Conheça a estrutura da prova e suas características principais

Foto: reprodução/divulgação

Você sabe como funciona o vestibular da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”

A Unesp é uma universidade pública com diversos campi distribuídos por todo o Estado de São Paulo – para se ter uma noção, ela está presente em 24 municípios, com o total de 34 unidades. 

Se você quer concorrer a uma vaga entre os seus 155 cursos pelo vestibular 2018, fique atento às datas: as inscrições para a próxima edição do processo seletivo abrirá em 11 de setembro e vai até o dia 9 de outubro. 

A instituição informa que o vestibular é composto por duas fases, “sendo a primeira constituída de uma prova de Conhecimentos Gerais e a segunda de uma prova de Conhecimentos Específicos e Redação”. 

Se você ainda não o conhece, fique por dentro das principais informações e características: 

Quando acontecerá o vestibular 2018 da Unesp? 

As datas da próxima edição do vestibular já foram marcadas: 

  • A primeira fase acontecerá no dia 15 de novembro – numa quarta-feira, durante o feriado nacional que se comemora o dia da Proclamação da República. 
  • A segunda fase ficou definida praticamente um mês depois, nos dias 17 e 18 de dezembro – um domingo e uma segunda-feira. 

Como é a estrutura do vestibular da Unesp?

Na primeira fase do vestibular você terá que resolver uma prova de conhecimentos gerais com 90 questões objetivas. Todas elas são em formato múltipla escolha e contêm 5 alternativas para você encontrar a resposta correta.

A prova é formada por: 

  • 30 questões de Linguagens e Códigos – que possuem os conteúdos de Língua Portuguesa, Literatura, Língua Inglesa, Educação Física e Arte;
  • 30 questões de Ciências Humanas – que diz respeito aos tópicos de História, Geografia, Filosofia e Sociologia;
  • 30 questões de Ciências da Natureza e Matemática – nas quais você resolverá exercícios de Biologia, Química, Física e Matemática.
     

Na segunda fase, as coisas mudam um pouco. Essa etapa é formada por duas provas de conhecimentos específicos, mais uma redação. 

Ao todo, você terá que responder a 36 questões discursivas. Elas serão distribuídas da seguinte maneira: 

  • 1º dia: 24 questões. Sendo 12 de Ciências Humanas e 12 de Ciências da Natureza e Matemática.
  • 2º dia: 12 questões de Linguagens e a Redação.
     


Foto: reprodução/divulgação

Qual é o tempo de duração de cada prova? 

Para você resolver cada uma das provas (tanto da primeira como da segunda fase), você terá o total de 4 horas e 30 minutos. 

O que a Unesp avalia em seu vestibular?

De acordo com a universidade, o vestibular irá selecionar candidatos capazes de

  1. Articular ideias de modo coerente;
  2. Compreender ideias, relacionando-as;
  3. Expressar-se com clareza;
  4. Conhecer o conteúdo do currículo da Educação Básica do Estado de São Paulo.

Como é a redação da Unesp? 

A redação da Unesp tem caráter dissertativo argumentativo. Por isso, a professora Karina sugere em aula que você se preocupe mais com a argumentação do que com a exposição dos fatos. 

“Na prova de redação, espera-se que o candidato produza uma dissertação em prosa na norma-padrão da língua portuguesa, a partir da leitura de textos auxiliares, que servem como um referencial para ampliar os argumentos produzidos pelo próprio candidato”, afirma a instituição. 

Karina conta que existe uma particularidade na redação da Unesp: ela apresenta um material um pouco maior para desenvolver o seu texto. 

“O interessante da Unesp é que não é apenas a coletânea da proposta de redação que conta. A banca pode pedir também ao candidato que leve em consideração os textos apresentados nas questões discursivas”, releva.

A nota da redação da Unesp é avaliada de 0 a 28 pontos. Como o tempo é um pouco apertado, é interessante que você dedique cerca de uma hora para fazer sua redação. 


