Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Banco de Exercícios

Lista de exercícios

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Tensão nas Coréias dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude Geografia com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos

  1. 1

    UERJ 2014

    Em 25 de junho de 1950, tropas da Coreia do Norte ultrapassaram o Paralelo 38, que delimitava a fronteira com a Coreia do SuI. Com a aprovação do Conselho de Segurança da ONU, quinze países enviaram tropas em defesa da Coreia do Sul, comandadas pelo general norte-americano Douglas MacArthur. Após três anos de combate, foi assinado um armistício em 27 de julho de 1953, mantendo a divisão entre as Coreias. (Adaptado de cpdoc_fgv.br) O governo norte-coreano anunciou recentemente que não mais reconheceria o armistício assinado em 1953, o que trouxe novamente ao debate o episódio da Guerra da Coreia. O fator que explica a dimensão assumida por essa guerra na década de 1950 está apresentado em:

  2. 2

    UNESP 2014

    Coreia do Norte anuncia "estado de guerra" com a Coreia do Sul A Coreia do Norte anunciou nesta sexta-feira [29.03.2013] o "estado de guerra" com a Coreia do Sul e que negociará qualquer questão entre os dois países sob esta base. "A partir de agora, as relações intercoreanas estão em estado de guerra e todas as questões entre as duas Coreias serão tratadas sob o protocolo de guerra", declara um comunicado atribuído a todos os órgãos do governo norte-coreano. (http://noticias.uoI.com.br. Adaptado.) A tensão observada entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul está associada a

  3. 3

    UERJ 2016

    As imagens noturnas feitas por satélites revelam a distribuição espacial do consumo de energia elétrica, permitindo identificar diferenças importantes entre as sociedades humanas, como no exemplo abaixo. A imagem indica diferentes padrões espaciais do consumo de energia entre as regiões norte e sul da Península Coreana. Entre essas regiões, tal diferença é explicada, principalmente, por seus respectivos níveis de:

  4. 4

    UNESP 2010

    A Coreia do Norte e a Coreia do Sul foram delimitadas após a 2ª Guerra Mundial, quando soviéticos e americanos dividiram a península da Coreia no paralelo 38°N. Durante o periodo da Guerra Fria a reunificação se tomou inviável, surgindo em 1948 as duas Coreias. Nos últimos 56 anos as duas Coreias se mantiveram em estado de guerra. A tensão nesta área se torna critica em 2009, devido ao fato de a Coreia do Norte ter realizado testes nucleares. (Cláudia Trevisan, O Estado de S.Paulo. Coreia do Norte deixa armistício e ameaça Seul com ataque militar, Maio/2009. Adaptado.) Ao fazer uma retrospectiva deste período histórico é possível afirmar que:

  5. 5

    UFG 2013

    A Coreia do Norte tem gerado tensões geopolíticas em decorrência de sua capacidade nuclear, do seu isolamento político e das disputas territoriais com sua vizinha Coreia do Sul. Atualmente separadas por uma faixa desmiIitarizada, a divisão que criou as duas Coreias se originou

  6. 6

    CESGRANRIO 1995

    A Península Coreana, a partir dos anos 50, quando se dividiu em dois Estados, recebeu forte impulso industrial. De um lado, a Coréia do Sul dominaria tecnologias de ponta e se converteria num dos Tigres Asiáticos. De outro lado, a Coréia do Norte teria sua industrialização dirigida para os setores de:

  7. 7

    PUC-MG 1999

    Sobre a Guerra da Coréia (1950-1953), é correto afirmar, EXCETO:

  8. 8

    FGV 2003

    Entre junho de 1950 e julho de 1953, transcorreu a chamada Guerra da Coréia, sobre a qual é correto afirmar:

  9. 9

    PUC-RJ 2014

    A charge representa uma tensão geopolítica presente no mundo desde o período da Guerra Fria e que atinge significativamente a Bacia do Pacífico. Tal tensão recrudesceu devido a:

  10. 10

    ESPM 2012

    Observe os textos: A Coreia do Norte concordou em suspender os testes nucleares, enriquecimento de urânio e lançamento de mísseis de longo alcance e permitirá que inspetores nucleares visitem seu complexo nuclear Yongbyon para verificar se a moratória foi colocada em prática. O anúncio feito simultaneamente pelo Departamento de Estado dos EUA e pela Agéncia de Notícias Norte-Coreana abre caminho para uma possivel retomada das negociações de desarmamento. Fonte: www.americaeconomia.com. (Acesso: 29/02/2012) Pouco mais de duas semanas depois de anunciar moratória dos seus testes nucleares, a Coreia do Norte informou que lançará um foguete de longo alcance em abril. Mesmo o governo norte-coreano declarando que a intenção é pacífica - por um satélite em órbita - o anúncio gerou reação imediata da Coreia do Sul e dos EUA, que consideram o lançamento um teste de mísseis disfarçado para driblar sanções e ameaçam sustar acordo estabelecido no último dia de fevereiro. Fonte: www.estadao.com.br (acesso: 16/03/2012). O acordo com a Coreia do Norte, que o governo dos EUA ameaça sustar, previa:

Gerar PDF da Página

Conteúdo exclusivo para assinantes

Assine um de nossos planos para ter acessos exclusivos e continuar estudando em busca da sua aprovação.

Ver planos