A Fuvest é um dos maiores vestibulares do Brasil. Responsável por organizar a entrada de uma das principais universidades estaduais de São Paulo, a Fundação Universitária para o Vestibular aplica um dos processos seletivos mais concorridos do país.

Quer saber como a prova da Fuvest funciona e ver os últimos exames aplicados? Então continue lendo este post!

O que é a Fuvest?

A Fuvest, ou Fundação Universitária para o Vestibular, é uma organização autônoma, principal responsável pela elaboração e aplicação do vestibular da Universidade de São Paulo (USP). É hoje o segundo maior vestibular do Brasil, contando com mais de 140.000 inscritos.

Para as entradas em 2019 são disponibilizadas 8.365 vagas nas mais de 220 opções de curso. Em termos de dimensão, a Fuvest só fica atrás do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que é hoje a principal forma de entrada para a maioria das universidades brasileiras.

Ao longo do tempo a Fuvest passou por algumas adaptações. No ano de 2010, grandes mudanças aconteceram, buscando tornar o exame mais acessível para os concorrentes provenientes de escolas públicas, além de mais interdisciplinar.

Nesse sentido, a prova manteve seu nível de dificuldade, privilegiando o candidato que apresentar maior capacidade de raciocínio, analisando e relacionando os diferentes temas e disciplinas presentes na prova.

Desde 2010 a Fuvest passou a adotar a inscrição via internet. Além disso, outra mudança importante foi o peso da nota na primeira fase. A partir do ano de 2010, essa nota não influenciaria no resultado final, servindo apenas como uma fase classificatória. Dessa forma, nenhum estudante entraria na segunda fase em desvantagem.

Outra mudança muito significativa aconteceu no modelo da segunda fase em 2010: realizada em 3 dias, a prova cobrava todas as disciplinas de todos os alunos, sem exceção. As questões eram todas dissertativas.

Fuvest: Provas anteriores e gabaritos

As provas da Fuvest dos anos anteriores, e seus respectivos gabaritos, podem ser encontrados na internet. Abaixo, para facilitar, listamos os arquivos de cada uma das provas e gabaritos, de 2010 a 2017.

Prova Fuvest 2017

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2016

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2015

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2014

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2013

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2012

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2011

Prova e Gabarito

Prova Fuvest 2010

Prova e Gabarito

Cidades de aplicação

As provas da Fuvest são aplicadas em várias cidades do Estado de São Paulo:

  • Região Metropolitana de São Paulo: São Paulo, Barueri/Santana de Parnaíba, Carapicuíba, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Osasco, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul e Taboão da Serra;
  • Interior de São Paulo: Barretos*, Bauru, Campinas, Fernandópolis*, Franca, Jaú*, Jundiaí, Limeira, Lorena, Marília*, Mogi Mirim, Piracicaba, Pirassununga, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté*.

Os municípios marcados com asterisco (*) aplicam apenas as provas da primeira fase, sendo necessário que os candidatos sejam realocados da seguinte forma para a segunda fase:

  • de Barretos para Ribeirão Preto;
  • de Fernandópolis para São José do Rio Preto;
  • de Jaú e de Marília para Bauru;
  • de Taubaté para São José dos Campos.

Como funciona a prova da Fuvest?

A prova da Fuvest acontece, como citamos, em duas fases distintas. A primeira fase consiste em uma grande “peneira”, buscando filtrar os melhores e mais bem preparados candidatos do vestibular. É considerada tão difícil que apenas cerca de 30% dos concorrentes consegue atingir as notas mínimas exigidas para a classificação à segunda etapa.

Já a segunda etapa é um misto de prova de resistência e conhecimentos aprofundados. Apenas os melhores estudantes conseguem se classificar, o que faz com que a prova da Fuvest seja uma das mais complexas do Brasil.

