Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Guerra Fria

Voltar para exercícios de História

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Guerra Fria dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. Espcex (Aman) 2013
    Espesso e perigoso, o Muro de Berlim separou bairros, cortou cemitérios ao meio e fechou entradas de igrejas. Existiu por 28 anos, durante os quais se estima que 125 pessoas morreram ao tentar transpô-Io. Sobre o Muro de Berlim, é correto afirmar que
  2. 2. UERN 2015
    A eclosão da guerra entre os blocos era improvável, mas a paz era impossivel, sintetizava o cientista político francês Raymond Aron. A paz era impossivel porque não havia maneira de conciliar os interesses em disputa. Um sistema só poderia sobreviver à custa da destruição total do outro. E a guerra era improvável porque os dois blocos tinham acumulado tamanho poder de destruição que, se acontecesse um conflito generalizado, seria, com certeza, o último. [...]  (José Arbex Júnior. Guerra Fria: o Estado terrorista. 2. ed. São Paulo: Moderna, 2005. p. 10. Coleção Polêmica.) De acordo com o contexto da Guerra Fria descrito anteriormente, analise as afirmativas. I. "Foi o oferecimento aos países da Europa ocidental de matérias-primas, produtos e capital. na forma de créditos e doações. Um verdadeiro programa de ajuda econômica e militar dos EUA aos países destruídos peIa Guerra." II. "A resposta do bloco socialista veio a partir da formação de uma aliança entre a URSS e alguns países da Europa Oriental." As afirmativas I e II se referem às estratégias distintas adotadas, respectivamente, pelos EUA e URSS durante a Guerra Fria. Trata-se de
  3. 3. UPF 2014
    Observe a charge: A charge mostra Harry Trumann e Josef Stalin jogando futebol com uma bola que representa o Planeta Terra. Trata-se de uma representação da chamada Guerra Fria, que pode ser definida como:
  4. 4. FGV-RJ 2010
    Em 20 dejulho de 1969, o mundo acompanhou maravilhado o desembarque dos astronautas da missão Apollo 11 em solo lunar. No dia seguinte, ojornal New York Times abordaria o evento de um ponto de vista exterior à humanidade, estampando poesia na primeira página: "Homens andam na Lua". Algumas linhas abaixo, o jornal trazia a celebre frase pronunciada por Neil Armstrong ao pisar em solo lunar "Um pequeno passo para um homem, um gigantesco salto para a humanidade". Considerando o contexto mundial na década de 1960 e a chegada do homem a Lua, podemos considerar I. A conquista da Lua e os consequentes avanços tecnológicos frutos dessa realização só podem ser compreendidos no contexto da Guerra Fria, período em que duas superpotências (EUA e URSS) lutavam pela hegemonia política e militar do mundo. II. Na verdade, a URSS não representou uma ameaça à hegemonia norte-americana durante a corrida espacial, uma vez que, nesse período, os soviéticos desenvolveram, em parceria com os EUA. as estações espaciais para pesquisa científica na órbita da Terra. III. Decididos a superar os soviéticos, os EUA criaram a NASA - Agência Espacial norte-americana - e cumpriram o desafio proposto pelo então presidente John F. Kennedy, de levar um astronauta até a Lua e trazê-Io de volta, em segurança. IV. Com o fim da Guerra Fria, os EUA e a URSS perderam interesse pela corrida espacial e passaram a priorizar a luta contra o terrorismo, principalmente após a invasão do Iraque e do Afeganistão e os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001. V. A corrida espacial teve início com o lançamento do Sputnik - primeiro satélite artificial da Terra - pela URSS, que, anos depois, mandou para o espaço o cosmonauta Yuri Gagárin, pioneiro das missões tripuladas.
