Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Gimnospermas e Angiospermas

Voltar para exercícios de Biologia

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Gimnospermas e Angiospermas dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 31. UNITINS 2016
    Orquídea, eucalipto, samambaia, milho e feijão são exemplos, respectivamente, de:
  2. 32. UEPB 2011
    As angiospermas são divididas em dois grandes grupos: o das monocotiledôneas e o das dicotiledôneas. A principal característica que permite distinguir esses dois grupos é o número de cotilédones presentes na semente. Além dessa diferença básica existem outras que estão listadas abaixo. I. Sistema radicular pivotante VI. Nervuras paralelas e folhas invaginantes II. Sistema radicular fasciculado VII. Flores trímeras III. Feixes vasculares espalhados pelo caule VIII. Flores tetrâmeras ou pentâmeras IV. Feixes vasculares dispostos em torno de um cilindro central IX. Frutos com 2 ou 5 lojas (ou múltiplos) V. Nervuras reticuladas e folhas pecioladas X. Frutos com 3 lojas (ou múltiplos) Assinale a alternativa que apresenta apenas características das dicotiledôneas.
  3. 33. UFF 2012
    O feijão, o arroz, o milho e a mandioca fazem parte da dieta básica do brasileiro e são plantados em todas as regiões do país. Considere esses vegetais e aponte quais pertencem à classe das monocotiledôneas.
  4. 34. UPE 2015
    Um naturalista amador, interessado por plantas, poderia iniciar seus estudos com as Angiospermas, por causa da ampla distribuição de espécies no mundo. Algumas características permitem dividi-las em duas classes. Assim, o naturalista poderia explorar um fruto, cortando-o ao meio e procurando o número de cotilédones, dois ou um, dicotiledônea ou monocotiledônea, respectivamente. Além dessas características, outras diferenças podem ser observadas na tabela a seguir:   Característica Dicotiledônea Monocotiledônea I. Tipo de nervação foliar Nervuras paralelas Nervuras reticuladas II. Distribuição dos vasos no caule Feixes liberolenhosos dispostos em círculo Feixes liberolenhosos espalhados III. Tipo de raiz Raiz pivotante Raiz fasciculada IV. Tipo de flor Elementos florais geralmente em números múltiplos de quatro ou cinco Elementos florais geralmente em números múltiplos de três   Estão CORRETAS as características estampadas na tabela em
  5. 35. UFG 2012
    TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: O berimbau é um instrumento musical de origem africana, muito tocado no Brasil em rodas de capoeira. Em sua obra Viagem pitoresca e histórica ao Brasil Jean-Baptiste Debret descreveu o berimbau como segue: "Este instrumento musical se compõe da metade de uma cabaça presa a um arco curvo de bambu, com um fio de latão, sobre o qual se bate ligeiramente. Pode-se conhecer o instinto musical do tocador, que apoia a mão sobre a frente descoberta da cabaça a fim de obter, pela vibração, um som grave e harmonioso”. Disponível em: . Acesso em: 7 fev. 2012. O instrumento musical descrito no texto só pôde ser fabricado devido, evolutivamente, ao surgimento do seguinte grupo vegetal:
  6. 36. UFRN 2013
    Em um experimento, um tipo de planta que se reproduz tanto de forma sexuada como assexuada é cultivada em dois ambientes artificiais distintos (I e II). No ambiente I, as condições de temperatura e umidade são constantes e não há presença de insetos. No ambiente II, há presença de insetos e a temperatura e a umidade são instáveis. Considerando os dois ambientes, a reprodução que teria melhor resultado na produção vegetal é:
  7. 37. UNITINS 2018
    Atualmente, são conhecidas mais de 300 mil espécies de plantas, as quais costumam ser divididas em quatro grandes grupos de acordo com a sua organização corporal e aspectos reprodutivos. Sobre o reino Plantae, assinale a alternativa correta.
