Fórmula molecular: o que é, como funciona e mais!

Dentro da grande área de estudos da Química Atomística, a fórmula molecular é um cálculo importante para distinguir os conteúdos de um composto em seus mínimos detalhes químicos.

É um conteúdo presente em muitas provas dessa matéria nos vestibulares e no Enem. Portanto, é importante que o vestibulando fique atento no assunto, que explicaremos em detalhes a seguir. Vamos lá?

O que é fórmula molecular?

A fórmula molecular é um cálculo em várias etapas, usado para representar os componentes de uma expressão elemental em fatores mínimos que descrevam todas as suas propriedades. Por meio dela, é possível dizer exatamente quantas moléculas fazem parte daquela substância, distinguindo-as entre seus elementos.

Fórmula mínima e molecular

Para trabalhar o conceito da fórmula molecular, primeiro é necessário conhecer o cálculo da fórmula mínima. Ela é uma apreensão mais ampla de determinada organização química, possibilitando descrever em termos gerais a quantidade de moléculas que estruturam um composto.

Muitos dos cálculos envolvendo fórmula molecular exigem em seu enunciado um conhecimento sobre a fórmula mínima do composto químico em questão.

É possível que essa lógica também se apresente de maneira invertida, trazendo a fórmula molecular no enunciado e questionando ao aluno a descoberta da mínima. Nesse caso, basta inverter o cálculo que apresentaremos a seguir.

Como funciona a fórmula molecular

A fórmula em questão pode ser expressa assim:

fórmula molecular = fórmula mínima . n

Nessa expressão, a letra “n” é resultado de uma pequena divisão: a massa molar do composto dividida pela massa da fórmula mínima.

Tenha acesso GRATUITO a mais de 6 mil videoaulas, 30 mil exercícios, resumos teóricos e materiais complementares pra download!

Essa é a maneira mais comum de se descobrir a fórmula molecular de um extrato químico, mas também existem outras, que você pode conhecer assistindo à videoaula gratuita sobre fórmulas centesimais.

Você pode gostar também