Tenha acesso completo ao Stoodi

Assine o Stoodi e prepare-se para o ENEM com nossos conteúdos exclusivos!

Exercícios de Período Entre Guerras (Nazifascismo)

Voltar para exercícios de História

Quer colocar o estudo em prática? O Stoodi tem exercícios de Período Entre Guerras (Nazifascismo) dos maiores vestibulares do Brasil.

Estude História com esses e mais de 30000 que caíram no ENEM, Fuvest, Unicamp, UFRJ, UNESP e muitos outros vestibulares!

Gerar PDF da Página
  1. 1. ENEM 2017
    Após a Declaração Universal dos Direitos Humanos pela ONU, em 1948, a Unesco publicou estudos de cientistas de todo o mundo que desqualificaram as doutrinas racistas e demonstraram a unidade do gênero humano. Desde então, a maioria dos próprios cientistas europeus passou a reconhecer o caráter discriminatório da pretensa superioridade racial do homem branco e a condenar as aberrações cometidas em seu nome. SILVEIRA, R. Os selvagens e a massa: papel do racismo científico na montagem da hegemonia ocidental. Afro-Ásia, nº 23, 1999(adaptado). A posição assumida pela Unesco, a partir de 1948 foi motivada por acontecimentos então recentes, dentre os quais se destacava o(a)
  2. 2. ESPM 2011
    Frequentemente os símbolos permanecem mais vivos na memória do que os fatos que os geraram. Sem eles, grande parte do fascínio atribuído aos movimentos totalitários dos anos 20, 30 e 40, do século XX, não estaria presente. (Paula Diehl. Propaganda e Persuasão) O símbolo exibido remete ao:
  3. 3. ENEM 2013
    As Brigadas Internacionais foram unidades de combatentes formadas por voluntários de 53 nacionalidades dispostos a lutar em defesa da República espanhola. Estima-se que cerca de 60 mil cidadãos de várias partes do mundo – incluindo 40 brasileiros – tenham se incorporado a essas unidades. Apesar de coordenadas pelos comunistas, as Brigadas contaram com membros socialistas, liberais e de outras correntes político-ideológicas. SOUZA, I. I. A Guerra Civil Europeia. História Viva, n. 70, 2009 (fragmento). A Guerra Civil Espanhola expressou as disputas em curso na Europa na década de 1930. A perspectiva política comum que promoveu a mobilização descrita foi o(a)
  4. 4. ENEM 2013
    As Brigadas Internacionais foram unidades de combatentes formadas por voluntários de 53 nacionalidades dispostos a lutar em defesa da República espanhola. Estima-se que cerca de 60 mil cidadãos de várias partes do mundo - incluindo 40 brasileiros - tenham se incorporado a essas unidades. Apesar de coordenadas pelos comunistas, as Brigadas contaram com membros socialistas, liberais e de outras correntes politico-ideológicas. SOUZA, I. I. A Guerra Civil Europeia. História Viva, n. 70. 2009 (fragmento). A Guerra Civil Espanhola expressou as disputas em curso na Europa na década de 1930. A perspectiva politica comum que promoveu a mobilização descrita foi o(a)
  5. 5. PUC-RJ 2015
    Considerando a ideologia do partido Nacional-Socialista na Alemanha nos anos 1930 e 1940, examine as afirmativas: I. Um dos pilares da ideologia nacional-socialista era seu apelo ao anticomunismo e a rejeição ao projeto político que estava em curso na União Soviética. II. O nacional-socialismo alemão conseguiu ter sucesso econômico rápido devido a medidas direcionadas para o livre comércio e para a liberdade cambial. Com isso houve a estabilização da moeda após a crise da hiperinflação e um período de crescimento acelerado da economia. III. O partido Nacional-Socialista foi vitorioso nas eleições de 1932.0 que demonstrou a seus líderes que a democracia - mesmo com falhas - era o melhor sistema político para realizar seus projetos. IV. O ideário do nacional-socialismo sempre deixou clara a ideia de "pureza racial". Com isso, desde os primeiros anos de governo, foram emitidas diversas leis contra judeus, homossexuais e ciganos, consideradas - entre outras - como populações "impuras". Assinale:
  6. 6. UFRGS 2015