  8. 38. UEPB 2014
    Nas angiospermas as estruturas relacionadas com a reprodução sexuada são as flores. Observe o esquema, onde se encontra representada uma flor, e identifique as estruturas numeradas; em seguida, estabeleça a relação entre o número indicado no esquema, nome da estrutura e a descrição da mesma. A. Ovário. B. Pétalas. C. Estame. D. Gineceu. E. Antera. I. Dilatação na ponta do filete onde são produzidos os grãos de póle. II. Estrutura que contém o óvulo e que, ocorrendo a fecundação, desenvolve-se originando o fruto. III. Estrutura reprodutora feminina da flor, formada pela fusão de folhas carpelares, IV. Em conjunto compõem a corola, importante na atração dc agentes polinizadores. V. Formado pelo filete e a antera: o conjunto destes compõe o androceu. A alternativa que apresenta a relação correta é:  
  9. 39. Stoodi 2018
    Acompanhe atentamente o trecho a música abaixo:   Semente, semente, semente Semente, semente Se não mente fale a verdade De que árvore você nasceu? De onde veio? De onde apareceu Porque que o meu destino É tão parecido com o seu? Eu sou a terra Você minha Semente Na chuva a gente se entende É na chuva que a gente se entende Oh Semente!   Se conseguir Aquilo que você quer E conseguir manter A nobreza de ser quem tu é Tenha certeza Que vai nascer uma planta Que a flor vai ser de esperança De amor pro que der e vier Oh Mulher! (Armandinho)   Considerando os trechos destacados em negrito, assinale o item que traz corretamente as respostas para as duas perguntas e o grupo de planta referido, na sequência que apareceram na letra da música:
  10. 40. PUC-PR 2016
    Leia o fragmento de texto a seguir: Identificados genes que podem salvar araucária do risco de extinção Formação embrionária do pinhão, semente do pinheiro-brasileiro, é alvo de abordagem molecular inédita capaz de auxiliar na preservação da espécie Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) identificaram 24.181 genes ligados à formação do embrião da araucária (Araucaria angustifolia) – árvore nativa do Brasil também chamada de pinheiro-brasileiro – e de sua semente, o pinhão. A descoberta poderá auxiliar no estabelecimento de um sistema para a propagação in vitro da espécie, que está sob risco crítico de extinção, de acordo com a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), e cuja madeira tem alto valor de mercado. Com a identificação dos genes, será possível um maior controle sobre o processo de embriogênese somática, ou seja, a formação de um embrião sem que haja fecundação e a partir de células não reprodutivas. Trata-se de uma das mais promissoras técnicas biotecnológicas de produção de embriões vegetais, que permite a criopreservação (conservação por meio de congelamento) e a clonagem em massa. No caso da araucária, ela é dificultada porque as sementes perdem viabilidade e não sobrevivem por longos períodos de armazenamento. Disponível em: . Acesso em: 03.07.2015. Sobre o organismo descrito no texto, marque a alternativa CORRETA.
  11. 41. UNIRG 2018
    A polinização de plantas é um processo essencial para a manutenção de populações no ambiente natural e pode ocorrer através de vários agentes. A polinização realizada por morcegos é conhecida como (marque abaixo a alternativa correta):
  12. 42. IFSUL 2011
    As angiospermas são o grupo de plantas com o maior numero de espécies, disseminadas nos mais variados ambientes. Como sua fecundação independe da água, adaptaram-se com facilidade ao meio terrestre. Com relação as estruturas envolvidas e ao processo de reprodução dessas plantas, todas as afirmativas abaixo estão corretas, exceto:
  13. 43. ACAFE 2016
    A maior diversidade de plantas do mundo Depois de sete anos de trabalho, um grupo de  botânicos do Brasil e de outros  países concluiu a versão mais recente de um amplo levantamento sobre a diversidade de plantas, algas e fungos do Brasil, agora calculada em  espécies. Quase metade,  é exclusiva (endêmica) do território nacional. O total coloca o Brasil como o país com a maior riqueza de plantas no mundo. Fonte: Revista FAPESP - ED. 241 | Marco 2016. Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/ Em relação ao processo reprodutivo das plantas, correlacione as colunas a seguir. 1. Dicogamia 2. Apomixia 3. Cleistogamia 4. Reprodução Gâmica 5. Propagação vegetativa (     ) Mecanismo que favorece a autofecundação, já que a polinização ocorre antes da abertura do botão floral ou antese (     ) Amadurecimento da parte feminina (gineceu) da flor e da parte masculina (androceu) em momentos diferentes, favorecendo a alogamia. (     ) Reprodução biológica sem fecundação, meiose ou produção de gametas, com o resultado das sementes serem geneticamente idênticas às da planta mãe. (     ) Multiplicação assexuadamente de partes de plantas (células, tecidos, órgãos ou propágulos), originando novos indivíduos. (     ) Fusão de gametas maternos e paternos oriundos da mesma planta ou de diferentes plantas. A sequência correta, de cima para baixo, é:
