Exercícios de Colonização Inglesa na América

Voltar para exercícios de História

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Colonização Inglesa na América dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. FGV 2004
    A conquista colonial inglesa resultou no estabelecimento de três áreas corn características diversas na América do Norte. Com relação às chamadas "colônias do sul" é correto afirmar
  2. 2. UNESP 2002
    Na Idade Moderna, o processo de colonização europeia das regiões do continente americano não foi uniforme. Pode-se distingui-Ias em áreas de
  3. 3. G1 - CFTCE 2005
    Sobre a colonização inglesa nas colônias da América do Norte, é correto afirmar que:
  4. 4. UEL 2001
    Durante a colonização, subjugados os nativos, os europeus montaram estruturas de dominação e exploração nas Américas Hispânica, Portuguesa e Inglesa, que em muitos aspectos apresentavam diferenças entre si. Sobre o tema, é correto afirmar
  5. 5. FUVEST 1993
    "O puritanismo era uma teoria politica quase tanto quanto uma doutrina religiosa. Por isso, mal tinham desembarcado naquela costa inóspita, (...) o primeiro cuidado dos imigrantes (puritanos) foi o de se organizar em sociedade". Esta passagem de A DEMOCRACIA NA AMÉRICA, de A. de Tocqueville, diz respeito a tentativa:
  6. 6. MACKENZIE 1997
    São características das Colônias de Povoamento implantadas no Continente Americano a partir do século XVII:
  7. 7. FATEC 2003
    A colonização inglesa começou tardiamente, por causa dos problemas políticos internos, mas vários fatores impulsionaram a ocupação da América do Norte, entre os quais
  8. 8. UFPB 2006
    Observe, com atenção, o mapa que retrata o processo de colonização europeia da América do Norte. Em relação a esse processo, considere as afirmativas a seguir, identificando com V a(s) verdadeira(s) e com F, a(s) falsa(s). (   ) A fundação de Nova York por puritanos, em 1626, marcou o início da ocupação inglesa das treze colônias, no atual território dos EUA. (   ) A fundação de Plymouth, em 1620, marcou o início da colonização dos puritanos na Nova Inglaterra, território, atualmente, pertencente aos EUA. (   ) Os franceses se estabeleceram, a partir de 1608, no vale do Rio São Lourenço e na região dos grandes lagos, dando origem à atual Quebec, no Canadá. (   ) Os franceses ocuparam a bacia do Mississipi-Missouri, fundando a povoação portuária de Nova Orleans, centro da colonização da Louisiana, atualmente território do Canadá. (   ) Os espanhóis fundaram, no século XVI, a Flórida, atualmente território dos EUA, com o objetivo de melhor controlarem as rotas de navegação do Atlântico para o Golfo do México. A sequência correta é:
  9. 9. PUC-RJ 2013
    A fundação da Virgínia e da Nova Inglaterra, no início do século XVII, fez a Inglaterra adentrar a disputa colonial no Novo Mundo. Nos vastos domínios dos impérios ibéricos nas Américas, foram produzidas sociedades muito diversas e complexas - por exemplo, as do V.FI. da Nova Espanha, as da região caribenha e as do V.FI. do Peru. Entretanto, também nas colônias britânicas, desde a sua formação, fortes diferenças acabaram forjando sociedades bem diversas. Essa diversidade foi expressão de vários fatores, entre eles estão: I. O fato de os propósitos das Companhias de Comércio de Londres e de Plymouth terem sido radicalmente distintos, tal como as populações que transportaram para a América. II. O predomínio dos interesses mercantis e escravistas nas colônias da Virgínia, ao sul, contrastando com as motivações de ordem mais religiosa e políticas dos puritanos que orientaram a ocupação das colônias ao norte. III. A dificuldade de a Igreja Anglicana fazer valer a sua autoridade e administração nas colônias do norte, berço da intolerância religiosa, Ioci de separatistas religiosos - dos congregacionistas, presbiterianos, batistas e anabatistas etc. IV. A decisão prévia do Rei James I de oferecer colônias particulares a donatários ou proprietários - como William Penn e Lord Baltimore - na região das Colônias do Meio. Assinale a alternativa CORRETA:
  10. 10. UFMG 2007
    Observe o mapa, em que estão representados os intercâmbios comerciais das Colônias Inglesas da América do Norte: Considerando-se as informações desse mapa e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que
