Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Polialelia e Grupos Sanguíneos

Voltar para exercícios de Biologia

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Polialelia e Grupos Sanguíneos dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. UFLA 2010
    O sistema Rh em seres humanos é controlado por um gene com dois alelos, dos quais o alelo dominante R é responsável pela presença do fator Rh nas hemácias, e portanto, fenótipo Rh+. O alelo recessivo r é responsável pela ausência do fator Rh e fenótipo Rh–. Com base no heredograma acima, determine os genótipos dos indivíduos 1, 2, 3, 4, 5 e 6, respectivamente.
  2. 2. UFU 2015
    O quadro abaixo apresenta a distribuição de cinco alelos cujas combinações fenotípicas são responsáveis pela cor do olho em uma certa espécie de abelha. Padrão de Coloração Genótipo Marrom Neve Pérola Neve Amarelo Creme Marrom Pérola Creme Marrom Neve Com base nas informações do quadro, qual a ordem de dominância dos diferentes alelos? 
  3. 3. ENEM 2016
    Um jovem suspeita que não é filho biológico de seus pais, pois descobriu que o seu tipo sanguíneo é O Rh negativo, o de sua mãe é B Rh positivo e de seu pai é A Rh positivo. A condição genotípica que possibilita que ele seja realmente filho biológico de seus pais é que
  4. 4. UNESP 2016
    Sílvio e Fátima têm três filhos, um deles fruto do primeiro casamento de um dos cônjuges. Sílvio é de tipo sanguíneo AB Rh- e Fátima de tipo O RH+. Dentre os filhos, Paulo é de tipo sanguíneo A Rh+, Mário é de tipo B Rh- e Lucas é de tipo AB Rh+. Sobre o parentesco genético nessa família, é correto afirmar que
  5. 5. UNESP 2013
    No romance Dom Casmurro, de Machado de Assis, Bentinho vive uma incerteza: Ezequiel, seu filho com Capitu, é mesmo seu filho biológico ou Capitu teria cometido adultério com Escobar? O drama de Bentinho começa quando, no velório de Escobar, momentos houve em que os olhos de Capitu fitaram o defunto, quais os da viúva. Escobar havia sido o melhor amigo de Bentinho e fora casado com Sancha, com quem tivera uma filha. Suponha que, à época, fosse possível investigar a paternidade usando os tipos sanguíneos dos envolvidos. O resultado dos exames revelou que Bentinho era de sangue tipo O Rh–, Capitu era de tipo AB Rh+ e Ezequiel era do tipo A Rh–. Como Escobar já havia falecido, foi feita a tipagem sanguínea de sua mulher, Sancha, que era do tipo B Rh+, e da filha de ambos, que era do tipo AB Rh–. Com relação à identificação do pai biológico de Ezequiel, a partir dos dados da tipagem sanguínea, é correto afirmar que
  6. 6. FATEC 2016
    Durante a Idade Média, era comum o procedimento chamado de transfusão braço a braço, no qual uma pessoa tinha uma de suas artérias do braço conectada diretamente, por meio de um tubo, à veia de outra pessoa. Muitos pacientes faleciam ao receber a transfusão de sangue dessa forma, devido ao desconhecimento, na época, das complicações relacionadas à incompatibilidade de sangues no sistema ABO.   Considere que um médico desse período estivesse com um paciente necessitando urgentemente de uma transfusão de sangue e que havia cinco indivíduos à disposição para fazer a doação, via transfusão braço a braço. Suponha que os tipos sanguíneos das pessoas envolvidas nessa situação eram os seguintes:   Tipo sanguíneo Paciente A Indivíduo 1 O Indivíduo 2 AB Indivíduo 3 B Indivíduo 4 B Indivíduo 5 A Se o médico tivesse de escolher, aleatoriamente, um dos cinco indivíduos para realizar a transfusão, a probabilidade de que o paciente recebesse um sangue compatível, com relação ao sistema ABO, seria de
  7. 7. PUC-SP 2008
    Na genealogia a seguir são apresentadas seis pessoas: Considere os seguintes dados referentes ao sistema sanguíneo ABO de quatro dessas pessoas: - João e Pedro apresentam aglutinogênios (antígenos) A e B nas hemácias; - Isabel e Maria apresentam aglutininas (anticorpos) anti-A e anti-B no plasma. Os dados permitem-nos prever que a probabilidade de
  8. 8. UCS 2015
    Os grupos sanguíneos do sistema MN caracterizado por dois tipos de aglutinogênios nas hemácias, o antígeno M e o antígeno N produzem 3 tipos de fenótipos. Assinale a alternativa que corresponde aos possíveis genótipos.
