Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Introdução ao Estudo da Célula

Voltar para exercícios de Biologia

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Introdução ao Estudo da Célula dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Biologia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 31. UPE 2011
    Na natureza, existem dois tipos celulares básicos: procariontes e eucariontes. Entre os eucariontes, temos células animais e vegetais. Sobre a estrutura química do material genético dos referidos tipos celulares, analise as afirmativas a seguir:   I. Nos procariontes, o DNA (material genético) é composto por unidades chamadas nucleotídeos, constituídos de um açúcar de cinco carbonos, a desoxirribose, uma base nitrogenada e um radical fosfato. No entanto, nos eucariontes, o açúcar é a ribose. II. Em todos os tipos celulares, o DNA (material genético) é composto de um açúcar, a desoxirribose, uma base nitrogenada (púrica ou pirimídica) e um radical fosfato, formando uma molécula dupla-hélice (modelo de Watson e Crick). III. Em todos os tipos celulares, o DNA (material genético) é formado por duas cadeias de nucleotídeos, compostos de um açúcar de cinco carbonos, a desoxirribose, um radical fosfato e uma base nitrogenada cujas quantidades de adenina e guanina são iguais bem como as de citosina e timina. IV. Nos procariontes, seres unicelulares mais simples, o DNA (material genético) é um polinucleotídeo fita simples, enquanto, nos eucariontes, é um polinucleotídeo do tipo dupla-hélice (modelo de Watson e Crick). V. Em todos os tipos celulares, o DNA (material genético) é uma dupla-hélice resultante de dois polinucleotídeos paralelos, ligados entre si por suas bases, através de pontes de hidrogênio entre pares de bases específicas: a adenina emparelha-se com a timina, e a guanina, com a citosina.   Estão CORRETAS
  2. 32. OBB 2016
    Nos eucariotos, a transcrição é bastante complexa, uma vez que um grande número de proteínas precisa se ligar à várias regiões regulatórias do DNA para dar início ao processo. Assinale a alternativa que apresenta corretamente a vantagem que justifica que esse complexo processo de transcrição seja bem conservado evolutivamente entre os procariotos.
  3. 33. UNISC 2016
    Todas as células procarióticas apresentam a mesma estrutura básica e, embora menos complicadas do que as células eucarióticas, são funcionalmente complexas, realizando milhares de transformações bioquímicas. Assinale a alternativa que mostra uma estrutura ou elemento não encontrado nos procariotos. 
  4. 34. UESC 2011
    Os fósseis mais antigos da vida, assim como seus mais velhos vestígios químicos, aparecem no registro rochoso quase imediatamente depois de a Terra haver formado uma crosta sólida, há cerca de 3,85 bilhões de anos. Esses remanescentes das mais antigas formas de vida são procarióticos. Neles, o sexo difere fundamentalmente do sexo reprodutor dos animais e das plantas. Sendo verdadeiramente transgênico, o sexo procariótico sempre implica a movimentação de genes de uma fonte doadora para uma bactéria receptora viva. Essa movimentação genética, presente no alvorecer da vida, proporcionou um importante meio de sobrevivência a todas as formas biológicas posteriores. MARGULIS, Lynn; SAGAN, Dorion. O que é o sexo? Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2002.     Considerando-se os padrões de organização existentes entre os seres vivos, pode-se afirmar como uma característica exclusiva do padrão procariotico a presença de
  5. 35. OBB 2015
    Na maioria das células procariontes pode ser observado(a):
  6. 36. UNEMAT 2007
    Os protozoários são classificados de acordo com a presença e o tipo de estruturas que auxiliam na locomoção. Com base nesta afirmação, assinale a alternativa em que as espécies representam, respectivamente, os filos Sarcodina, Flagellata, Ciliata e Sporozoa.
  7. 37. UNIOESTE 2014
    “Pesquisadores de Cingapura produziram um detector de luz ultrassensível usando uma célula extraída do olho da rã Xenopus laevis. Com uma micropipeta, a equipe de Leonid Krivitsky coletou um bastonete e o submeteu a experimentos com laser. Os bastonetes contêm uma proteína que sofre alterações químicas quando exposta à luz e gera uma corrente elétrica. Em um dos testes, os pesquisadores usaram um feixe de laser para estimular o bastonete e mediram a intensidade da corrente à medida que alteravam o número de partículas de luz (fótons). Como esperado, quanto mais fótons, maior a intensidade da corrente. O grupo viu ainda que, com os bastonetes, foi possível diferenciar outras propriedades do laser. Segundo os pesquisadores, cada fóton interage com uma única molécula do bastonete (Physical Review Letters, setembro de 2012). Isso significa que os bastonetes são sensíveis a ponto de detectar uma única partícula de luz. Esse trabalho pode levar à criação de sensores híbridos.” (Disponível em: http://revistapesquisa.fapesp.br/ adaptado). Sobre a estrutura do olho pode-se afirmar que
  8. 38. UEFS 2015
    Com base nos seus conhecimentos sobre a organização do citoplasma de uma célula eucariótica, bem como as funções específicas das diversas organelas, é correto afirmar:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login