Saiba como usar o termo “no qual” nas suas redações

Professora de redação afirma que grande parte dos alunos comete erros de concordância com o pronome relativo

 

Como usar o qual?

Para usar o pronome relativo qual e suas flexões, o termo deve vir acompanhado de um artigo. Desta forma, ele é usado depois de preposições com duas sílabas ou mais e de locuções prepositivas.

De acordo com a coordenadora de redação do Stoodi, Marina Sestito, no é a junção do termo em + o. Sendo assim, para essa expressão aparecer no texto, a frase deve exigir a preposição em.

“No qual” deve ser usado com verbo transitivo indireto e “o qual” deve ser usada com verbo transitivo direto.

Dica gramatical

Para ter certeza que a expressão cabe na oração, substitua o termo pela preposição em mais o pronome relativo que, pois os dois possuem a mesma função.

Uso correto do qual

Esta é a casa na qual morei. Esta é a casa em que morei.
Quem mora, mora EM algum lugar. Portanto, o uso está correto.

Uso incorreto do qual

A pessoa na qual merece destaque é Maria. A pessoa em que merece destaque é Maria.
O certo nessa oração seria: a pessoa que merece destaque é Maria. Ou seja, não aceitaria a flexão.

A linguagem escrita é muito diferente da linguagem falada todos os dias. É natural tentarmos sintetizar os rodeios que saem despercebidos e melhorar o vocabulário com palavras mais cultas.

Melhore a sua redação

Contextualizar de maneira correta é a maior dificuldade dos estudantes, comenta Marina Sestito, Coordenadora de Redação

Para evitar que o texto fique redundante, denso e pesado, são procuradas formas para retomar ideias e fazer a ligação entre as frases. É nesse momento que os pronomes relativos entram em ação.

Eis que surge um perigo: justamente pela proposta de simplificar, eles podem ser usados como muleta, sendo utilizados com tanta frequência que tornam-se vícios de linguagem. E o pior: começam a aparecer em frases sem nenhum sentido.

Isso é muito comum nas redações do Enem, vestibulares e demais processos seletivos. Marina afirma que muitos alunos confundem a função do pronome relativo e acabam cometendo erros – muito cuidado para não ser um desses.

“O estudante deve entender onde vai o ‘no qual’, por exemplo. Se a pessoa percebe, exatamente, qual é a função do pronome, ela vai entender em que caso usar”, comenta.

Quer ver muitas outras dicas como essa e se preparar com tudo para o Enem e principais vestibulares do país? Cadastre-se gratuitamente no Stoodi e aproveite todo o conteúdo do site.

Com informações do blog Não Mate a Língua Portuguesa

Campanha Always On Cronograma