Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Acústica

Voltar para exercícios de Física

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Acústica dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Física com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. ENEM 2015
    Ao ouvir uma flauta e um piano emitindo a mesma nota musical, consegue-se diferenciar esses instrumentos um do outro. Essa diferenciação se deve principalmente ao(a)
  2. 2. PUC-MG 2006
    Analise as afirmações a seguir. I. Dois instrumentos musicais diferentes são acionados e emitem uma mesma nota musical. II. Dois instrumentos iguais estão emitindo uma mesma nota musical, porém, com volumes (intensidades) diferentes. III. Um mesmo instrumento é utilizado para emitir duas notas musicais diferentes. Assinale a principal característica que difere cada um dos dois sons emitidos nas situações I, Ile III respectivamente.
  3. 3. PUC-RS 2008
    O eco é o fenômeno que ocorre quando um som emitido e seu reflexo em um anteparo são percebidos por uma pessoa com um intervalo de tempo que permite ao cérebro distingui-Ios como sons diferentes. Para que se perceba o eco de um som no ar, no qual a velocidade de propagação é de 340 m/s, é necessário que haja uma distancia de 17,0 m entre a fonte e o anteparo. Na água, em que a velocidade de propagação do som é de 1.600m/s, essa distãncia precisa ser de:
  4. 4. UTF-PR 2008
    Sobre ondas sonoras, considere as seguintes afirmações: I - As ondas sonoras são ondas transversais. II - O eco é um fenômeno relacionado com a reflexão da onda sonora. III - A altura de um som depende da frequência da onda sonora. Está(ão) correta(s) somente:
  5. 5. ENEM 2014
    Quando adolescente, as nossas tardes, após as aulas, consistiam em tomar às mãos o violão e o dicionário de acordes de Almir Chediak e desafiar nosso amigo Hamilton a descobrir, apenas ouvindo o acorde, quais notas eram escolhidas. Sempre perdíamos a aposta, ele possui o ouvido absoluto. O ouvido absoluto é uma característica perceptual de poucos indivíduos capazes de identificar notas isoladas sem outras referências, isto é, sem outras referências, isto é, sem precisar relacioná-las com outras notas de uma melodia. LENT, R. O cérebro do meu professor de acordeão. Disponível em: http://cienciahoje.uol.com.br. Acesso em: 15 ago. 2012 (adaptado). No contexto apresentado, a propriedade física das ondas que permite essa distinção entre as notas é a
  6. 6. PUC-RS 2010
    O comprimento de uma corda de guitarra é 64,0 cm. Esta corda é afinada para produzir uma nota com frequencia igual a 246 Hz quando estiver vibrando no modo fundamental. Se o comprimento da corda for reduzido à metade, a nova frequência fundamental do som emitido será:
  7. 7. ENEM 2016
    O morcego emite pulsos de curta duração de ondas ultrassônicas, os quais voltam na forma de ecos após atingirem objetos no ambiente, trazendo informações a respeito das suas dimensões, suas localizações e dos seus possíveis movimentos. Isso se dá em razão da sensibilidade do morcego em detectar o tempo gasto para os ecos voltarem, bem como das pequenas variações nas frequências e nas intensidades dos pulsos ultrassônicos. Essas características lhe permitem caçar pequenas presas mesmo quando estão em movimento em relação a si. Considere uma situação unidimensional em que uma mariposa se afasta, em movimento retilíneo e uniforme de um morcego em repouso. A distância e velocidade da mariposa, na situação descrita, seriam detectadas pelo sistema de um morcego por quais alterações nas características dos pulsos ultrassônicos?
  8. 8. UFRGS 2008
    O oboé é um instrumento de sopro que se baseia na física dos tubos sonoros abertos. Um oboé, tocado por um músico, emite uma nota dó, que forma uma onda estacionária, representada na flgura a seguir. Sabendo-se que o comprimento do oboé é L = 66,4 cm, quais são, aproximadamente, o comprimento de onda e a frequencia associados a essa nota? (Dado: a velocidade do som é igual a 340 m/s.)
  9. 9. ENEM 2013
    Em um piano, o Dó central e a próxima nota Dó (Dó maior) apresentam sons parecidos, mas não idênticos. É possível utilizar programas computacionais para expressar o formato dessas ondas sonoras em cada uma das situações como apresentado nas figuras, em que estão indicados intervalos de tempo idênticos (T). A razão entre as frequências do Dó central e do Dó maior é de:
  10. 10. FUVEST 2013
    Uma flauta andina, ou flauta de pã, é constituída por uma série de tubos de madeira, de comprimentos diferentes, atados uns aos outros por fios vegetais. As extremidades inferiores dos tubos são fechadas. A frequência fundamental de ressonância em tubos desse tipo corresponde ao comprimento de onda igual a 4 vezes o comprimento do tubo. Em uma dessas flautas, os comprimentos dos tubos correspondentes, respectivamente, às notas Mi (660 Hz) e Lá (220 Hz) são, aproximadamente, (Note e adote: A velocidade do som no ar é igual a 330 mls.)