Foto: reprodução/divulgação
 

Confira 7 temas de redação que já caíram no vestibular da Unesp para ver como costuma ser abordado: 

2016 – Publicação de imagens trágicas: banalização do sofrimento ou forma de sensibilização?
2015 – O legado da escravidão e o preconceito contra negros no Brasil
2014 – Corrupção no Congresso Nacional: reflexo da sociedade brasileira?
2013 – Escrever: o trabalho e a inspiração
2012 – A bajulação: virtude ou defeito?
2011 – Grafites: entre o vandalismo e a arte
2010 – A Felicidade, Entre O Ter e O ser

Como são as perguntas da Unesp? 

A estrutura da Unesp fica mais próxima do Enem do que de outros vestibulares, principalmente por sua distribuição de tópicos e disciplinas. Os dois processos seletivos apresentam muitas perguntas que envolvem interpretação e compreensão de texto. 

Diferente dos vestibulares da Unicamp e da Fuvest, a prova da Unesp apresenta uma grande quantidade de questões tanto de Filosofia como de Sociologia. Por isso, muitos professores consideram que a universidade dá bastante ênfase principalmente às áreas de humanidades. 

Posso participar como treineiro? 

Se você ainda não vai concluir o ensino médio neste ano, mas quer ter a experiência do vestibular, você pode participar do processo seletivo como treineiro. 

“O candidato que se autodeclarar TREINEIRO tem redução de 50% do valor da taxa de inscrição”, afirma a Unesp no edital. 

Porém, se você selecionar essa opção, lembre-se que não será possível realizar matrícula, caso você seja aprovado, ok? 

A Unesp apresenta atendimento a candidatos com necessidades especiais? 

Sim. Se você precisar de condições especiais para realizar as provas, você deve declarar a sua necessidade na ficha de inscrição, enviar pelo correio o laudo emitido por médico que descreva com precisão a natureza, o tipo e o grau da deficiência, além de explicar quais são as condições necessárias para a realização do vestibular. 


Foto: reprodução/divulgação

Quais são as cidades que as provas da unesp são aplicadas?

Serão aplicadas as provas da Unesp em: 

No estado de São Paulo
Americana, 
Araçatuba, 
Araraquara, 
Assis, 
Bauru, 
Botucatu, 
Campinas, 
Dracena, 
Franca, 
Guaratinguetá, 
Guarulhos, 
Ilha Solteira, 
Itapeva, 
Jaboticabal, 
Jundiaí, 
Marília, 
Ourinhos, 
Piracicaba, 
Presidente Prudente, 
Registro, 
Ribeirão Preto, 
Rio Claro, 
Rosana, 
Santo André, 
São João da Boa Vista, 
São José do Rio Preto, 
São José dos Campos, 
São Paulo, 
São Vicente, 
Sorocaba
Tupã.

Em outros estados e no Distrito Federal
Brasília, 
Campo Grande, 
Uberlândia.

Quais são os critérios de desempate?

Em caso de empate na nota final, os critérios para desempate serão, pela ordem:
Maior nota na 2ª fase;
Maior nota na Redação;
Maior nota no componente Ciências da Natureza e Matemática da Prova de Conhecimentos Específicos;
Maior nota no componente Ciências Humanas da Prova de Conhecimentos Específicos;
Idade mais elevada (considerando-se os anos, meses e dias a partir do nascimento).

Lembrando que, de acordo com a Unesp, não haverá revisão ou vista de provas.
 

Banner Stoodi Med
Você pode gostar também
PUC-PR abre as inscrições para o vestibular 2016 de Medicina
Leia mais

PUC-PR abre as inscrições para o vestibular 2016 de Medicina

Candidato tem até o dia 7 de outubro para realizar a inscrição. O valor da taxa varia entre R$ 220 até R$ 400 Até 7 de outubro a Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR) recebe inscrições para o processo seletivo que irá ofertar 101 vagas para ingresso no primeiro semestre...
Abre inscrições para Fuvest 2016
Leia mais

Abre inscrições para Fuvest 2016

Período para se inscrever no vestibular vai até 9 de setembro. Valor cobrado para realizar a prova é de R$ 145,00 Foto: Marcos Santos/USP Imagens Foram abertas as inscrições para o vestibular Fuvest 2016 da Universidade de São Paulo (USP) nesta sexta-feira (21). O período de inscrição se encerra em...