Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Pensamento Cristão

Voltar para exercícios de Filosofia

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Pensamento Cristão dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Filosofia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 61. UNIMONTES 2011
    É difícil definir o amor se pensarmos nas mais diversas conceituações que recebeu no correr da história humana, principalmente se levarmos em conta a especificidade desse sentimento. Na história da filosofia, principalmente nos períodos antigo e medieval, ficaram registrados três conceitos clássicos. Esses podem ser denominados de
  2. 62. UNIOESTE 2009
    “A busca da beleza e a melhor forma de representá-la fazem parte do universo de preocupações humanas. Beleza essa que pode ser contemplada nas obras de arte, em objetos do uso cotidiano e no próprio corpo humano. Na história da humanidade, entretanto, pode-se notar que os padrões de beleza mudam de acordo com diferentes culturas e épocas e que esses padrões não estão somente presentes nas obras de arte”. (L. E. Kaminski) Sobre a reflexão filosófica acerca da arte e da beleza, considerando o texto acima, seguem as seguintes afirmações: I – Na história da humanidade, o padrão de beleza sempre foi o mesmo. II – Platão considerava que não havia um belo absoluto e imutável. III – Aristóteles considerava que a tragédia é a arte superior, porque ela imita a ação dos deuses. IV – Na Idade Média, sob a influência da Igreja, a arte valorizava os aspectos materiais e corporais do homem. V – A beleza sempre esteve associada apenas às obras de arte. Das proposições feitas acima
  3. 63. UFU 2008
    O texto que segue refere-se às vias da prova da existência de Deus.   As cinco vias consistem em cinco grandes linhas de argumentação por meio das quais se pode provar a existência de Deus. Sua importância reside sobretudo em que supõe a possibilidade de se chegar no entendimento de Deus, ainda que de forma parcial e indireta, a partir da consideração do mundo natural, do cosmo, entendido como criação divina. MARCONDES, D. Textos básicos de filosofia: dos pré-socráticos a Wittgenstein. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p. 67.   A partir do texto, marque a alternativa correta.
  4. 64. UNICENTRO 2011
    Para São Tomás de Aquino, existem, pelo menos, três motivos que conduzem os homens à obediência da lei, que são
  5. 65. UFU 2004
    Agostinho escreveu a história de sua vida aos 43 anos de idade. Nas Confissões, mais do que o relato da conversão ao cristianismo, Agostinho apresenta também as teses centrais da sua filosofia. Tanto é assim que, ao narrar os primeiros anos de vida e a aquisição da linguagem, o autor já fazia menção à teoria da iluminação divina. Vejamos:   “Não eram pessoas mais velhas que me ensinavam as palavras, com métodos, como pouco depois o fizeram para as letras. Graças à inteligência que Vós, Senhor, me destes, eu mesmo aprendi, quando procurava exprimir os sentimentos do meu coração por gemidos, gritos e movimentos diversos dos membros, para que obedecessem à minha vontade.” AGOSTINHO. Confissões. Trad. de J. Oliveira Santos e A. Ambrósio de Pina. São Paulo: Nova Cultural, 1987, p. 15.   Analise as assertivas abaixo.    I. A condição humana é mutável e perecível, por isso, não pode ser a mestra da verdade que o homem busca  conhecer, ou seja, conhecimento da verdade não pode ser ensinado pelo homem, somente a Luz imutável de  Deus pode conduzir à verdade. II. A inteligência, dada por Deus, é idêntica à Luz imutável, que conduz ao conhecimento da verdade, ambas proporcionam a certeza de que o entendimento humano é divino e dotado da mesma força do Verbo de Deus, que a tudo criou. III. A razão humana é iluminada pela luz interior da verdade. Assim, Agostinho formulou, pela primeira vez, na história da filosofia, a teoria das ideias inatas, cuja existência e certeza são independentes e autônomas em relação ao intelecto divino. IV. O conhecimento daquilo que se dá exclusivamente à inteligência não é alcançado com as palavras de outros homens, porque elas soam de fora da mente de quem precisa aprender. Portanto, esta verdade só é ensinada pelo mestre interior.   Assinale a alternativa que contém as assertivas verdadeiras.    
  6. 66. ENEM PPL 2015
    Após ter examinado cuidadosamente todas as coisas, cumpre enfim concluir e ter por constante que esta proposição, eu sou, eu existo, é necessariamente verdadeira todas as vezes que a enuncio ou que a concebo em meu espírito. DESCARTES, R. Meditações. Pensadores. São Paulo: Abril Cultural, 1979. A proposição “eu sou, eu existo” corresponde a um dos momentos mais importantes na ruptura da filosofia do século XVII com os padrões da reflexão medieval, por
  7. 67. UFU 2006
    Considere as seguintes afirmativas a respeito da questão dos universais na Idade Média.   I. A questão dos universais é a maneira como os pensadores medievais, especialmente durante o período da Escolástica, trataram relação entre as palavras e as coisas. II. Os filósofos realistas eram aqueles pensadores que consideravam os universais como entidades realmente existentes, separadas das coisas que eles designavam. III. O realismo é uma posição filosófica que, de certo modo, deriva da filosofia de Platão.   Assinale a alternativa correta.