Primeira Fase

A primeira etapa da prova da Fuvest consiste em 90 questões objetivas, sendo que cada uma tem cinco alternativas. São aplicadas as principais matérias do Ensino Médio:

  • Biologia;
  • Física;
  • Geografia;
  • História;
  • Inglês;
  • Matemática;
  • Português;
  • Química.

Considerada muito difícil pelos especialistas, a prova da primeira fase da Fuvest exige uma ótima pontuação para que o candidato consiga se classificar. A depender do curso, a nota de corte pode superar os 60 pontos, o que demonstra o alto nível de competição dessa etapa.

Essa nota de corte é calculada de curso para curso, podendo mudar todos os anos em decorrência do desempenho dos alunos no ano anterior. O ideal, nesse caso, é calcular uma margem para cima, principalmente para ter como referência de estudos uma nota de corte maior do que a do vestibular passado.

A desclassificação automática acontece para aqueles candidatos que não atingirem 30% de acertos nas 90 questões (ou, em números absolutos, 27 acertos). Como não há redação nessa etapa, a eliminação acontece apenas por esse critério. Além, é claro, se houver desrespeito às regras do edital. Os candidatos têm cinco horas para resolver a prova.

Segunda Fase

Já a segunda fase da Fuvest é uma verdadeira maratona de conhecimento e resistência. Acontece, em média, em menos de 40 dias depois da aplicação da primeira fase, o que exige mais ainda dos candidatos.

Tradicionalmente, até o ano de 2018, eram três dias seguidos de provas, que acontecem no começo de janeiro do ano seguinte. O primeiro dia traz 10 questões de Língua Portuguesa (incluindo Literatura) e a prova de redação.

Já no segundo dia a prova apresenta 16 questões discursivas sobre todas as disciplinas aplicadas na primeira fase. Apesar de não ser considerada uma prova muito grande, esse segundo dia é sem dúvidas muito exaustivo para os candidatos, uma vez que o conteúdo das provas é vasto e tenso.

Enfim, o último dia de provas da Fuvest traz 12 questões transdisciplinares de disciplinas específicas, que variam de curso para curso. Cada dia de prova tem duração de 4 horas.

Esse modelo explicado acima é o que foi praticado até o ano de 2018. Entretanto, a partir do vestibular Fuvest de 2019, o segundo dia de provas foi extinto. Isso significa que a segunda fase passará a ter apenas dois dias de exames, com português e redação no primeiro dia e questões específicas no segundo.

Essa mudança aconteceu principalmente pela avaliação que a USP fez de seu próprio processo seletivo, considerado cansativo e desgastante. A prova continua muito difícil e complexa, mas ao menos, esse processo será ligeiramente mais curto.

As duas provas da segunda fase valem 100 pontos cada uma. No primeiro dia, as questões valem 50 pontos e a redação outros 50 pontos. Diferentemente do Enem, zerar a redação não significa eliminação imediata, uma vez que a Fuvest considera a nota da prova como um todo. Assim, a redação nada mais é do que uma grande “questão” com valor de 50 pontos.

Cada uma das questões pode receber pontuações que variam de zero a cinco, de modo que, assim como acontece na primeira fase, o total de pontos é convertido em base decimal. Dessa forma, se o candidato obtiver 45 de 60 pontos possíveis (12 questões do segundo dia, valendo 5 pontos cada uma), a nota será multiplicada pelo fator 100/60.

Isso significa que a nota é traduzida, na base centesimal, em 45 x 100/60, resultando em um total de 75 pontos (ou 75% dos pontos).

Já a nota final é, hoje, a média aritmética simples das três provas aplicadas, incluindo aí a primeira fase do vestibular, que volta a valer como critério de classificação final.

Obras literárias

A prova exige a leitura de uma série de obras literárias. Para o vestibular Fuvest 2019, são elas:

  • A Relíquia, de Eça Queirós;
  • Claro Enigma, de Carlos Drummond de Andrade;
  • Iracema, de José de Alencar;
  • Mayombe, de Pepetela;
  • Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis;
  • Minha Vida de Menina, Helena Morley;
  • O Cortiço, de Aluísio Azevedo;
  • Sagarana, de João Guimarães Rosa;
  • Vidas Secas, Graciliano Ramos.