  5. 5. UFSM 2014
    Em 9 de novembro é derrubado o Muro de Berlim. O governo [da Alemanha Oriental] não tinha condições de mantê-lo, a menos que partisse para uma repressão sangrenta. [...] Em apenas 3 dias, pelo menos 2 milhões de alemães-orientais passaram para Berlim Ocidental. [...] Já no lado ocidental, os alemães-orientais formavam filas enormes diante das discotecas e de lojas pornôs [...]. Embora não tivessem dinheiro suficiente para comprar, as pessoas olhavam tudo como se fosse um grande parque de diversões. ARBEX JR., José. Revolução em 3 tempos: URSS, Alemanha, China. SP. Moderna, 1993. p. 54-56. A partir do texto, pode-se afirmar que a queda do Muro de Berlim, em 1989, Indica
  6. 6. UDESC 2011
    As décadas de 1950 e 1980 foram marcadas por uma polarização global entre duas formas de pensar e organizar o mundo, conhecida como Guerra Fria. Analise cada proposição sobre os acontecimentos e processos que contribuem para o entendimento desse período e assinale (V) para verdadeira ou (F) para falsa. (   ) A emergência da União da República Socialista Soviética - URSS, após a Segunda Guerra, como uma das grandes potências militares e políticas do mundo, alarmou os países capitalistas, sobretudo diante do avanço do comunismo na Europa. (   ) A Doutrina Truman foi o ponto de partida para a Guerra Fria; o Plano Marshall, que dela fez parte, foi proposto pelos Estados Unidos com a intenção de conter a expansão socialista, mantendo os países europeus sob influência norte-americana. (   ) O bloqueio de Berlim, em 1948, foi o primeiro grande conflito entre os dois blocos; mais tarde a construção de um muro separando as duas partes da cidade tornaria o Muro de Berlim o principal símbolo da Guerra Fria. (   ) A crise dos mísseis foi um dos momentos mais críticos da Guerra Fria. (   ) A Guerra Fria significou ações que iam da ameaça militar à coação política, econômica e ideológica. A hostilidade gerada por estas ações colocava no horizonte a possibilidade de uma guerra nuclear, gerando um clima de medo que se espraiou para todo o mundo, nesse período. Assinale a alternativa que contém a sequência correta, de cima para baixo.
  7. 7. PUC-PR 2009
    Durante a Guerra Fria, desenvolveu-se, nos Estados Unidos, uma ideologia conhecida como macartismo. Essa ideologia tinha como objetivo:
  8. 8. UEMG 2016
    Observe a imagem: Em 20 de Julho de 1969, Neil Armstrong e Edwin Aldrin pisaram em terreno lunar. O ato de estar na lua era simbólico, já que, além da magia dessa conquista, outras motivações existiam. O cenário histórico em questão corresponde a
  9. 9. UERJ 2016
    A Europa passou por grande número de reconfigurações territoriais, em virtude das disputas seculares entre os povos do continente. No mapa abaixo, elaborado em 2014, estão assinalados, para cada país europeu, o nome da última potência estrangeira a desocupar aquele espaço nacional e o ano em que isso ocorreu. A desocupação estrangeira na Europa Oriental, após a Segunda Guerra Mundial, está associada ao seguinte contexto geopolítico:
  10. 10. UFSM 2011
    Na Conferência de Potsdam, em julho de 1945, "Churchill compreendeu de imediato, [que] a situação mudou totalmente após o anúncio da explosão de Alamagordo [a explosão da primeira bomba atômica pelos EUA]. O Japão podia ser esmagado rapidamente, sem a ajuda de Moscou. Na Europa, qualquer tentativa de expansão dos exércitos soviéticos encontraria as novas armas americanas. Os termos do futuro equilibrio mundial se encontravam assim subitamente modificado". GAJA, R. Introdução a política externa da era nuclear. In: MAIOCCHIO. R. A Era Atômica. São Paulo: Atica. 1996. p.13. A respeito da nova realidade criada pela 'explosão dos mil sóis', considere as afirmativas a seguir. I. A bomba atômica. criada especialmente para atingir Hiroshima e Nagasaki, a fim de derrotar o Japão, foi uma conquista da ciência e da tecnologia que possibilitou as grandes potências a construção de uma era de paz entre as naçoes. II. 0 novo artefato bélico definiu os termos do embate político entre as grandes potências, eliminando a possibilidade de novas guerras, tanto aquelas realizadas por exércitos regulares quanto os combates de guerrilha. III. A bomba atómica tornou-se um dado novo nos acordos que vinham sendo feitos entre EUA e URSS, as duas potências que. desde o final da Segunda Guerra Mundial. haviam dividido o mundo em duas grandes áreas sob a sua influência. IV. A bomba atômica desencadeou novo estilo de confronto, tornando-se o artefato bélico principal para os países que almejam disputar o poder político e militar do planeta. Está(ão) correta(s)