  11. 11. FGV-SP 1995
    "... estabeleceram-se ali pequenos proprietários que produziam, a princípio, para a sua subsistência e depois, pouco a pouco, para as plantações escravistas do sul do país e para a área das Antilhas. A produção não foi a típica da plantation , mas bastante diversificada - madeiras, cereais, manufaturados - e, o que é mais importante, os lucros tenderam a se concentrar na colônia..." O texto identifica a colonização:
  12. 12. UEMA 2009
    As oportunidades de obter terras eram imensas; as propriedades eram pequenas ou médias e havia uma imensidão de terras para serem conquistadas e colonizadas. Não necessitavam produzir para a metrópole. Aliás, esta não estava interessada nos lucros da exploração [...]. Para a metrópole, as colônias do norte e do centro não passavam de uma imensidão de terras para dar ocupação às grandes massas humanas indesejáveis na Europa. CÁCERES, Florival. História da América. 2ed. São Paulo: Moderna, 1992.   O texto faz referência à
  13. 13. UNICENTRO 2007
    Sobre a colonização do continente americano pelos ingleses, franceses, portugueses e espanhóis, é correto afirmar:
  14. 14. UNIMONTES 2014
    Um ponto comum do processo de colonização das áreas portuguesa e espanhola, na América, assim como do sul das colônias inglesas americanas, foi:
  15. 15. UNIMONTES 2012
    Sobre a colonização da América do Norte, é INCORRETO afirmar:
  16. 16. FATEC 2002
    A Lei do Açúcar (1764), a Lei do Selo (1765) e a Lei Townshend (1767) representaram, quando implementadas, para
  17. 17. UFJF 2009
    Os choques constantes entre o rei e o parlamento, entre a religião oficial e as demais, entre os grupos populares e a burguesia, tornaram o século XVII um momento conturbado na história da Inglaterra e ajudam a explicar como se processou a colonização inglesa na costa atlântica da América do Norte. Acerca desse processo, assinale a alternativa INCORRETA.
  18. 18. UNIFENAS 2017
    A Guerra dos Sete Anos (1756-1763) estabelecera uma maior presença militar nas colônias. A Coroa decidiu manter um exército regular na América, a um custo de 400 mil libras por ano. Para o sustento desse exército, os colonos passariam a ver aumentada sua carga de impostos. Situação desagradável para os colonos: pagar por um exército que, a rigor estava ali para policiá-los. (Leandro Karnal e outros, História dos Estados Unidos, Contexto, SP, 2017, p. 75) O conflito citado no texto, bem como seus desdobramentos, pode ser corretamente identificado com
  19. 19. UEG 2005
    Seja qual for o termo utilizado para descrever o encontro de indígenas e europeus no continente americano no findar do século XV, é consenso que seu resultado foi, ao mesmo tempo, lucrativo para os europeus e desastroso para as populações indígenas. Sobre as conseqüências de tal encontro, analise as seguintes proposições:   I. A colonização da América do Norte foi empreendida por famílias inglesas em fuga da Inglaterra por causa das perseguições religiosas. Ao implementá-la, os colonos dizimaram grande parte da população nativa, considerada um empecilho para os seus interesses. II. A estrutura básica da economia colonial na América do Norte foi a pequena propriedade fundamentada no trabalho familiar, na policultura e em uma indústria rudimentar, principalmente na área têxtil. III. A partir da descoberta da América, pode-se notar o interesse da Igreja em cristianizar os nativos, preservando as culturas locais, ao mesmo tempo em que se introduzia pacificamente a nova religião. IV. Nas possessões portuguesas, houve pouco interesse na efetiva ocupação do território, devido à prioridade dada pelo reino lusitano ao comércio com as Índias e ao fato de não terem sido encontrados metais preciosos nos primeiros contatos.   Assinale a alternativa CORRETA:
  20. 20. CEFET-RJ 2006
