaixo. Veja só.

Fórmula estrutural do etanol

Uma das maneiras de representar a sua estrutura é por meio da fórmula estrutural, que expõe as ligações químicas que acontecem em sua composição, sendo assim:

  OH

     |

H3C — CH2

Fórmula molecular do etanol

Outra maneira de representar esse composto é por meio de sua fórmula molecular. Esse é o modelo mais conhecido, sendo feito por meio de letras e números. Nesse caso, o álcool etílico pode ser identificado como C2H6O ou C2H5OH.

Qual a importância da produção de etanol para o Brasil?

Quando pensamos em termos econômicos, percebemos que o etanol tem uma grande importância para o Brasil. Com mais de 30% da produção mundial, nosso país é o segundo maior produtor desse álcool no planeta, ficando apenas atrás dos EUA.

Além disso, a produção nacional apresenta baixa toxicidade e obedece às rigorosas especificações técnicas dos padrões internacionais, sendo fonte limpa e acessível de combustível.

Um grande diferencial é que a cana-de-açúcar no Brasil produz cerca de 6,5 mil litros de etanol por hectare plantado, apresentando uma maior produtividade que os EUA (cuja produção é feita com milho) e a Europa (em que a produção é feita com beterraba).

Outro ponto que merece atenção é que esse produto apresenta vantagem com relação aos combustíveis fósseis, pois ele polui menos.

Como se preparar para o vestibular e para o Enem?

Como você pode perceber, o etanol é importante em diversos aspectos para o Brasil e o mundo. Por isso, questões sobre esse conteúdo podem estar presentes tanto na prova objetiva quanto na redação.

Além de estudar as principais informações sobre esse conteúdo, também é necessário saber como se preparar para enfrentar as questões sobre esse e outros assuntos.

Nesse sentido, vale a pena conferir os cursos gratuitos, que oferecem videoaulas de qualidade, além de inúmeros exercícios e dicas para você se preparar para a prova.

Tenha acesso GRATUITO a mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!

Também é necessário organizar seus estudos para aproveitar ao máximo seu tempo disponível. Aqui na Stoodi, elaboramos um cronograma de estudos que considera suas necessidades e carga horária.

Depois de contar com bons materiais e organizar seu tempo de estudo de maneira inteligente, é preciso treinar seus conhecimentos. Nesse sentido, é indispensável fazer exercícios de diferentes matérias e de diversos níveis de dificuldade (fácil, médio e difícil), para poder perceber os pontos que precisam de mais atenção.

É importante ficar por dentro dos principais assuntos cobrados em exames vestibulares, como o etanol, para ir bem na prova e garantir sua vaga em uma boa universidade. Para fazer isso de forma organizada e eficiente, você pode contar com os materiais e dicas da Stoodi!

Gostou das nossas informações e dicas? Então, conheça nosso Plano de Estudos. Por meio dele organizamos uma rotina de estudos adaptadas à universidade em que deseja ser aprovado e sua carga horária!

Você pode gostar também