Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Brasil no Mundo dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    ENEM 2010

    O G-20 é o grupo que reúne os paises do G-7, os mais industrializados do mundo (EUA, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Italia e Canadá), a União Europeia e os principais emergentes (Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Coreia do Sul, lndonésia, México e Turquia). Esse grupo de países vem ganhando força nos fóruns internacionais de decisão e consulta. ALLAN. R. Crise global. Dísponivel em: http://conteudocIippingmp.planejamento.gov.br. Acesso em: 31 jul. 2010. Entre os países emergentes que formam o G-20, estão os chamados BRIC (Brasil, Rússia, Índia e China), termo criado em 2001 para referir-se aos países que

  2. 2

    UERN 2013

    As perspectivas do Mercosul nestas primeira e segunda décadas do século XXI são a continuação do avanço nas relações comerciais entre os países membros. Analise o quadro síntese da tabela a seguir. Com base na tabela, é correto afirmar que

  3. 3

    FGV 2012

    Considere os textos. l. [maio de 2011] O governo da presidente Cristina Kirchner aplica uma saraivada de medidas que restringem ou atrasam a entrada de produtos brasileiros no mercado argentino. Segundo a consultoria portenha Abeceb, do total de exportações realizadas pelo Brasil para a Argentina, 23,9% são alvo de barreiras - quase um quarto das vendas. Disponível em: http://veja.abriI.com.br/noticia/economia/argentina-aumenta- barreiras--comerciais-contra-o-brasil. ll. [outubro de 2011] A decisão do Brasil de elevar o lmposto sobre Produtos Industrializados (lPl) para veículos importados foi questionada durante reunião do comitê de acesso a mercados da Organização Mundial do Comércio (OMC). Durante o encontro, representantes de Japão, Austrália, Coreia do Sul, Estados Unidos e União Europeia - que abrigam algumas das maiores montadoras do mundo - pediram à delegação brasileira explicações sobre a medida. Disponível em: http://oglobo.globocom/economia/paises-exportadores-de- veiculos-reclamam-na-omc-do-aumento-do-ipi-2786588. Sobre os textos, é correto afirmar que

  4. 4

    FGV 2015

    Em julho de 2014, foi criado, em Fortaleza (Brasil), o Novo Banco de Desenvolvimento, idealizado para ser uma alternativa ao Banco Mundial. O banco terá capital de US$ 50 bilhões, que pode ser ampliado para US$ 100 bilhões, para financiar projetos de infraestrutura e sustentabilidade em países emergentes, sem se submeter às imposições dos países ricos do Banco Mundial da ONU. Foi estabelecido, também, um Arranjo Contingente de Reservas, que funcionará como um fundo de emergência inicial de US$ 100 bilhões que pode ser sacado pelos paises em épocas de crise no balanço de pagamentos. Todos os países do grupo assumirão a presidência do banco, obedecendo a rotatividade a cada cinco anos. (Folha de S.PauIo, 13.07.2014. Adaptado) O texto refere-se à criação do Banco entre os países do

  5. 5

    FGV 2012

    "O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, disse hoje (3 de abril) que a instituição está disponível para trabalhar em conjunto com o futuro banco de desenvolvimento do Brics (grupo formado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul). A decisão de criar o banco foi anunciada na semana passada, durante a quarta reunião do bloco, em Nova Délhi, na Índia."  Disponível em: http://www.jb.com.br/economia/noticias/2012/04/03/banco- mundiaI-apoia-criacao-de-instituicao-bancaria-do-brics/ Sobre a proposta de criação do banco dos BRICs, assinale a alternativa correta:

  6. 6

    UFU 2012

    O peso econômico dos BRICS é certamente considerável. Entre 2003 e 2007, o crescimento dos quatro países representou 65% da expansão do PIB mundial. Em paridade de poder de compra, o PIB dos BRICS já supera hoje o dos EUA ou o da União Europeia. Para dar uma ideia do ritmo de crescimento desses países, em 2003, os BRICs respondiam por 9% do PIB mundial e, em 2009, esse valor aumentou para 14%. Em 2010, o PIB conjunto dos cinco países (incluindo a África do Sul) totalizou US$11 trilhões ou 18% da economia mundial. Considerando o PIB pela paridade de poder de compra, esse índice é ainda maior: US$19 trilhões ou 25%. Disponível em: . Acesso em: junho de 2012. (fragmento). Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul são os países de “economia emergente” que formam o grupo BRICS. Este agrupamento de países representa um bloco político-econômico

  7. 7

    ESPM 2010

    Observe o texto que narra a participação do representante brasileiro na fundação do G20: A cúpula em Pittsburgh foi um momento decisivo. O Brasil atuando em conjunto com os outros BRIC, e em estreito diálogo com os Estados Unidos, obteve vitórias importantes. Posso assegurar: não deixamos passar a oportunidade a que me referi. No meu entender, foram dois os resultados mais importantes: a) a formalização do 620 como principal instância econômica; e b) (...). (Paulo Nogueira Batista Jr., Folha de São Paulo, 01/10/09.) A outra importante decisão a qual se refere o economista e que foi igualmente decidida na mesma cúpula, foi:

