Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

FASEH 2015

Os fragmentos textuais apresentados a seguir são adaptações do texto “A maior causa de infarto nas mulheres”, de Theo Ruprecht, publicado na edição de setembro da Revista Saúde é Vital, e estão dispostos aleatoriamente.

 

I. Pesquisadores da Universidade de Queensland, na Austrália, conseguiram especular qual seria o impacto desse verdadeiro milagre na redução de casos de infarto entre a população. Os resultados mostraram que mais panes cardíacas seriam evitadas do que se todas as fumantes acima dos 30 anos largassem o cigarro.
II. A ausência de movimentação é, aliás, sob esse ponto de vista, um problema de saúde pública mais grave do que a obesidade em si ou a pressão alta.
III. A inatividade física é muito comum nas integrantes do sexo feminino com mais de três décadas de vida. Agora, imagine se, da noite para o dia, todas as sedentárias nessa faixa etária trocassem o sofá por doses regulares de malhação.
IV. “A quantidade de sedentárias é tão mais alta em comparação com a de tabagistas que, quando se leva em conta uma população inteira, fica claro que a inatividade gera mais infartos do que o fumo”, explica a profissional de educação física Wendy Brown, uma das autoras do levantamento.

 

Assinale a alternativa em que a sequência desses fragmentos constitui um texto coeso e coerente.

Escolha uma das alternativas.