Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

FGV-SP 2010

Leia os versos do poeta Manoel de Barros.


Ele só andava por lugares pobres
E era ainda mais pobre
Do que os lugares pobres por onde andava.

[...]

O homem usava um dólmã de lã sujo de areia
e cuspe de aves.
Mas ele nem tô aí para os estercos.
Era desorgulhoso.
Para ele a pureza do cisco dava alarme.
E só pelo olfato esse homem descobria as cores do
amanhecer.

Quanto ao processo de formação de palavras, nos versos há um neologismo, criado por meio de prefixo e de sufixo, e uma palavra formada por parassíntese. Trata-se, respectivamente, de

 

Escolha uma das alternativas.