  14. 44. PUCSP 2011
    Analise as seguintes características apresentadas pelas plantas: I. As folhas, ricas em cloroplastos, garantem a realização da fotossíntese. II. A ocorrência de meiose para a produção de esporos garante a variabilidade genética dos futuros gametófitos, dos gametas originados por essa geração haploide e dos futuros esporófitos. III. O sistema vascular, composto por xilema e floema, garante a distribuição de substâncias por todo o corpo da planta. Associando um pinheiro (gimnosperma) e uma samambaia (pteridófita) às características é correto afirmar que
  15. 45. UERJ 2018
    O processo de dispersão de sementes é encontrado na maioria das espécies vegetais. Uma vantagem evolutiva decorrente desse processo é:          
  16. 46. PUC-RS 2016
    Na reprodução de angiospermas, cada óvulo desenvolve uma semente após a fecundação, e o ovário forma um __________ que encerra as sementes. A semente armazena vários nutrientes, como proteínas, óleos e amido, enquanto o embrião se desenvolve a partir do __________. Inicialmente, esses nutrientes são estocados no __________ da semente.
  17. 47. UEPB 2014
    O recém-lançado documentário “Wings of life” (Asas da vida) pela Disneynature apresenta um olhar de perto dos heróis desconhecidos de nosso planeta, os polinizadores. O documentário revela os mundos intrincados de abelhas, borboletas, pássaros e morcegos. Nossa vida na Terra depende dessas criaturas incríveis, pois mais de um terço do suprimento mundial de alimentos é dependente deles. No entanto, estamos ameaçando cada vez mais suas vidas, e se eles desaparecerem de repente, nós iremos também. Sobre esse conhecimento, assinale a proposição FALSA.  
  18. 48. PUCRS 2018
    Algumas tribos indígenas da região da Amazônia costumam alimentar-se das sementes oleaginosas de Hevea brasiliensis, também conhecida como seringueira. A importância econômica dessa planta está fortemente vinculada à extração de látex para a produção de borracha, podendo ser utilizada também para a produção de óleos, vernizes, tintas e suplementos alimentares. A partir dessas informações, é possível concluir que
  19. 49. PUCRS 2013
    TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO: INSTRUÇÃO: Responder à questão com base no texto a seguir, sobre a história da cerveja. Há evidências de que a prática da cervejaria originou-se há mais de 5 mil anos na região da Mesopotâmia, onde a cevada cresce em estado selvagem. Gravuras, inscrições, poemas e registros arqueológicos deste período sugerem o uso da cerveja. Outros documentos históricos mostram, em 2100 a.C., sumérios alegrando-se com uma bebida fermentada, obtida de cereais. Mais tarde, a cerveja passou a ser produzida por padeiros, devido à natureza dos ingredientes que utilizavam: leveduras e grãos de cereais. A cevada era deixada de molho até germinar e, então, moída e moldada em bolos, aos quais se adicionava a levedura. Os bolos, após parcialmente assados e desfeitos, eram colocados em jarras com água e deixados fermentar. Com o passar do tempo, cada família produzia a sua própria bebida. A expansão da produção se deu com o Império Romano. E foram os gauleses que cunharam o nome atualmente usado, denominando essa bebida de cevada de “cerevisia”, ou “cervisia”, em homenagem a Ceres, deusa da agricultura e da fertilidade. Na Idade Média, os conventos assumiram a fabricação da cerveja, e os monges reproduziram em manuscritos a técnica de fabricação. Artesãos, pequenas fábricas e, por fim, grandes indústrias trouxeram, de então, esse nobre líquido aos dias atuais. Elaborado com base em informações obtidas em http:// www.brejas.com.br    O lúpulo (Humulus lupulus) é uma liana que cresce em regiões temperadas e frias, cuja inflorescência também é usada na fabricação da cerveja. Ao observar o lúpulo, constata-se que nele