    “A Lei do Selo era encarada pelos colonos como uma lei particularmente tendente a eliminar a liberdade de imprensa e de agitação política. Desfechava um violento golpe sobre os advogados, em particular, e era onerosa para todos aqueles que desejassem fazer qualquer espécie de negócio, urbano ou rural. Para forçar o cumprimento à lei, foram previstas pesadas multas, penas e atraentes prêmios aos delatores.”  (APTHEKER, Heerbert. Apud FARIA, Ricardo de Moura; MARQUES, Adhemar; BERUTTI, Flávio. História & companhia. Belo Horizonte: Lê, 1998. v.3. p. 61)   A Lei do Selo fez parte de um grupo de medidas, adotadas pelos ingleses a partir de 1763, que rompeu com a política da chamada negligência salutar. As principais razões para a Inglaterra adotar uma nova política colonial para suas treze colônias da América do Norte foram
  21. 21. UEL 2005
    "É bem verdade que outros colonizadores europeus estavam também ocupando espaços, mas impressiona no caso da América inglesa, a velocidade assim como a variedade das formas de ocupação e de atividades econômicas. Impressiona também a convicção de um direito divino, assim como de uma missão especial desse povo na América. Essa crença na própria excepcionalidade resultava de uma tradição religiosa (puritana) que realçava a realização da virtude individual, assim como de uma tradição republicana que fundava as instituições políticas na ação e na vontade de homens livres." (MOURA, Gerson. "Estados Unidos e América Latina". São Paulo: Contexto, 1991. p. 11.)   Com base no texto e nos conhecimentos sobre a colonização das Américas anglo-saxônica, portuguesa e hispânica, é correto afirmar: 
  22. 22. UFRGS 2014
    Leia o enunciado abaixo.   O comércio marítimo triangular deu uma contribuição enorme ao desenvolvimento industrial da Inglaterra. Seus lucros fertilizaram todo o sistema de produção do país. WILLIAMS, Eric. Capitalismo e escravidão. São Paulo: Cia. das Letras, 2012. p. 157.   Considere as seguintes afirmações sobre o comércio triangular.   I - O comércio triangular britânico consistia, principalmente, no envio de produtos manufaturados ingleses para a África; de escravos africanos para o Caribe; e de produtos coloniais, especialmente o açúcar, para a Inglaterra.   II - Os lucros obtidos pelo comércio triangular forneceram um dos principais fluxos de acumulação de capital que financiaram a Revolução Industrial inglesa.   III- A utilização de mão-de-obra livre nas plantations produtoras de açúcar garantia altos níveis de lucratividade para seus proprietários.     Quais estão corretas?
  23. 23. CESGRANRIO 1991
    Durante o séc. XVII, grupos puritanos ingleses perseguidos por suas ideias políticas (antiabsolutistas) e por suas crenças religiosas (protestantes, calvinistas) abandonaram a Inglaterra, fixando-se na costa leste da América do Norte, onde fundaram as primeiras colônias.   A colonização inglesa nessa região foi facilitada:
  24. 24. FGV 1999
    Uma forma de arrecadação de imposto e de censura foi imposta pela metrópole inglesa aos colonos das Treze Colônias, em 1765, através da(s):
  25. 25. UNIMONTES 2013
    Sobre a colonização inglesa na parte setentrional dos Estados Unidos da América, é INCORRETO afirmar:
  26. 26. Espcex (Aman) 2012
    Durante a colonização inglesa na América, as colônias do norte tiveram uma flexibilização política ao monopólio, pois, durante algum tempo, permitiram o comércio entre as colônias e com as Antilhas francesas e espanholas, além de a metrópole não reprimir o contrabando. Tal fato sucedeu-se devido a estas colônias
  27. 27. UNEMAT 2013
    Como resultado da Revolução Industrial, combinada com o domínio dos oceanos e a expansão comercial, a riqueza da Inglaterra dobrou entre 1712 e 1792. Em 1808, a Inglaterra estava começando a estender aos quatro cantos da Terra o maior império que a humanidade tinha conhecido até então. GOMES, Laurentino. 1808. 2.ed. Rio de Janeiro: Planeta Brasil, 2007 (Adaptado).   O fragmento possibilita a seguinte interpretação:
  28. 28. UFG 2009
    No século XVIII, os colonos anglo-americanos enfrentaram os franco-americanos na chamada Guerra dos Sete Anos (1756- 1763). Na década seguinte, os colonos anglo-americanos rebeldes lutaram lado a lado com voluntários franceses na guerra de independência dos Estados Unidos da América (1775- 1781). Nesses dois contextos, as diferentes alianças dos colonos anglo-americanos tiveram como motivação comum
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login