  11. 11. ALBERT EINSTEIN 2016
    Mikhail Gorbachev realizou, na União Soviética da década de 1980, um conjunto de reformas, que se tornaram conhecidas como “perestroika” e “glasnost”. Elas visavam, entre outros fatores,
  12. 12. UERJ 2012
    O capitalismo do século XlX tropeçou de desastre em desastre nas bolsas de valores e nos investimentos empresariais irracionais. Após a Segunda Guerra Mundial, essa desordem foi de algum modo posta sob controle na maioria das economias avançadas: sindicatos fortes, garantias trabalhistas e empresas de grande escala combinaram-se e produziram uma era, de mais ou menos trinta anos, de relativa estabilidade. Adaptado de SENNEIT, Richard. A corrosão do caráter as consequências pessoais do trabalho no novo capitalismo. Rio de Janeiro: Record, 2010. A estabilidade mencionada no texto foi proporcionada pela condição socioeconômica e pelo modelo de organização do Estado identificados em:
  13. 13. PUC-RS 2014
    Considere as afirmativas abaixo sobre a chamada Guerra Fria entre os EUA e a URSS. I. A explosão das bombas atômicas sobre o Japão, antes da Conferência de Potsdam, revelou a superioridade bélica norte-americana, o que levou a URSS a adotar uma diplomacia mais agressiva, forçando e obtendo o controle dos estreitos de Bósforo e Dardanelos, na Conferência de Paris, em 1946. II. O chamado Plano Marshall levou os EUA a aplicarem cerca de 17 bilhões de dólares em países capitalistas europeus, tais como França, Grã-Bretanha, Itália, Holanda, Noruega, Portugal e Suíça, sendo que alguns países do bloco socialista, como a Polônia e a Hungria, igualmente aceitaram, de forma imediata, parte desse investimento, devido à extrema gravidade da crise econômica que enfrentavam. III. Ao final da Segunda Guerra, na região dos Balcãs, de significativa relevância estratégica, apenas a Grécia e a Turquia escapavam ao controle da URSS, em que pese o forte empenho dos Partidos Comunistas desses países na disputa interna pelo poder. Está/Estão correta(s) apenas a(s) atirmativa(s)
  14. 14. ENEM 2018
    Os soviéticos tinham chegado a Cuba muito cedo na década de 1960, esgueirando-se pela fresta aberta pela imediata hostilidade norte-americana em relação ao processo social revolucionário. Durante três décadas os soviéticos mantiveram sua presença em Cuba com bases e ajuda militar, mas, sobretudo, com todo o apoio econômico que, como saberíamos anos mais tarde, mantinha o país à tona, embora nos deixasse em dívida com os irmãos soviéticos – e depois com seus herdeiros russos – por cifras que chegavam a US$ 32 bilhões. Ou seja, o que era oferecido em nome da solidariedade socialista tinha um preço definido. PADURA, L. Cuba e os russos. Folha de São Paulo, 19 jul. 2014 (adaptado). O texto indica que durante a Guerra Fria as relações internas em um mesmo bloco foram marcadas pelo(a)
  15. 15. FUVEST 2013
    O que acontece quando a gente se vê duplicado na televisão? (...) Aprendemos não só durante os anos de formação mas também na prática a lidar com nós mesmos com esse “eu” duplo. E, mais tarde, (...) em 1974, ainda detido para averiguação na penitenciária de Colônia-Ossendorf, quando me foi atendida, sem problemas, a solicitação de um aparelho de televisão na cela, apenas durante o período da Copa do Mundo, os acontecimentos na tela me dividiram em vários sentidos. Não quando os poloneses jogaram uma partida fantástica sob uma chuva torrencial, não quando a partida contra a Austrália foi vitoriosa e houve um empate contra o Chile, aconteceu quando a Alemanha jogou contra a Alemanha. Torcer para quem? Eu ou eu torci para quem? Para que lado vibrar? Qual Alemanha venceu? Gunter Grass. Meu século. Rio de Janeiro: Record, 2000, p. 237. Adaptado.   O trecho acima, extraído de uma obra literária, alude a um acontecimento diretamente relacionado
  16. 16. UNEMAT 2007
    Em outubro de 1989 o Muro de Berlim caiu e praticamente a Alemanha passava a ser um único país. Nessa data encerra-se uma importante fase da história contemporânea, quando os blocos Soviético e Capitalista disputavam a primazia mundial. Este período recebeu o nome de:
  17. 17. UNIPAM 2012
    “Há 50 anos, a República Democrática Alemã (RDA) dava início à construção do Muro de Berlim. Neste sábado, um ato relembrou a noite em que a Alemanha comunista dividiu a cidade em duas, o que veio a separar famílias durante 28 anos. A cerimônia começou com a leitura dos nomes de 136 berlinenses que morreram tentando cruzar o muro.” (CONTRUÇÃO do Muro de Berlim completa 50 anos.)​ Disponível em: . Acesso em: 13 ago. 2011).   A construção do Muro de Berlim converteu-se em símbolo marcante