  11. 11. UNESP 2011
    Na geração da voz humana, a garganta e a cavidade oral agem como um tubo, com uma extremidade aproximadamente fechada na base da laringe, onde estão as cordas vocais, e uma extremidade aberta na boca. Nessas condições, sons são emitidos com maior intensidade nas frequências e comprimentos de ondas para as quais há um nó (N) na extremidade fechada e um ventre (V) na extremidade aberta, como ilustra a figura. As frequências geradas são chamadas harmônicos ou modos normais de vibração. Em um adulto, este tubo do trato vocal tem aproximadamente 17 cm. A voz normal de um adulto ocorre em frequências situadas aproximadamente entre o primeiro e o terceiro harmônicos. Considerando que a velocidade do som no ar é 340 m/s, os valores aproximados, em hertz, das frequências dos três primeiros harmônicos da voz normal de um adulto são
  12. 12. ENEM 2016
    As notas musicais podem ser agrupadas de modo a formar um conjunto. Esse conjunto pode formar uma escala musical. Dentre as diversas escalas existentes, a mais difundida é a escala diatônica, que utiliza as notas denominadas dó, ré, mi, fá, sol, lá e si. Essas notas estão organizadas em ordem crescente de alturas, sendo a nota dó a mais baixa e a nota si a mais alta.   Considerando uma mesma oitava, a nota si é a que tem menor
  13. 13. UEL 2011
    Após ter afinado seu violão utilizando um diapasão de 440 Hz, um músico notou que o quarto harmônico da corda Lá do instrumento emitia um som com a mesma frequencia do diapasão. Com base na observação do músico e nos conhecimentos de ondulatória, considere as afirmativas a seguir. I. O comprimento de onda da onda estacionária formada na corda, no quarto harmônico, é igual à metade do comprimento da corda. II. A altura da onda sonora emitida no quarto harmônico da corda Lá é diferente da altura da onda emitida pelo diapasão. III. A frequência do primeiro harmônico da corda Lá do violão é 110 Hz. IV. O quarto harmônico da corda corresponde a uma onda estacionária que possui 5 nós. Assinale a alternativa correta.
  14. 14. ENEM 2016
    A figura 1 apresenta o gráfico da intensidade, em decibéis (dB), da onda sonora emitida por um alto-falante, que está em repouso, e medida por um microfone em função da frequência da onda para diferentes distâncias: 3 mm, 25 mm, 51 mm e 60 mm. A Figura 2 apresenta um diagrama com a indicação das diversas faixas do espectro de frequência sonora para o modelo de alto-falante utilizado neste experimento. Relacionando as informações presentes nas figuras 1 e 2, como a intensidade sonora percebida é afetada pelo aumento da distância do microfone ao alto-falante?
  15. 15. UFC 2002
    O nível sonoro, medido em unidades de decibéis (dB), de uma onda sonora de intensidade I é deflnido como onde I0 = 1,0 x 10-12 W/m2 foi escolhida como uma intensidade de referência, correspondente a um nível sonoro igual a zero decibéis. Uma banda de rock pode conseguir, com seu equipamento de som, um nível sonoro = 120dB, a uma distância de 40 m das caixas acústicas. A potência do som produzido na condição acima, por essa banda (aqui considerada uma fonte puntiforme e isotrópica) é, em watts, aproximadamente:
  16. 16. UFC 2008
    Sonoridade ou intensidade auditiva é a qualidade do som que permite ao ouvinte distinguir um som fraco (pequena intensidade) de um som forte (grande intensidade). Em um jogo de futebol, um torcedor grita 'gol' com uma sonoridade de 40 dB. Assinale a alternativa que fornece a sonoridade (em dB), se 10000 torcedores gritam 'gol' ao mesmo tempo e com a mesma intensidade.
  17. 17. ENEM 2017
    Em uma linha de transmissão de informações por fibra óptica, quando um sinal diminui sua intensidade para valores inferiores a 10 dB este precisa ser retransmitido. No entanto, intensidades superiores a 100 dB não podem ser transmitidas adequadamente. A figura apresenta como se dá a perda de sinal (perda óptica) para diferentes comprimentos de onda para certo tipo de fibra óptica. Qual é a máxima distância, em km que um sinal pode ser enviado nessa fibra sem ser necessária uma retransmissão?
  18. 18. FCMS-JF 2011
    Considerando o fenômeno de ressonância, o ouvido humano deveria ser mais sensível a ondas sonoras com comprimentos de onda cerca de quatro vezes o comprimento do canal auditivo externo, que mede, em média, 2,5 cm. Segundo esse modelo, no ar, onde a velocidade de propagação do som é 340 m/s, o ouvido humano seria mais sensível a sons com frequências em torno de
  19. 19. ENEM PPL 2012
    Para afinar um violão, um músico necessita de uma nota para referência, por exemplo, a nota Lá em um piano. Dessa forma, ele ajusta as cordas do violão até que ambos os instrumentos toquem a mesma nota. Mesmo ouvindo a mesma nota, é possível diferenciar o som emitido pelo piano e pelo violão.   Essa diferenciação é possível, porque 
  20. 20. UEFS 2015
    Todas as ondas mecânicas requerem alguma fonte de perturbação, um meio que possa ser perturbado e algum mecanismo físico pelo qual as partículas do meio possam influenciar uma às outras.   Com base nos conhecimentos sobre Movimento Ondulatórios, é correto afirmar:
  21. 21. UFSCAR 2007
    Sabemos que, em relação ao som, quando se fala em altura, o som pode ser agudo ou grave, conforme a sua freqüência.   Portanto, é certo afirmar que:
  22. 22. UEMG 2005
    Um cantor, ao interpretar uma canção, faz com que sua voz passe da emissão de sons graves para sons agudos. Aponte a alternativa que mostra CORRETAMENTE as alterações ocorridas na emissão das ondas sonoras. 