  8. 8

    PUC-PR 2003

    Foi destacada a participação brasileira na administração provisória coordenada pela ONU nesse país, o mais jovem estado independente de língua portuguesa, cuja autonomia foi recentemente conquistada, após 25 anos de opressão do governo indonésio. Neste ano de 2002, o povo desse país, enfim, escolheu o seu primeiro presidente. Assinale a alternativa que contém o país ao qual se refere o texto:

  9. 9

    UPE 2012

    Europa e EUA querem barrar 'tentação protecionista' A Proposta dos governos americano e europeu é a de que países emergentes e ricos congelem tarifas de importação por tempo indeterminado Europa e Estados Unidos propõem que todos os países emergentes, além dos próprios ricos, congelem suas tarifas de importação por um tempo indeterminado como forma de barrar a "tentação protecionista'. A proposta está sendo feita depois que ficou claro, para a comunidade internacional, que a Rodada Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC) não será concluída no curto ou médio prazo. Nesta terça-feira, 21, o diretor-geral da entidade, Pascal Lamy, confirmou que a pressão protecionista no mundo cresce de forma perigosa, a medida que as repercussões da crise insistem em afetar a economia mundial. Sem conseguir um acordo para Iiberalizar o comércio nos paises emergentes, como Brasil, China e Índia, os governos de Estados Unidos e Europa querem pelo menos que essas três grandes economias se comprometam a não mais elevar suas tarifas de importação. 21 de junho de 2011 I 18h 17. Jornal O Estado de São Paulo. Adaptado. O protecionismo, tratado no texto acima, se caracteriza pela adoção isolada ou conjunta de algumas medidas. Identifique-as entre os itens a seguir:  I. Cláusulas ambientais e trabalhistas II. Barreiras fitozoossanitárias III. Cláusulas culturais IV. Barreiras tarifárias V. Barreiras não tarifárias Apenas estão corretos

  10. 10

    UEL 2011

    Com base no mapa ao lado e nos conhecimentos sobre a geografia do Mercosul, considere as afirmativas a seguir. I. A Bacia do Prata, núcleo geoeconômico do Mercosul, é composta pelos rios Paraná, Paraguai e Uruguai e estende-se pelo Centro-Sul do Brasil, pampa argentino, Uruguai e porção oriental do Paraguai. As principais metrópoles e zonas agroindustriais dos países-membros encontram-se nessa região, além das grandes concentrações demográficas. II. Alem do núcleo geográflco platino, encontram-se duas frentes de expansão do povoamento da área do Mercosul: a Amazônia brasileira e a Patagônia argentina. Apesar das diferenças, esses ecossistemas têm em comum as baixas densidades demográficas e a elevada potencialidade econômica. III. A região Sudeste do Brasil e o núcleo geoeconômico do Mercosul, polo exportador de café e receptor de imigrantes, devido a produção de manufaturados com tecnologia superior aos demais países-membros IV. O Sudeste brasileiro comanda as negociações comerciais, provocando o isolamento dos mercados regionais frente à superioridade de suas forças produtivas. Assinale a alternativa correta.

  11. 11

    G1 - CFTMG 2012

    Na perspectiva da Organização Mundial do Comércio - OMC - os espaços em destaque podem ser denominados como

  12. 12

    UEL 2005

    No período de 13 a 18 de junho de 2004, aconteceu em São Paulo a 11a Reunião da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD). Nessa conferência, o Secretário-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Kofi Annan, afirmou que "[...] a nova rodada de negociações multilaterais [...] entre países em desenvolvimento é muito promissora [...]. Pode ser um movimento decisivo no desenvolvimento do que o presidente Lula chamou de uma nova geografia do comércio mundial." (MARULL, Yana. Países em desenvolvimento lançam rodada comercial paralela à OMC. Disponível em: Acesso em: 03 ago. 2004.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre comércio internacional, é correto afirmar que a expressão "nova geografia do comércio mundial" remete à ideia de:

  13. 13

    UFPEL 2000

    "O Conselho do Mercado Comum (CMC), convocado pela primeira vez na história do Mercosul, de forma extraordinária, para tentar resolver o conflito comercial provocado pela imposição de medidas contra o comércio da região por parte da Argentina, transferiu as decisões para a Organização Mundial do Comércio (OMC)." (D. P. - Economia - 07.08.1999) Assinale a alternativa que contém o objetivo principal da Organização Mundial do Comércio:

  14. 14

    PUC-SP 2004

    Na Rodada Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC), realizada em Cancún (México) no ano de 2003, o Brasil e mais 19 países em desenvolvimento protagonizaram um movimento contra a política de subsídios agrícolas, desenvolvida pelos países europeus e pelos EUA, que beneficia os agricultores desses países desenvolvidos. A respeito desse desacordo no comércio mundial é correto afirmar que