  8. 68. PUC-PR 2010
    No sistema ético do filósofo medieval Santo Tomás de Aquino, a Prudência aparece como uma das virtudes principais. Sobre ela, pode-se afirmar:   I. A Prudência, para o autor, está ligada à capacidade de tomar a decisão certa no momento exato e não significa apenas cautela ou cuidado antes da ação, conforme se pensa em nossos dias. II. Nesse sentido, a Prudência está ligada a uma certa “sabedoria prática”, envolvendo uma análise correta da realidade através da razão. III. A Prudência está ligada à capacidade de bem deliberar, ou seja, seu objeto é atingir a verdade da vida prática (uma sabedoria prática), a fim de bem guiar as ações humanas. IV. A Prudência é a principal das três virtudes cardeais e deve regê-las.   Está(ão) correta(s):
  9. 69. UFU 2002
    Na Filosofia Escolástica (séc. VIII ao séc. XIV), aparece um tema filosófico novo que ficou conhecido na História da Filosofia como o Problema dos universais. A esse respeito é correto afirmar que o Problema dos universais I - consiste em saber sobre seu modo de existência, ou seja, se os universais existem realmente ou se são apenas produtos do pensamento. II - consiste em saber se eles constituem a essência material das coisas sensíveis ou se constituem a essência espiritual de cada alma humana. III - consiste em saber se eles estão separados das coisas sensíveis ou se estão no interior delas. IV - consiste em saber se eles foram as idéias gerais, os modelos, de que Deus se serviu para criar o mundo ou se são apenas produtos da imaginação humana destituídos de qualquer importância teórica. Assinale a alternativa que contém as afirmativas corretas.
  10. 70. UFU
    Para responder a questão, leia o seguinte texto.   O universal é o conceito, a ideia, a essência comum a todas as coisas (por exemplo, o conceito de ser humano). Em outras palavras, pergunta-se se os gêneros e as espécies têm existência separada dos objetos sensíveis: as espécies (por exemplo, o cão) ou os gêneros (por exemplo, o animal) teriam existência real? Ou seriam apenas ideias na mente ou apenas palavras? (ARANHA, M. L. A. & MARTINS, M. H. Filosofando. 3ª edição. São Paulo: Moderna, 2003, p. 126.) A resposta correta à pergunta formulada no texto acima, sobre os universais, é:
  11. 71. PUC-PR 2009
    Em relação ao sentido que São Tomás de Aquino aplica à virtude da Prudência, considere as seguintes afirmações:   I. A grande contribuição desse texto de São Tomás é apresentar a ideia de Prudência como aquela que passou a ser entendida desde então como cautela, que tem como base o sentimento de cada indivíduo. II. Para esse pensador medieval, a prudência é a reta razão aplicada ao agir, ou seja, uma virtude que possibilita ao ser humano encontrar, em cada decisão a ser tomada, aquela que indica o “caminho certo”. III. Prudência, para São Tomás, é uma virtude especial que nem todos os homens possuem, pois depende de uma capacidade intuitiva.   Assinale a alternativa verdadeira:    
  12. 72. UFU 2002
    Sobre a Filosofia Patrística (séc. I ao séc. VII d. c.), assinale a alternativa incorreta.
  13. 73. UFU 2001
    Sobre a questão dos universais, todas as afirmativas abaixo são falsas, EXCETO:
  14. 74. UFU 2004
    “Quando, pois, se trata das coisas que percebemos pela mente (...). estamos falando ainda em coisas que vemos como presentes naquela luz interior da verdade, pela qual é iluminado e de que frui o homem interior. Santo Agostinho. Do Mestre. São Paulo: Abril Cultural.  1973. p. 320. (Os Pensadores)   Segundo o pensamento de Santo Agostinho, e em acordo com o texto, as verdades contidas na filosofia pagã provêm de que fonte?   
  15. 75. UNCISAL 2013
    A Filosofia Medieval tem na Escolástica seu principal momento. Nela continua a ocorrer a subordinação da razão à Fé, sempre seguindo a doutrina cristã. Em sua formação, contudo, entraram outros elementos que não eram cristãos. Nas opções a seguir, assinale aquela que traz alguns desses elementos.
  16. 76. UFU 1999
    Pedro Abelardo foi um filósofo medieval que participou de uma acirrada disputa filosófica no século XII. Essa disputa centrava-se sobre
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login