  23. 23. ENEM - 3 APLICACAO 2014
    Durante a formação de uma tempestade, são observadas várias descargas elétricas, os raios, que podem ocorrer das nuvens para o solo (descarga descendente), do solo para as nuvens (descarga ascendente) ou entre uma nuvem e outra. Normalmente, observa-se primeiro um clarão no céu (relâmpago) e somente alguns segundos depois ouve-se o barulho (trovão) causado pela descarga elétrica. O trovão ocorre devido ao aquecimento do ar pela descarga elétrica que sofre uma expansão e se propaga em forma de onda sonora.   O fenômeno de ouvir o trovão certo tempo após a descarga elétrica ter ocorrido deve-se
  24. 24. CEFET-MG 2011
    A respeito das propriedades das ondas, em geral, afirma-se: I – A onda sonora no ar é uma vibração mecânica e longitudinal. II – A luz é uma onda eletromagnética, transversal e dispensa um meio para se propagar. III – Uma onda é uma perturbação que se propaga no espaço e transporta matéria e energia. IV – O ultrassom é uma onda elástica, mecânica e transversal. São corretos apenas os itens
  25. 25. UEL 2009
    Os morcegos, mesmo no escuro, podem voar sem colidir com os objetos a sua frente. Isto porque esses animais têm a capacidade de emitir ondas sonoras com freqüências elevadas, da ordem de 120.000 Hz, usando o eco para se guiar e caçar. Por exemplo, a onda sonora emitida por um morcego, após ser refletida por um inseto, volta para ele, possibilitando-lhe a localização do mesmo. Sobre a propagação de ondas sonoras, pode-se afirmar que
  26. 26. UNAMA 2007
    Sábado, 3 de junho de 2006, 18h06 Mulher é atingida por raio enquanto rezava   Preocupada com a segurança da sua família com uma viagem para a praia, Clara Jean Brown estava na sua cozinha, em Daphe, Estado do Alabama, nos Estados Unidos, rezando pelo bom retorno de seus parentes quando um raio atingiu a parede de sua casa jogando a mulher no chão. Clara ficou desorientada e assustada, mas não se feriu.   Clara contou que, quando disse “amém”, o chão estava envolto em uma grande bola de fogo. A mulher de 65 anos de idade se diz abençoada por estar viva. Ela foi encontrada atordoada no chão da cozinha por sua neta de 14 anos após a explosão.   Bombeiros disseram que é provável que ela tenha sido atingida por um raio que caiu do outro lado da rua e viajou até sua casa através da água. http://noticias.terra.com.br/mundo/interna/0,,OI1032047-EI294,00.html.   O texto narra que Clara foi encontrada por sua neta após a “ explosão”. É de se supor que sua neta “ouviu” o som da explosão e correu para verificar o que ocorreu na cozinha. Supondo-se que assim tenha ocorrido, o som da explosão, ouvido pela neta, foi ocasionado:
  27. 27. PUC-RJ 2000
    Considere as seguintes afirmações a respeito de uma onda sonora: I) É uma onda longitudinal. II) A densidade das moléculas no meio oscila no espaço. III) A velocidade de propagação independe do meio. Quais dessas afirmações são verdadeiras?
  28. 28. OBF 2015
    Um avião Airbus 320 voa a uma velocidade de 720 km/h em relação o solo. Considere uma onda sonora 1 se aproximando pela frente do avião e outra onda sonora 2, pela traseira, ambas propagando-se a 340 m/s em relação ao solo. Qual a velocidade de cada onda em relação ao avião?
  29. 29. PUC-RS 2015
    Nossos sentidos percebem de forma distinta características das ondas sonoras, como frequência, timbre e amplitude. Observações em laboratório, com auxílio de um gerador de áudio, permitem verificar o comportamento dessas características em tela de vídeo e confrontá-las com nossa percepção. Após atenta observação, pode-se reconhecer que as características que determinam a altura do som e a sua intensidade são, respectivamente,
  30. 30. PUC-RJ 2003
    Morcegos podem produzir e detectar sons de freqüência muito maiores do que as que o ouvido humano é sensível. Para caçar insetos que fazem parte da sua dieta, uma freqüência típica usada é 100 kHz . Se a velocidade do som no ar, à temperatura ambiente, é de 344 m/s, o comprimento de onda associado àquela freqüência vale:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login