    Leia as afirmações abaixo, sobre as Leis de Nüremberg, conjunto de textos legais decretados pela ditadura nazista alemã em 1935. I. A Lei de Proteção do Sangue e Honra Alemães proibia o casamento entre judeus e 'arianos'. II. A Lei de Cidadania do Reich proibia a concessão de cidadania alemã aos judeus e a outros grupos considerados 'não arianos', estabelecendo limitações a vida cívica e política desses indivíduos. III. As Leis de Nüremberg representavam a sistematização legal da já existente e violenta perseguição aos judeus na Alemanha nazista. Quais estão corretas?
  7. 7. PUCRJ 2014
    O fascismo foi um movimento autoritário surgido na Itália após a Primeira Guerra Mundial. Sobre as premissas políticas desse movimento, é CORRETO afirmar I. que a concepção fascista é "anti-individualista", colocando o Estado e a sociedade antes do indivíduo; II. que politicamente o Fascismo defende um Estado corporativo e descentralizado no qual seus diversos órgãos sejam independentes; III. que, na concepção fascista, o Estado deve ser o principal educador e o promotor da vida espiritual; IV. que o fascismo é a mais pura forma de democracia, tendo clara influência dos teóricos políticos liberais. Assinale a alternativa que apresenta as afirmativas CORRETAS.
  8. 8. UPE 2012
    Leia atentamente o trecho que se segue, extraído do livro de memórias do cineasta espanhol Luis Buñuel (1900-1983): "Em julho de 1936, Franco desembarcava à frente de tropas marroquinas, com a intenção inabalável de acabar com a República e de restabelecer à ordem' na Espanha. Minha mulher e meu filho acabavam de retornar a Paris, fazia um mês. Eu estava sozinho em Madri. Em uma manhã, bem cedo, fui acordado por uma explosão, seguida de várias outras. Um avião republicano bombardeava o quartel de La Montafia, e ouvi também alguns disparos de canhão. [...]. Eu mal podia crer. [...]. A revolução violenta que sentiamos germinar havia alguns anos, e que pessoalmente eu tanto almejara, passava sob a minha janela, diante dos meus olhos. Ela me encontrava desorientado, descrente." (BUNUEL, Luis. Meu último suspiro. São Paulo: Cosac 8. Naify, 2009, p. 215. Adaptado.) Baseando-se no texto acima e no fato histórico por ele mencionado, analise as afirmações segumtes: I. Madri foi um dos palcos da Guerra Civil Espanhola (1936-1939), que dividiu a Espanha entre radicais conservadores de direita e republicanos de esquerda. II. O general Franco tinha o apoio interno da Igreja, do exército e dos Iatifundiários, contando, ainda, com o apoio internacional da Alemanha hitlerista. III. A fuga para o exterior, como fez a esposa e o filho de Buñuel, foi uma prática comum entre os cidadãos espanhóis, durante a guerra, a qual recebia apoio dos republicanos. IV. Apoiados pela Igreja, os republicanos não aceitaram a participação de voluntários estrangeiros em seu exército. V. Os republicanos de esquerda foram influenciados pelo pensamento socialista e anarquista. Estão corretas
  9. 9. ENEM 2015
    A participação da África na Segunda Guerra Mundial deve ser apreciada sob a ótica da escolha entre vários demônios. O seu engajamento não foi um processo de colaboração com o imperialismo, mas uma luta contra uma forma de hegemonia ainda mais perigosa. MAZRUI, A. "Procurai primeiramente o reino do político...". In: MAZRUI, A.; WONDJI, C. (Org.). História geral da África: África desde 1925. Brasília: Unesco, 2010. Para o autor, a “forma de hegemonia” e uma de suas características que explicam o engajamento dos africanos no processo analisado foram:
  10. 10. MACKENZIE 2009
    "O fascismo não é apenas fundador de instituições. É também educador. Pretende reconstruir o homem, seu caráter, sua fé. Para atingir esse objetivo, o fascismo conta com a autoridade e disciplina capazes de penetrar no espírito das pessoas e aí reinar completamente." Benito Mussolini O governo fascista italiano empenhou-se em fazer da educação pública um instrumento capaz de impor sua doutrina para toda a sociedade. O ideal básico da doutrina fascista era
  11. 11. UERJ 2015