  18. 18. FCMS-JF 2017
    Tony Stark está no Vietnã e, acidentalmente, pisa numa mina explosiva. É feito prisioneiro pelos vietcongues e se vê obrigado a criar uma nova arma para eles. Entretanto, salva a própria vida construindo uma poderosa armadura e um marca-passo para evitar que os estilhaços da mina, alojados em seu coração, penetrem cada vez mais. Stark se torna o Homem de Ferro e passa a enfrentar inimigos vindos da URSS e da República Popular da China. Entre os adversários soviéticos, estava o Dínamo Escarlate, que também usava uma armadura. Disponível em: http://profalexandregangorra.blogspot.com.br. Acesso em: 29 abr. 2017 O Homem de Ferro, ao combater seus inimigos, reproduz nas histórias em quadrinhos o período da 
  19. 19. UNICENTRO 2012
    A Guerra Fria, fenômeno político-militar-ideológico que marcou as relações internacionais das décadas de 50 a 80 do século passado, caracterizou-se, dentre outras questões, por
  20. 20. ENEM PPL 2013
    Embora o aspecto mais óbvio da Guerra Fria fosse o confronto militar e a cada vez mais frenética corrida armamentista, não foi esse o seu grande impacto. As armas nucleares nunca foram usadas. Muito mais óbvias foram as consequências políticas da Guerra Fria. HOBSBAWM, E. Era dos extremos: o breve século XX: 1914-1991. São Paulo: Cia. das Letras, 1999 (adaptado).   O conflito entre as superpotências teve sua expressão emblemática no(a)
  21. 21. UEA 2004
    “A guerra, pelo menos, havia aniquilado o nazismo, o fascismo e o ultranacionalismo japonês. Mas deixava frente a frente ocidentais e comunistas, com suas ideologias contraditórias e todos os conflitos que isto implicava. Progressivamente, os homens se deram conta de que a vitória não era tudo, e que a política internacional mantinha  sobre o seu destino a sombra espantosa da guerra.”  (Duroselle) Podemos interpretar corretamente o trecho acima em:   
  22. 22. UNIMONTES 2013
    Entre os acontecimentos relacionados à Guerra Fria, é INCORRETO elencar:
  23. 23. UNIMONTES 2012
    A Guerra Fria foi marcada pela rivalidade político-ideológica dos Estados Unidos e da União Soviética. Foi também um período caracterizado por vários conflitos e disputas. Assinale um conflito e/ou disputa que NÃO foi/foram caracterizado(a)/caracterizados pela rivalidade político-ideológica típica da Guerra Fria.
  24. 24. UNCISAL 2011
    Esse era um dos cenários do mundo no pós-guerra: uma bipolarização maniqueísta entre Estados Unidos e União Soviética, que definiria a guerra fria. (Flavio de Campos e Renan G. Miranda, Oficina de história: história integrada) Sobre o processo apresentado, é correto afirmar que
  25. 25. FCMS-JF 2011
    "Varre, varre vassourinha, varre, varre a bandalheira, que o povo já está cansado, de viver nessa sujeira(...)" A frase acima é parte do jingle da campanha de Jânio Quadros, que foi eleito presidente da república nos anos 1960 em pleno ambiente:
  26. 26. UNICENTRO 2009
    “A peculiaridade da Guerra Fria era a de que, em termos objetivos, não existia perigo iminente de guerra mundial.” (HOBSBAWM, Eric. Era dos Extremos – o breve século XX.)   Todos os conflitos apresentados abaixo ocorreram no período da Guerra Fria, EXCETO:
  27. 27. UNIMONTES 2009
    Assinale a alternativa que apresenta a manchete, da década de 1980, que anunciava um episódio relacionado à Guerra Fria.
  28. 28. FATEC
    Segundo Maurice Crouzet: Desde o fim das operações militares na Europa e na Ásia, as desconfianças se agravam, os mal-entendidos, as suspeitas, as acusações se acumulam de parte a parte, as oposições entre os aliados se aprofundaram e culminaram, em alguns anos, em um conflito que, em todos os domínios - salvo o das armas - assumiu caráter de uma verdadeira guerra, é a Guerra Fria, acompanhada de uma espetacular dissolução de alianças que caracteriza o segundo pósguerra. Sobre a Guerra Fria, é correto afirmar:
  29. 29. UNCISAL 2012
    Deve-se reconhecer que estes últimos anos tiveram como principal fonte de conflito [...] a oposição entre o capitalismo e o comunismo. Foi este conflito, denominado Guerra Fria, que envenenou as relações internacionais do pós-guerra. (U-Than, Secretário Geral da ONU, em afirmativa de novembro de 1963.) Sobre a expressão Guerra Fria, é correto afirmar:
  30. 30. UFV 2012
    O fenômeno da fragmentação e da unificação territorial, característico do processo de globalização, tem se manifestado em algumas regiões do planeta com mais intensidade.   Sobre o processo de fragmentação e unificação dos territórios nacionais, é CORRETO afirmar que
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login