Ao estudarmos Química, uma das prioridades é entendermos bem a tabela periódica e suas propriedades. Falamos aqui sobre os metais alcalinos, um dos grupos mais relevantes nesse gráfico fundamental. Vamos lá?

O que são metais alcalinos

Os metais alcalinos são elementos que estão no primeiro grupo da tabela periódica. Eles são conhecidos como Família 1A.

Exemplos de metais alcalinos

Veja quais são os metais alcalinos presentes na tabela:

  • lítio;
  • potássio;
  • sódio;
  • rubídio;
  • frâncio;
  • césio.

Muitos desses elementos são comuns ao nosso dia a dia, especialmente o sódio e o potássio, que participam de fenômenos e reações muito recorrentes no nosso organismo.

Características dos metais alcalinos

Confira, de modo objetivo, algumas das características mais comuns desses elementos:

  • reagem muito com a água (e formam hidróxidos);
  • reagem muito com o oxigênio (e formam óxidos);
  • têm um elétron na camada de valência;
  • são sólidos em temperatura ambiente;
  • conduzem eletricidade;
  • são pouco duros;
  • estão pouco presentes livremente na natureza;
  • são reativos;
  • são solúveis em água;
  • formam ligações metálicas e iônicas;
  • oxidam-se rapidamente;
  • têm baixa densidade;
  • têm alta ductibilidade;
  • têm brilho (que é perdido rapidamente na exposição ao ar);
  • são, normalmente, brancos;
  • são pouco eletronegativos.

Propriedade dos metais alcalinos

Os metais alcalinos são largamente utilizados em nosso dia a dia. A seguir, veja alguns de seus usos aplicados às suas propriedades:

  • fabricação de detergentes e outros agentes de limpeza;
  • utilizados na indústria como fonte de transferência de calor;
  • usados na iluminação;
  • fabricação de baterias;
  • produção de ligas metálicas.

Os metais alcalinos são um dos grupos mais conhecidos de toda a tabela periódica, mas isso não é tudo! Para aprofundar os seus conhecimentos em Química, conte com a ajuda do Plano de Estudos do Stoodi!

0 Shares:
Você pode gostar também