    Meu romance, 1984, foi concebido como uma mostra das perversões que regimes políticos já realizaram parcialmente ou podem realizar. George Orwell. Adaptado de pt.wikipedia.org. O romance 1984, de George Orwell, publicado em 1948, apresenta um mundo de impérios em conflito e uma sociedade em que todos são observados pelo poder central − o Big Brother. No contexto internacional da época dessa publicação, o escritor britânico direcionou uma crítica ao seguinte sistema:
  12. 12. UNIFESP 2009
    "Nós queremos, um dia, não mais ver classes nem castas; portanto comecem já a erradicar isso em vocês mesmos. Nós queremos, um dia, ver no Reich uma só peça, e vocês devem já se educar nesse sentido. Nós queremos que esse povo seja, um dia, obediente, e vocês devem treinar essa obediência. Nós queremos que esse povo seja, um dia, pacífico, mas valoroso, e vocês devem ser pacíficos." (Adolf Hitler, no Congresso Nazista de Nüremberg, 1933. In: "O triunfo da vontade", filme de Leni Riefenstahl, 1935.) O trecho identifica algumas das características do projeto nazista, que governou a Alemanha entre 1933 e 1945. Entre elas, a:
  13. 13. UCS 2014
    Considere as seguintes afirmativas sobre as características do Totalitarismo, regime político que, no início do século XX, dominou alguns países europeus como a Alemanha e a Itália. I. O Estado utilizava os meios de comunicação disponíveis para produzir espetáculos cívicos grandiosos, exaltando a ideologia totalitária, o que se constituía em fenômenos de massa. II. A necessidade de lutar pelos interesses da pátria conduziu, na maioria das vezes, a uma perspectiva militarista. III. A ideologia dos regimes totalitários, atualmente, está presente nos grupos neonazistas, que aparecem pelo Brasil e pelo mundo, apresentando algumas características comuns, tais como atitudes racistas e homofóbicas. Das afirmativas acima, pode-se dizer que
  14. 14. UEL 2009
    [...] em nenhum dos dois Estados fascistas o fascismo "conquistou o poder", embora na Itália e na Alemanha se explorasse muito a retórica de se "tomar as ruas" e "marchar sobre Roma". Nos dois casos o fascismo chegou ao poder pela convivência com, e na verdade (como na Itália) por iniciativa do velho regime, ou seja, de uma forma "constitucional". A novidade do fascismo era que, uma vez no poder, ele se recusava a jogar segundo as regras dos velhos jogos políticos, e tomava posse completamente onde podia. A transferência total de poder, ou a eliminação de todos os rivais, demorou mais na Itália que na Alemanha (1933-4), mas, uma vez realizada, não havia mais limites políticos internos para o que se tornava, caracteristicamente, a desenfreada ditadura de um supremo "líder" populista (Duce; Führer). (HOBSBAWN, E. "A Era dos Extremos: o breve século XX (1914 - 1991)".  São Paulo: Companhia das Letras, 1995. p. 130.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre os fascismos na Itália e na Alemanha, é correto afirmar.
  15. 15. ENEM PPL 2012
    A primeira produção cinematográfica de propaganda nitidamente antissemita foi Os Rotschilds (1940), de Erich Waschneck. Ambientado na Europa conturbada pelas guerras napoleônicas, o filme mostrava como essa importante família de banqueiros judeus beneficiou-se das discórdias entre as nações europeias, acumulando fortuna à custa da guerra, do sofrimento e da morte de milhões de pessoas. O judeu é retratado como uma criatura perigosa, de mãos aduncas, rosto encarniçado e olhar sádico e maléfico. PEREIRA, W. “Cinema e genocídio judaico: dimensões da memória audiovisual do nazismo e do holocausto”. In: Educando para a cidadania e a democracia. 6ª Jornada Interdisciplinar. Rio de Janeiro: SME; UERJ, jun 2009 (fragmento). Os Rotschiids foi produzido na Alemanha nazista. A partir do texto e naquela conjuntura política, o principal objetivo do filme foi
  16. 16. UEL 2013