  9. 9. PUCPR 2004
    Num laboratório foram realizados, em cinco indivíduos, exames de sangue para a determinação da tipagem sanguínea dos Sistemas ABO e Rh. Foram obtidas reações com a aplicação dos reagentes anti-A, anti-B e anti-Rh. Os resultados obtidos foram: Com base no quadro, conclui-se que são classificados, respectivamente, como receptor e doador universal:
  10. 10. UNESP 2007
    Em um acidente de carro, três jovens sofreram graves ferimentos e foram levados a um hospital, onde foi constatada a necessidade de transfusão de sangue devido a forte hemorragia nos três acidentados. O hospital possuía em seu estoque 1 litro de sangue do tipo AB, 4 litros do tipo B, 6 litros do tipo A e 10 litros do tipo O. Ao se fazer a tipagem sanguínea dos jovens, verificou-se que o sangue de Carlos era do tipo O, o de Roberto do tipo AB e o de Marcos do tipo A. Considerando apenas o sistema ABO, os jovens para os quais havia maior e menor disponibilidade de sangue em estoque eram, respectivamente,
  11. 11. PUC-SP 2016
    Na figura abaixo é mostrado o número de diferentes tipos sanguíneos do sistema ABO, em 200 pessoas analisadas: Após a análise dos dados, pode-se afirmar que as hemácias de APENAS
  12. 12. ENEM 2014
    Em um hospital havia cinco lotes de bolsas de sangue, rotulados com os códigos I, II, III, IV e V. Cada lote continha apenas o tipo sanguíneo não identificado. Uma funcionária do hospital resolveu fazer uma identificação utilizando dois tipos de soro, anti-A e anti-B. Os resultados obtidos estão descritos no quadro. Quantos litros de sangue eram do grupo sanguíneo do tipo A?
  13. 13. FATEC 2007
    Considere os seguintes dados: - menino de tipo sanguíneo A, Rh-; - mãe de tipo sanguíneo B, Rh-; - pai sem aglutininas do sistema ABO no sangue, mas possuidor do antígeno Rh. A probabilidade de os pais desse menino terem mais um filho com o mesmo fenótipo de seu irmão, levando em conta o sexo, o grupo sanguíneo e o fator Rh é de
  14. 14. UFPR 2006
    Jorge, portador de grupo sanguíneo AB Rh-, e Júlia, que é AB Rh+, têm uma filha, Joana, que aos 3 anos de idade necessita de uma transfusão sanguínea. Os exames laboratoriais por hemaglutinação dão os seguintes resultados: Em face dos dados apresentados, assinale a alternativa correta.
  15. 15. UNESP 2000
    Observe a genealogia. Para o casal (5 e 6) que pretende ter muitos filhos, foram feitas as quatro afirmações a seguir. I - O casal só terá filhos AB e Rh positivo. II - Para o sistema ABO, o casal poderá ter filhos que não poderão doar sangue para qualquer um dos pais. III - O casal poderá ter filhos Rh positivo, que terão suas hemácias lisadas por anticorpos anti-Rh produzidos durante a gravidez da mãe. IV - Se for considerado apenas o sistema Rh, o pai poderá doar sangue a qualquer um de seus filhos. São corretas, apenas, as afirmações
  16. 16. MACKENZIE 2009
    O quadro representa os resultados dos testes de tipagem sanguínea para um homem, para seu pai e para sua mãe. O sinal + indica que houve aglutinação e o sinal - indica ausência de aglutinação. Assinale a alternativa correta.
  17. 17. FEI 1995
    Nas hemácias de um indivíduo pertencente ao grupo sanguíneo B:
  18. 18. UFRGS 2007
    Em uma espécie de peixes de aquário, aparecem três padrões distintos de coloração na nadadeira dorsal: negra, rajada e amarela. Esses padrões são resultantes das combinações de três diferentes alelos de um mesmo loco. No quadro a seguir, estão representados três cruzamentos entre peixes com padrões de coloração distintos para nadadeiras e suas respectivas gerações F1 e F2. Se um macho da F1 do cruzamento 3 cruza com uma fêmea da F1 do cruzamento 1, quais as proporções de coloração das nadadeiras dorsais esperadas para os descendentes?
  19. 19. UNESP 2014
    Dois casais, Rocha e Silva, têm, cada um deles, quatro filhos. Quando consideramos os tipos sanguíneos do sistema ABO, os filhos do casal Rocha possuem tipos diferentes entre si, assim como os filhos do casal Silva. Em um dos casais, marido e mulher têm tipos sanguíneos diferentes, enquanto que no outro casal marido e mulher têm o mesmo tipo sanguíneo. Um dos casais tem um filho adotivo, enquanto que no outro casal os quatro filhos são legítimos. Um dos casais teve um par de gêmeos, enquanto que no outro casal os quatro filhos têm idades diferentes. Considerando-se os tipos sanguíneos do sistema ABO, é correto afirmar que,
  20. 20. UNESP 2012
    Paulo e Mariana têm dois filhos, Júlio e Baltazar. Com relação aos tipos sanguíneos do sistema ABO, pai, mãe e os dois filhos têm, cada um deles, um tipo sanguíneo diferente. Em razão disso, pode-se afirmar corretamente que
  21. 21. UFRGS 2004
    Coelhos podem ter quatro tipos de pelagem: Chinchila, himalaia, aguti e albina, resultantes das combinações de quatro diferentes alelos de um mesmo loco. Num experimento, animais com diferentes fenótipos foram cruzados várias vezes. Os resultados, expressos em número de descendentes, constam na tabela a seguir. Se o animal progenitor aguti do cruzamento 1 for utilizado para a obtenção de filhotes com o progenitor Chinchila do cruzamento 4, que proporção de descendentes poderemos prever?