  20. 50. UFSJ 2013
    Analise a descrição abaixo: I. um pericarpo carnoso II. um endosperma de monocotiledônea III. um embrião de dicotiledônea As descrições acima podem corresponder, respectivamente, aos alimentos listados abaixo, EXCETO na alternativa
  21. 51. UNESP 2018
    As espécies de bananas mais consumidas não apresentam sementes. Os pontinhos escuros visíveis na polpa dessas frutas são, na verdade, óvulos. No entanto, existem espécies de bananas com sementes. A figura compara uma banana sem sementes, à esquerda, e uma banana com sementes, à direita. Com base nas informações apresentadas, conclui-se que
  22. 52. PUCRS 2018
    Também conhecido como nogueira-do-japão, o Ginkgo biloba é considerado um “fóssil vivo” por existir há mais de 150 milhões de anos. Seu uso está relacionado à intensificação da memória e da atenção. É uma espermatófita da subdivisão Coniferophytina inserida na classe Pinatae. Sobre o Ginkgo biloba é correto afirmar que
  23. 53. UFSM 2012
    Nesta gravura do séc. XIX, a reprodução atendeu a necessidades dos europeus de registrar a flora do Novo Mundo. A imagem é tão perfeita que dá condições para afirmar que I. o ovário da espécie retratada foi fecundado. II. a flor apresenta androceu e gineceu. III. apenas um dos verticilos estéreis da flor está representado. Está(ão) correta(s)  
  24. 54. FUVEST 2006
    As angiospermas se distinguem de todas as outras plantas pelo fato de apresentarem
  25. 55. FUVEST 2003
    Em determinada condição de luminosidade (ponto de compensação fótico), uma planta devolve para o ambiente, na forma de gás carbônico, a mesma quantidade de carbono que fixa, na forma de carboidrato, durante a fotossíntese. Se o ponto de compensação fótico é mantido por certo tempo, a planta
  26. 56. ENEM 2018
    A polinização, que viabiliza o transporte do grão de pólen de uma planta até o estigma de outra, pode ser realizada biótica ou abioticamente. Nos processos abióticos, as plantas dependem de fatores como o vento e a água. A estratégia evolutiva que resulta em polinização mais eficiente quando esta depende do vento é o(a)
  27. 57. ENEM 2018
    O cruzamento de duas espécies da família das Anonáceas, a cherimoia (Annona cherimola) com a fruta-pinha (Annona squamosa), resultou em uma planta híbrida denominada de atemoia. Recomenda-se que o seu plantio seja por meio de enxertia. Um dos benefícios dessa forma de plantio é a
  28. 58. UFMS 2009
    A folha é o órgão da planta responsável, entre outras funções, pelo processo de fotossíntese devido à presença de células clorofiladas em sua estrutura. Um dos principais produtos da atividade fotossintética é o amido. Para verificar a formação do amido nos cloroplastos, um grupo de estudantes realizou o seguinte experimento:     I. Inicialmente, os estudantes escolheram folhas que apresentavam porções clorofiladas e não clorofiladas (folhas variegadas).   II. Essas folhas foram lavadas, colocadas em um béquer com álcool e, posteriormente, deixadas em banho-maria até a sua total despigmentação.   III. Após a saída completa da clorofila, os estudantes retiraram as folhas do béquer e, numa placa de Petri, pingaram Lugol sobre elas.     Sabendo-se que o lugol é uma tintura à base de iodo que, na presença de amido, assume coloração azulada, assinale a alternativa correta.
  29. 59. UEAP 2013
    O processo biológico de fixação de carbono em plantas é realizado por meio de três rotas metabólicas clássicas, de acordo com o horário de captação de carbono e com a presença e/ou ausência da bainha do feixe vascular. Também há a variação enzimática e ecológica entre os diferentes grupos de vegetais. Desta forma, assinale a alternativa correta para as referidas rotas metabólicas.
  30. 60. UNICENTRO 2012
    O conjunto de processos e eventos que levam um organismo multicelular a atingir o tamanho e a forma típica da espécie constitui o desenvolvimento. Na maioria das plantas vasculares, o desenvolvimento origina um organismo constituído por três partes básicas: raiz, folhas e caule. (AMABIS;MARTHO, 2004, p. 180-190).   Com base nos conhecimentos sobre raiz, caule e folhas de uma típica angiosperma, é correto afirmar:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login