    O surgimento da bioética coincidiu com o clamor generalizado levantado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, reação que culminou com a Declaração Universal dos Direitos Humanos. O objetivo primordial da bioética se baseia no principio humanista de afirmar a primazia do ser humano e defender a dignidade e a liberdade inerentes ao mero fato de pertencer à espécie. (Adaptado de: BERGEL, S. Desafios da bioética. Planeta. ano 40, 472.ed., jan. 2012. p.70.) O período a que se refere o texto envolve também a ruptura com a democracia pela República de Weimar, a qual foi engendrada peIas conjunturas políticas da Alemanha nos anos 30 do século XX. E nesse quadro democrático que se pode compreender a ascensão do Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães e a fundação do III Reich, criando um totalitarismo com faces eugênicas. Com base no texto e nos conhecimentos sobre o totalitarismo eugênico, assinale a alternativa que apresenta, corretamente. os eventos que comprovam essa prática.
  17. 17. FGV-RJ 2016
    A cidade do Rio de Janeiro recebeu a exposição “Picasso e a Modernidade” em 2015, para comemorar os 40 anos do fim do regime franquista. Em uma das salas, um vídeo apresentava o processo de criação do quadro Guernica, reproduzido a seguir. Com relação ao quadro Guernica, assinale V para a afirmação verdadeira e F para a falsa. (     ) O touro, figura representativa da cultura espanhola, simboliza o terror e a violência das forças que apoiavam o ditador Francisco Franco, responsáveis pelo bombardeio da cidade de Guernica, no País Basco. (     ) A iconografia da figura feminina, com uma criança nos braços, que urra em direção ao alto, remete à dor das mães que perdem seus filhos na guerra. (     ) A composição das figuras em formas geométricas produz uma imagem realista que, em perspectiva, busca uma semelhança com a natureza. As afirmações são, respectivamente,
  18. 18. FGV 2008
    Leia as afirmativas sobre o período do entre guerras. I. Fundado no início dos anos 1920, o Partido Nacional Fascista torna-se rapidamente, na Itália, um forte movimento de massas ao defender o liberalismo político e os direitos individuais. II. Mussolini e Hitler chegam ao poder na mesma época e da mesma forma: por meio de golpe de Estado. III. No livro "Mein Kampf" (Minha Luta), Hitler pregava uma nova ordem mundial baseada no nacionalismo e no racismo, assim como defendia o fim da decadente civilização liberal e do comunismo. IV. A Guerra Civil Espanhola (1936) opôs franquistas, que contaram com o apoio da Alemanha nazista e da Itália fascista, e os republicanos, apoiados pelas brigadas internacionais. V. A Ação Integralista Brasileira (AIB), liderada por Plínio Salgado, foi, no Brasil, o partido político que mais se aproximou das ideias totalitárias dos anos 1930 e tinha como lema "Deus, Pátria e Família". São corretas as afirmativas
  19. 19. FGV 2011
    Em 1936, a Espanha viu-se envolvida em uma sangrenta guerra civil que se estendeu até 1939 e causou cerca de um milhão de mortos. A respeito desse conflito, é correto afirmar:
  20. 20. Espcex (Aman) 2014
    Em março de 1938, a Alemanha, com o apoio de habitantes locais, endossada por um plebiscito, anexou uma região (país) de seu entorno. Essa anexação ficou conhecida como Anschluss (união). A região (país) anexada(o) por Hitler, nesta ocasião, foi a(os)
  21. 21. FGV 2016
    Hitler referia-se frequentemente à necessidade da guerra, oscilando do ponto de vista mítico ao do estrategista militar (...) e toda sua concepção de política se apoiava sobre a necessidade histórica de assegurar ao povo alemão seu espaço vital. Como o espaço vital sempre fora conservado ou conquistado pela luta, não via outra alternativa senão fazer uso ‘defensivo’ da guerra, que seria o ‘objetivo derradeiro da política’. LENHARO, A., Nazismo. “O triunfo da vontade”. São Paulo: Ática, 1998, p. 75. O “espaço vital” evocado na Alemanha nazista referia-se
  22. 22. PUC-RS 2015