  15. 15

    FGV 2003

    A OMC (Organização Mundial do Comércio) foi criada em 1994, em substituição ao antigo Gatt (Acordo Geral de Tarifas e Comércio), com o propósito de universalizar as normas reguladoras do comércio, a partir das novas condições geradas pelo processo de globalização da economia mundial. Segundo declarações de representantes do governo brasileiro, a OMC tem-se desviado de seus objetivos, porque, na maior parte dos casos,

  16. 16

    PUC-MG 2006

    A inserção política brasileira no sistema político-econômico internacional pode ser considerada modesta, em oposição às suas dimensões geográficas e demográficas. Constituem obstáculos a uma participação mais efetiva do Brasil no arranjo geopolítico mundial: I. As crises políticas e econômico-financeiras são obstáculos aos ajustes do País às transformações e à dinâmica do capitalismo internacional. II. As dificuldades em estabelecer políticas públicas de inserção social coerentes e objetivas geram contradições que enfraquecem a posição do Estado em suas relações internacionais. III. A relativa marginalização do País quanto a investimentos diretos de capital estrangeiro confirma essa posição menos privilegiada no arranjo geopolítico mundial. IV. Os passivos sociais e ambientais historicamente produzidos materializam-se na estrutura social e espacial do País, refreando possibilidades de crescimento econômico rápido e maior competitividade externa. Marque a alternativa correta:

  17. 17

    IBMEC-RJ 2009

    Uma das maiores preocupações da OMC (Organização Mundial do Comércio) é combater o chamado protecionismo, que se caracteriza por uma série de medidas postas em práticas por diversos países. Sobre essa postura protecionista são feitas as seguintes afirmativas: I - Uma característica protecionista é a garantia de preços mínimos para cada safra e prioridade para a compra da produção interna. II - Taxação mais elevada sobre os produtos importados. III - Busca de acordos internacionais para aumentar as exportações, especialmente junto aos mercados de maior potencialidade. Assinale:

  18. 18

    PUC-MG 2006

    O Estado brasileiro vive um processo de transnacionalização em suas estruturas sociais, políticas e econômicas que dificilmente se alterará nos próximos anos. NÃO é característica desse processo:

  19. 19

    PUC-MG 2015

    As representações cartográficas não são neutras. Ao longo da história, a cartografia foi utilizada como instrumento estratégico de dominação e de disseminação de uma visão ideológica acerca do mundo. No ano de 1945 foi criada a ONU – Organização das Nações Unidas, uma organização internacional com sede em Nova Iorque. Com objetivo de promover a paz mundial, promovendo o direito internacional, o desenvolvimento social e econômico, e os direitos humanos; a organização serviu também para legitimar a nova ordem internacional que se esboçava a partir de então. O símbolo da ONU, representado abaixo, foi elaborado a partir de uma projeção cartográfica cuidadosamente selecionada, de forma a destacar o novo contexto geopolítico que se consolidava a partir de então. A análise desse símbolo permite concluir:

  20. 20

    UFRRJ 2004

    A organização mundial do comércio (OMC) tem sido espaço de discussões sobre os interesses comerciais antagônicos entre países ricos e pobres. SENE, E.; MOREIRA, J. C. Geografia Geral e do Brasil: espaço geográfico e globalizado. São Paulo: Scipione, 1998. p. 408. Levando-se em conta esses antagonismos comerciais, é correto afirmar que os países pobres

  21. 21

    FGV 2014

    No decorrer do século XX, para a organização de projetos de criação de blocos econômicos, foi necessário superar rivalidades históricas. Isto ocorreu na Europa e também na América do Sul, quando o Brasil e a Argentina deixaram de lado as disputas por hegemonia e engendraram um acordo, na década de 1980, que posteriormente originou o Mercosul. Estes exemplos permitem afirmar que:

  22. 22

    UESC 2011

    A geopolítica, sob nova roupagem, ainda é atual e determinante no ordenamento das relações internacionais. Em um mundo onde a economia é a linha mestra de atuação, a geopolítica passa a visualizar os novos atores da política internacional. Com relação à organização do espaço mundial na atualidade, pode-se afirmar:

  23. 23

    PUC-SP 2006

    Em agosto de 2003, na V Conferência Ministerial da Organização Mundial do Comércio - OMC realizada em Cancun, a diplomacia brasileira liderou a formação de um grupo que ficou conhecido como G-20. O grupo é atualmente integrado por 21 membros (vide mapa). São países que congregam 60% da população mundial e reúnem 70% da população rural do planeta. A construção desse grupo de interesse internacional tem como principal objetivo

  24. 24

    UFG 2004

    As relações comerciais exteriores constituem um dos laços econômicos mais significativos que interligam um país ao mercado mundial. A inserção do Brasil na economia mundial pode ser identificada

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos