Confira dicas para pensar em uma boa argumentação

Imagem: https://pixabay.com/photos/pencil-notes-chewed-paper-ball-1891732/ 

Já faz alguns anos que a sustentabilidade é um dos assuntos mais atuais e discutidos. Em abril de 2021, por exemplo, diversas nações se uniram na Cúpula de Líderes sobre o Clima, incluindo o Brasil. No encontro, os países se comprometeram a adotar medidas em favor do ambiente. 

Em virtude dessas movimentações, e da necessidade de preservar os recursos naturais, a sustentabilidade costuma ser um tema recorrente das redações em todo o país. Mas como abordá-lo saindo do óbvio? É isso o que você verá a seguir!

1 – Pense em ações menores primeiramente

Embora seja um assunto de conhecimento geral, muitos alunos se perdem ao discutir sobre a sustentabilidade, porque pensam em ações globais, como as que os países precisam fazer para reduzir a emissão de carbono

Apesar de essas medidas serem essenciais, e terem um impacto grande para a vida no planeta, é interessante não colocar a culpa “apenas no poder público”. O candidato pode analisar, por exemplo, quais ações na cidade ou bairro em que ele mora estão sendo realizadas. 

Esse tipo de exemplo ajuda a tornar a redação mais próxima da realidade. Até porque, algumas provas, como o ENEM, cobram soluções. Então, não basta generalizar que o problema deve ser resolvido pelo governo. 

2 – Lembre-se de fundamentar suas ideias

Elencar ações que podem ser feitas para ajudar o meio ambiente é interessante, mas não o suficiente. Ao citar a reciclagem, por exemplo, é necessário explicar o porquê ela é importante. Nesse caso, o candidato poderia dizer que os materiais demoram para se decompor, então, o ideal é gerar menos resíduos e reaproveitar ao máximo. 

Os exemplos, portanto, precisam estar associados com os problemas que resolvem. Caso contrário, eles poderão ficar soltos no texto, e não ajudarem tanto na pontuação. 

Imagem: https://pixabay.com/photos/writing-notes-pen-hand-paper-933262/ 

3 – Cite as soluções tecnológicas

A internet trouxe muitos avanços para todos, sendo um deles a sustentabilidade. Já percebeu quais ações deixaram de ser feitas por causa das novas ferramentas? 

O sistema judiciário, por exemplo, trocou uma série de documentos físicos pelos digitais. Consequentemente, o uso de papel tem sido diminuído, até porque, é mais fácil cuidar de arquivos virtuais do que de materiais. 

Os mercados também evoluíram nesse sentido. Atualmente, a sustentabilidade tem sido usada pelas empresas como uma forma de se posicionarem e conquistarem o público. As Lojas Americanas são um exemplo. As lojas já nascem com o conceito de “lojas verdes”, com um sistema de ar condicionado que não emite gases poluentes, gerador de energia de baixo consumo e lâmpadas de LED para eficiência energética de baixo impacto ambiental. Entre outras ações adotadas pela Lojas Americanas estão: divulgação de folhetos pela internet, para diminuir o gasto de papel; inauguração de usinas solares, além de parcerias com ONG que atuam na esfera ambiental, como a Fundação Amazonas. 

Além do programa de compensação, que tem continuidade em 2018, as lojas LOCAL já nascem dentro do conceito de “lojas verdes”, contando com sistema de ar condicionado que não emite gases poluentes, geradores de energia de baixo consumo, lâmpadas de LED que contribuem para a eficiência energética e tecnologias de baixo impacto ambiental.

4 – Aborde os desafios

Na teoria, tudo é lindo. Mas a prática nem sempre sai como o esperado. Uma das críticas à sustentabilidade é que ela prejudicaria o desenvolvimento econômico, por freá-lo. Por outro lado, há estudos que apontam que os dois aspectos podem andar juntos. 

É importante estudar esses argumentos, pois eles podem ser cobrados pela banca examinadora. Então, caso seja necessário apresentar algum desafio, o estudante já deve ter na manga algum ponto para rebater. Isso ajudará a demonstrar o poder de argumentação. 

5 –  Estude os conceitos envolvidos

A sustentabilidade está ancorada em um tripé composto por meio ambiente, economia e sociedade. Essas três dimensões podem ser entendidas da seguinte forma: 

  • sustentabilidade ambiental: preservação da natureza e uso racional dos recursos disponíveis; 
  • sustentabilidade econômica: explorar os recursos sem prejudicar a geração futura, afinal, grande parte dos recursos naturais são finitos; 
  • sustentabilidade social: participação ativa dos cidadãos para adotar medidas que visem o bem-estar e a preservação do meio ambiente. 

Quando o estudante conhece todos esses conceitos, ele consegue explorá-los na redação e pensar em bons argumentos. Até porque, não basta saber escrever corretamente, é preciso desenvolver bem as ideias, conectá-las e, muitas vezes, apresentar soluções. 

Banner Stoodi Med
Você pode gostar também
Passo a passo para acertar na redação
Leia mais

Passo a passo para acertar na redação

Assim como toda boa história, uma redação também deve ter começo, meio e fim. Pensar na redação do vestibular de forma estruturada contribui para a síntese das ideias e facilita a construção dos parágrafos. Para contribuir com o seu desenvolvimento, a equipe responsável pelas aulas de Português do Stoodi elaborou...