  22. 22. FGV 2009
    AUSTRALIANA MUDA DE GRUPO SANGUÍNEO APÓS TRANSPLANTE. A australiana Demi-Lee Brennan, 15, mudou de grupo sanguíneo, O Rh-, e adotou o tipo sanguíneo de seu doador, O Rh+, após ter sido submetida a um transplante de fígado, informou a equipe médica do hospital infantil de Westmead, Sydney. A garota tinha nove anos quando fez o transplante. Nove meses depois, os médicos descobriram que havia mudado de grupo sanguíneo, depois que as células-tronco do novo figado migraram para sua medula óssea. O fato contribuiu para que seu organismo não rejeitasse o órgão transplantado. ("Folha online', 24.01.2008) Sobre esse fato, pode-se dizer que a garota
  23. 23. UFMG 1995
    O heredograma a seguir representa uma família na qual foram determinados os grupos sanguíneos do sistema ABO para alguns dos membros, e do sistema Rh para todos os membros. Com base nas informações contidas no heredograma e em seus conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar-se que  
  24. 24. UNESP 2008
    Observe as figuras No caso específico dos pacientes que ilustram os cartazes, ambos usuários de banco de sangue, pode-se dizer que Rafael pode receber sangue de doadores de
  25. 25. PUC-MG 2009
    O esquema apresenta a composição de carboidratos dos aglutinogênios que determinam os grupos sanguíneos do Sistema ABO. A síntese do antígeno H depende da presença de pelo menos um gene autossômico dominante H no genoma do indivíduo e é indispensável para a adição do antígeno A e/ou do antígeno B, pelos produtos dos genes IA e IB, respectivamente. Indivíduos HH ii ou Hh ii pertencem ao grupo O. A reação de determinação do grupo sanguíneo 'in vitro' (com anticorpos anti-A e anti-B) dá resultado negativo para os indivíduos homozigotos recessivos (hh), mesmo que esses sejam portadores dos genes IA e/ou IB. Tais indivíduos são chamados de 'Falsos O'. Com base nas informações acima e em seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa INCORRETA.
  26. 26. ENEM 2017
    Uma mulher deu à luz o seu primeiro filho e, após o parto, os médicos testaram o sangue da criança para a determinação de seu grupo sanguíneo. O sangue da criança era do tipo O+. Imediatamente, a equipe médica aplicou na mãe uma solução contendo anticorpos anti-Rh, uma vez que ela tinha o tipo sanguíneo O-. Qual é a função dessa solução de anticorpos?
  27. 27. IFSC 2015
    Um casal em que ambos os pais são do grupo sanguíneo “O” tiveram um filho que pertence ao grupo sanguíneo “A”. Nesse caso, um dos pais é um indivíduo falso “O” devido a um fenômeno conhecido também como efeito Bombaim. Sobre esse fenômeno de origem genética assinale a alternativa CORRETA.
  28. 28. UNICHRISTUS 2018
    O tipo de sangue indicado na bolsa de doação ilustrada abaixo pode ser utilizado para doação em indivíduos que pertençam aos grupos sanguíneos
  29. 29. UEPA 2015
    As perícias médico-legais na investigação de paternidade podem ser divididas em não genéticas e genéticas. Os principais e mais tradicionais métodos utilizados na investigação genética da paternidade pelo sangue são por intermédio do sistema ABO, sistema MN, sistema Rh e sistema HLA. Considerando o sistema ABO, em que a mãe tem sangue grupo O, o pai do grupo AB e os filhos com sangue dos grupos A, B e O, analise as afirmativas abaixo. I. A criança do grupo O é filha do casal. II. A criança do grupo O não é filha do casal. III. As crianças dos grupos A e B são filhas do casal. IV. Nesta situação a mãe é heterozigota. V. Nesta família pode ter ocorrido adoção, ou troca de bebês na maternidade, ou adultério por parte da mãe. A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:
  30. 30. UFRGS 2018
    Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do texto abaixo, na ordem em que aparecem. Pessoas que pertencem ao grupo sanguíneo A têm na membrana plasmática das suas hemácias __________ e no plasma sanguíneo __________. As que pertencem ao grupo sanguíneo O não apresentam __________ na membrana plasmática das hemácias.  
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login