Disciplinas

amigos estudando provas fuvest

O edital da Fuvest é um dos mais extensos do Brasil, com diversos assuntos para cada uma das disciplinas do Ensino Médio. Entretanto, alguns deles são mais recorrentes.

Biologia

  • Botânica
  • Ecologia
  • Células
  • Corpo Humano
  • Genética
  • Evolução
  • Microbiologia

Física

  • Leis de Newton
  • Movimento
  • Termodinâmica
  • Eletrodinâmica
  • Ondas
  • Estática

Geografia

  • Geografia Física
  • Geopolítica
  • Atividades Econômicas
  • Meio Ambiente
  • Contexto geográfico brasileiro
  • Demografia

História

  • Feudalismo
  • Civilizações antigas (Roma, Grécia e Egito)
  • Primeira e Segunda Guerras Mundiais
  • História Geral do Brasil
  • Política Mundial

Inglês (ou espanhol)

  • Interpretação de texto
  • Gramática
  • Vocabulário

Língua Portuguesa

  • Concordância verbal
  • Concordância nominal
  • Interpretação de texto
  • Gramática
  • Ortografia
  • Intertextualidade
  • Coesão
  • Coerência

Literatura

  • Romantismo
  • Modernismo
  • Naturalismo
  • Realismo
  • Obras Literárias obrigatórias

Matemática

  • Geometria Plana
  • Geometria Analítica
  • Funções
  • Estatística
  • Probabilidade
  • Análise Combinatória
  • Trigonometria
  • Progressões

Química

  • Orgânica
  • Estequiometria
  • Inorgânica
  • Tabela Periódica
  • Equilíbrio Químico

Redação

  • Estrutura textual
  • Aplicação da norma culta
  • Argumentação
  • Recursos de texto

As disciplinas aplicadas nas provas específicas variam de curso para curso e foram publicadas no Diário Oficial do Estado de São Paulo. Basicamente, os cursos da área de Biológicas têm provas de Biologia e Química. Dependendo do curso escolhido, é possível realizar provas de Matemática, Física, História e até mesmo de Geografia.

Já os cursos de Exatas têm predominância de Matemática e Física. Da mesma maneira, existem aqueles que têm provas de Biologia, Química e, no caso do curso de Matemática Aplicada (de Ribeirão Preto), Geografia.

Por fim, os cursos de Humanas apresentam predomínio de Geografia e História nas provas específicas da segunda fase. Alguns incluem na prova disciplinas como Matemática (cursos voltados para as áreas de Administração, Contabilidade, Direito, etc), Química e Biologia (curso de Gestão Ambiental) ou Física (Arquitetura e Design).

O portal do Vestibular da Fuvest disponibiliza essas informações, junto ao Edital do concurso e Manual do Candidato.

Cursos da Fuvest

A Fuvest oferece, ainda, um grande leque de opções de cursos. São 229, para ser mais exato. Não à toa, é o principal vestibular do Brasil quando se desconsidera o Enem. Os cursos de graduação ofertados pela USP são:

  • Administração
  • Arquitetura e urbanismo
  • Artes cênicas
  • Artes visuais
  • Astronomia
  • Audiovisual
  • Biblioteconomia
  • Biotecnologia
  • Ciências agrárias
  • Ciências Atuariais
  • Ciências biológicas
  • Ciências Biomédicas
  • Ciências Contábeis
  • Ciências da Computação
  • Ciências da Natureza
  • Ciências dos Alimentos
  • Ciências Exatas
  • Ciências Físicas e Biomoleculares
  • Ciências Sociais
  • Design
  • Direito
  • Economia
  • Economia Empresarial e Controladoria
  • Editoração
  • Educação Física e Esporte
  • Educomunicação
  • Enfermagem
  • Engenharia Aeronáutica
  • Engenharia Agronômica
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Bioquímica
  • Engenharia Civil
  • Engenharia de Alimentos
  • Engenharia de Biossistemas
  • Engenharia de Computação
  • Engenharia de Materiais
  • Engenharia de Materiais e Manufatura
  • Engenharia de Minas
  • Engenharia de Petróleo
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Física
  • Engenharia Florestal
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Mecatrônica
  • Engenharia Metalúrgica
  • Engenharia Naval
  • Engenharia Química
  • Estatística
  • Farmácia-bioquímica
  • Filosofia
  • Física
  • Física Computacional
  • Física Médica
  • Fisioterapia
  • Fonoaudiologia
  • Geociências e Educação Ambiental
  • Geofísica
  • Geografia
  • Geologia
  • Gerontologia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão de Políticas Públicas
  • História
  • Informática Biomédica
  • Jornalismo
  • Lazer e Turismo
  • Letras
  • Marketing
  • Matemática
  • Matemática Aplicada
  • Matemática Aplicada a Negócios
  • Matemática Aplicada e Computação Científica
  • Matemática Aplicada e Computacional
  • Medicina
  • Medicina Veterinária
  • Meteorologia
  • Música
  • Nutrição
  • Nutrição e Metabolismo
  • Obstetrícia
  • Oceanografia
  • Odontologia
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Publicidade e Propaganda
  • Química
  • Relações Internacionais
  • Relações Públicas
  • Saúde Pública
  • Sistemas de Informação
  • Terapia Ocupacional
  • Têxtil e Moda
  • Turismo
  • Zootecnia

Data da Fuvest 2019 e local de prova

As inscrições para o Vestibular Fuvest 2019 foram abertas no dia 13 de agosto de 2018 e se encerraram no dia 14 de setembro. A taxa de inscrição foi de R$ 170,00, mesmo valor cobrado no ano anterior.

O processo seletivo adotou as inscrições por modalidades de vaga. Isso significa que, no ato da inscrição, o candidato escolhia entre três opções de ingresso:

  • Ampla Concorrência (AC): vagas abertas a todos os candidatos, sem exigências;
  • Ação Afirmativa Escola Pública (EP): vagas direcionadas a candidatos que cursaram todo o Ensino Médio em escolas públicas, independentemente de renda familiar;
  • Ação Afirmativa Preto, Pardo e Indígena (PPI): vagas direcionadas para os candidatos que se autodeclaram pretos, pardos e indígenas. É necessário que tenham cursado todo o Ensino Médio em escola pública.

As provas da primeira fase serão aplicadas no dia 25 de novembro de 2018. Já a segunda fase será aplicada nos dias 6 e 7 de janeiro de 2019, respectivamente um domingo e uma segunda-feira.

Com o fim recente das inscrições, os locais de prova ainda não foram divulgados, mas poderão ser consultados no portal do Vestibular Fuvest 2019.

Sem dúvidas o vestibular da Fuvest é um dos mais concorridos do Brasil e tem uma das provas mais complexas de todo o país. Demanda um alto grau de preparação e estudo, principalmente devido ao alto número de concorrentes.

Curtiu nosso artigo? Então aproveite para se preparar para o vestibular da Fuvest 2019 com nossa vasta base de exercícios e nossas videoaulas!

0 Shares:
Você pode gostar também
Abre inscrições para Fuvest 2016
Leia mais

Abre inscrições para Fuvest 2016

Período para se inscrever no vestibular vai até 9 de setembro. Valor cobrado para realizar a prova é de R$ 145,00 Foto: Marcos Santos/USP Imagens Foram abertas as inscrições para o vestibular Fuvest 2016 da Universidade de São Paulo (USP) nesta sexta-feira (21). O período de inscrição se encerra em...