    Analise as afirmativas sobre os totalitarismos nazista e fascista do período entre guerras, preenchendo os parênteses com F (falso) ou V (verdadeiro). (   ) Os movimentos totalitários combatiam o liberalismo e o marxismo, contra os quais opunham o discurso nacionalista. (   ) Tanto o nazismo quanto o fascismo receberam amplo apoio dos estratos mais pobres da população. (   ) Ao contrário do nazismo, o fascismo, uma vez no poder, não criou um mecanismo estatal especializado em propaganda. (   ) A questão racial foi mais enfatizada pelo discurso nazista do que pelo fascismo. (   ) O nazismo e o fascismo foram fenómenos políticos restritos à Alemanha e a Itália, não exercendo influência em outros países do Ocidente. O correto preenchimento dos parênteses, de cima para baixo, é
  23. 23. UNESP 2013
    Leia. A itália deseja a paz, mas não teme a guerra. A justiça sem a força é uma palavra sem sentido. Nós sonhamos com a ltália romana. Os três Iemas acima foram amplamente divulgados durante o governo de Benito Mussolini (1922-1943) e revelam características centrais do fascismo italiano:
  24. 24. MACKENZIE 2000
    Tomei consciência pela primeira vez do problema do desemprego em 1929. Lembro-me do choque, do espanto que senti, quando pela primeira vez me misturei com vagabundos e mendigos, ao descobrir que uma boa parte, talvez uma quarta parte dessa gente, eram jovens e honestos contemplando seu destino: era como se nunca mais fossem ter a oportunidade de voltar a trabalhar. Nessas circunstâncias era inevitável, no início, que fossem perseguidos por um sentimento de degradação pessoal. (George Orwell)   A solução dessa crise econômica foi implementada por F.D. Roosevelt, que formulou um conjunto de medidas denominada de:
  25. 25. IBMECRJ 2009
    A crise que atingiu a Bolsa de Nova York, em 1929, serviu para demonstrar a crise do modelo liberal aplicado na economia norte-americana e para superá-la foi executado um programa que tinha como base:
  26. 26. MACKENZIE 1999
    A partir do ano de 1932, o Presidente norte-americano F. D. Roosevelt adotou um conjunto de medidas, o "New Deal", com o objetivo de resgatar o crescimento econômico interrompido pelo "crack" de 1929.   Dentre essas medidas destacamos:  
  27. 27. UFSJ 2004
    “Os nazistas eram totalmente ignorantes em genética. Tudo o que fizeram era furado. Eles inclusive tinham a ideia de uma raça homogênea ariana, o que não faz nenhum sentido porque 95% da variabilidade genética humana está dentro do que eles chamavam de raças” (PENA, Sérgio Danilo. Geneticista da Universidade Federal de Minas Gerais, em entrevista à Revista Galileu, de fevereiro de 2003) O nazismo alemão pregava
  28. 28. UNICENTRO 2006
    “Nada contra o Estado, nada sem o Estado, nada fora do Estado”. (Benito Mussolini In: AZEVEDO, Antônio Carlos do Amaral. Dicionário de nomes, termos e conceitos históricos. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999. p. 438.) É correto afirmar que esta frase caracteriza:
  29. 29. UECE 2016
    O final dos anos 1920 e o início dos anos 1930 foram marcados por uma crise financeira generalizada, agravada pela quebra da bolsa de Nova York, que, no Brasil, afetou mais fortemente a
  30. 30. ENEM 2011
    Os três tipos de poder representam três diversos tipos de motivações: no poder tradicional, o motivo da obediência é a crença na sacralidade da pessoa do soberano; no poder racional, o motivo da obediência deriva da crença na racionalidade do comportamento conforme a lei; no poder carismático, deriva da crença nos dotes extraordinários do chefe. BOBBIO, N. Estado, Governo, Sociedade: para uma teoria geral da política. São Paulo: Paz e Terra, 1999 (adaptado). O texto apresenta três tipos de poder que podem ser identificados em momentos históricos distintos. Identifique o período em que a obediência esteve associada predominantemente ao poder carismático:
Gerar PDF da Página
Conta de email não verificada

Não foi possível realizar o seu cadastro com a sua conta do Facebook pois o seu email não está confirmado no Facebook.

Clique aqui para ver como confirmar sua conta de email no Facebook ou complete seu cadastro por aqui.

Entendi
Clicando em "Criar perfil", você aceita os termos de uso do Stoodi.
Tem perfil no Stoodi? Fazer Login